SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO - MARÇO

1 – Nasce Ralph (Waldo) Ellison professor e escritor norte-americano, ganhou eminência com seu primeiro romance, “O Homem Invisível”, de 1952 (1913-1994)

2 – Ocorre o primeiro carnaval oficial de escolas de samba do Rio de Janeiro, RJ (1935)
2 – Dia da Mulher Angolana
2 – Aprovada lei proibindo o tráfico de escravos africanos nos Estados Unidos (1807)
2 – Festa Nacional de Marrocos (1956)
3 – O paulista Domingos Jorge Velho assina em Pernambuco, com o governador da capitania, o contrato mediante o qual se dispunha a destruir o Quilombo dos Palmares (1687)
3 – Publicado alvará pelo qual os negros dos quilombos, toda vez que fossem aprisionados, para ser restituídos aos donos deviam ser marcados na espádua com um "F" por meio de ferro em brasa (1741)
3 – Em discurso, o presidente da Bahia, Francisco de Souza Martins afirmou que era necessário "fazer sair do território brasileiro todos os libertos africanos perigosos à nossa tranquilidade" (1835)
3 – Inauguração na cidade do Rio de Janeiro, da Avenida dos Desfiles, popularmente chamada de Sambódromo, hoje por lei denominada Passarela do Samba (1984)
3 – Nasce no Rio de Janeiro o cantor e compositor Jards Anet da Silva - Jards Macalé (1943)

3 – Nasce Jackie Joyner-Kersee, atleta estadunidense, considerada por muitos como a maior atleta feminina da história (1962)

4 – É deferido pela Regência o pedido de deportação dos africanos libertos envolvidos na Revolta dos Africanos ou Revolta dos Malês na noite de 24 e 25 de janeiro (1835).
4 – Nasce em Township, África do Sul, a cantora Mirian Makeba (1934)
5 – Fundação, em Salvador (BA) do Olori Afoxé (1981)

5 – Nasce Chiwoniso Maraire, cantora do Zimbabwe (1976-2013)

6 – Independência de Gana, primeiro país da África Negra a tornar-se independente (1957)
6 – Abolição da escravatura no Equador (1854)
7 – Grande marcha pelos direitos civis, de Selma à Montgomery, liderada por Martin Luther King Jr. (1963)
8 – Nasce no bairro de Periperi, Salvador (BA), o Bloco-Afro Ara Ketu (1980)
8 – Aprovada, na África do Sul a nova Constituição, que aboliu oficialmente o apartheid, regime racista dominado pela minoria branca (1996)

8 – Nasce Neusa Borges, atriz (1941)
9 – Nasce, na cidade de Recife (PE) o cantor e compositor José Bezerra da Silva - Bezerra da Silva (1938)
9 – Nasce, no bairro do Andaraí, Rio de Janeiro, a bailarina Isaura de Assis (1942)
9 – Nasce, em Colina (SP), o poeta Paulo Eduardo de Oliveira, Paulo Colina. Publicou "Fogo Cruzado", "Senta que o Dragão é Manso", participou também da "Antologia Contemporânea da Poesia Negra Brasileira" e "Cadernos Negros" (1950)
9 – Realiza-se, em Petrópolis (RJ), o I Encontro de Franciscanos Negros (1988)
10 – Nasce, em Tubarão (SC), Apolinária Mathias Batista - Mãe Apolinária, fundadora da "Sociedade Caboclos Amigos" em Porto Alegre (RS) (1912)
11 – Nasce, na Praça Mauá (RJ), a atriz Léa Garcia (1933)
12 – Independência das Ilhas Maurício (1968)

13 – Nasce Iziane Castro Marques, jogadora de basquete brasileira (1982)
14 – Nasce na Fazenda Cabaceiras, município de Muritiba (BA), Antônio de Castro Alves, o "poeta dos escravos". É um dos poetas mais populares do país, autor de "Vozes d'África, "Navio Negreiro", "A Cachoeira de Paulo Afonso", "Saudação aos Palmares", "Adormecida" e outros (1847)
14 – Nasce, em Juiz de Fora (MG) o cantor e compositor Sinval Machado da Silva, Sinval Silva, o compositor predileto de Carmem Miranda (1906)
14 – Nasce, em Franca, São Paulo, o artista e político Abdias Nascimento, fundador do TEN – Teatro Experimental do Negro (1914)
14 – Nasce, em Sacramento, Minas Gerais, a escritora Carolina Maria de Jesus, autora de "Quarto de Despejo" (1914)
14 – É lançado em Salvador, Bahia, o jornal O Abolicionista (1871)
14 – Realiza-se, em São Paulo, o I Encontro dos Agentes da Pastoral Negros (1983)

15 – Nasce Cecil Taylor, músico e compositor estadunidense, foi o pianista mais importante do free-jazz (1929)

16 – Surge nos Estados Unidos o Freedom's Journal, o primeiro jornal com temática negra da América (1827)
16 – Nasce em Japaratuba (SE), o artista plástico, Arthur Bispo do Rosário (1911)
16 – Nasce em Montgomery, Alabama, (EUA), o cantor e pianista Nahaniel Adams Coles - Nat King Cole (1919)

17 – Nasce Nathaniel Adams Coles, Nat “King” Cole, um dos mais importantes pianistas de jazz, cantor e compositor do século XX (1919-1965)

18 – Nasce Queen Latifah, cantora, rapper, atriz, compositora, modelo, produtora musical, comediante e apresentadora estadunidense (1970)

18 – Nasce Vanessa Lyn Williams, cantora, atriz e compositora estadunidense, famosa por ter sido a primeira Miss America Negra, em 1983 (1963)

19 – Nasce, em Pateoba (BA), o cantor e compositor José de Assis Valente, autor de inúmeros sucessos como: "Camisa Listada", "Boas Festas" e do samba antológico "Brasil Pandeiro" (1908)
19 – Inicia-se o I Encontro Estadual de Conscientização e Cidadania Negra, no Estado do Rio de Janeiro (1988)
20 – Nasce, no Rio de Janeiro, o ator e cantor lírico, Manuel Claudiano Filho - Claudiano Zani (1926)
21 – Nasce, no Rio de Janeiro (RJ), o radialista, humorista, cronista e compositor Haroldo Barbosa (1915)
21 – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial
21 – Independência da Etiópia (1975)
21 – A polícia sul-africana atira contra um cortejo fúnebre de quinhentas pessoas no bairro negro de Langa, na periferia da cidade de Uitenhage, matando 21 manifestantes. O dia ficou conhecido como "Quinta-feira Sangrenta" (1985)
21 – Independência da Namíbia (1990)
21 – Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, em memória das vítimas do massacre de Shapeville, na África do Sul (1960)
21 – Zumbi dos Palmares é incluído na galeria dos heróis nacionais (1997)
22 – O explorador negro Alonso Pietro se incorpora à expedição de Cristóvão Colombo (1492)
22 – Nasce em Madureira (RJ), o cantor e compositor Jorge Duílio Lima Menezes - Jorge Benjor, autor de "Chove Chuva", "Cadê Teresa", "África-Brasil (Zumbi)", "País Tropical", "Que Maravilha", entre outros sucessos (1944)
23 – Abolição da escravidão em Porto Rico (1873)

24 - É oficializada a abolição da escravatura na Venezuela (1854)
25 – Proclamação nesta data da libertação final de todos os escravos existentes na Província do Ceará (1884)
25 – Nasce, em Detroit, Michigan Estados Unidos, a cantora Aretha Franklin (1942)
25 – Criação, no Rio de Janeiro do jornal A Voz do Morro (1935)
25 – Nasce Aristides Barbosa, jornalista, educador e ex-militante da Frente Negra (1920)

26 – Nasce Diana Ross, cantora e atriz estadunidense, foi a líder do grupo musical "The Supremes” (1944)

27 – Nasce, numa família de músicos e artistas de Newark, Nova Jersey (EUA), a cantora de jazz, Sarah Louis Vaughan - Sarah Vaughan (1924)

27 – Nasce Luiza Helena de Bairros, socióloga, ativista do do Movimento Negro Unificado e feminista negra (1953)
28 – Nasce, em Cabo Frio (RJ), Antônio Gonçalves Teixeira e Souza, considerado um dos precursores do romantismo e autor do primeiro romance brasileiro: "O Filho do Pescador" (1843)
28 – Fundação, em Pelotas (RS) do Clube Abolicionista (1884)

29 – Nasce Lee ("Scratch") Perry, compositor, cantor e DJ jamaicano, um dos nomes mais destacados da música reggae (1936)

30 – Os homens afro-americanos conquistam direito ao voto nos EUA (1870)

30 – Nasce Maria Bibiana do Espírito Santo, Mãe Senhora, ialorixá do Ilê Axé Opô Afonjá (1900)
31 – Fundação, em Campos, Rio de Janeiro, da Sociedade Emancipadora Campista (1870)

.

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Debate "Combatendo a desigualdade racial: desafios e perspectivas" - BA


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Seminário "Discutindo a história e a cultura afro-brasileira" - RJ




terça-feira, 28 de outubro de 2014

CEPAIA promove Mesa Redonda sobre Ações Afirmativas - BA


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

IV Encontro de Professores Indígenas do Norte e Oeste da Bahia



Será realizado nos dias 31/10 a 02/11/14 o IV Encontro de Professores Indígenas do Norte e Oeste da Bahia na Universidade do Estado da Bahia- UNEB  Campus - Paulo Afonso/BA. 
Segue programação. 


Programação
31/10/2014

14:00 - Credenciamento
17:30 - Jantar
20:30 - Palestra: Educação Profissional Indígena: Territorialidade, Identidade e Sustentabilidade
21:00 - Atividade Cultural e Grupo de Estudos
01/11/2014

8:30 - Mesa de diálogos: Políticas Públicas para a Educação Indígena no Brasil e na Bahia: Impasses, compromissos e perspectivas- Movimento Indígena: APINOBA, MIBA e FORUMEIBA
9:40 - Intervalo

10:00 - Grupos de Trabalho - Políticas Públicas para a Educação Indígena no Brasil e na Bahia: Impasses, compromissos e perspectivas

14:00 - Mini Cursos

19:30 - Comunicações

21:00 - Atividade Cultural

02/11/2014

8:00 - Plenária 

10:00 - Encaminhamento das propostas

12:00 - Encerramento

Abertas as inscrições no módulo à distância sobre Saúde População Negra


Oferecido pelo Ministério da Saúde por meio da UNA-SUS, curso busca sensibilizar profissionais de saúde para o enfrentamento ao racismo institucional no SUS

Foi para um público diversificado entre militância, representada por 19 entidades que trabalham em prol dos direitos da população negra, gestores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que o ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresentou nesta quarta-feira (22) o 'Módulo Multidisciplinar de Saúde Integral da População Negra'. O lançamento do curso aconteceu no auditório Emílio Ribas, no Edifício Sede do Ministério de Saúde (MS), em Brasília/DF.

O Módulo Multidisciplinar é um curso virtual na modalidade de educação à distância (EaD) oferecido pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS). As inscrições são gratuitas e estão abertas no site da UNA-SUS.

Clique aqui para saber mais e fazer sua matrícula.

Desenvolvido pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), em parceria com a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP), o curso apresenta a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN) — com especial enfoque no enfrentamento ao racismo institucional no SUS.

“Este curso vai ser útil para os profissionais de saúde que atuam no PROVAB e Mais Médicos, mas também para estudantes e profissionais de saúde nas mais diversas carreiras e especialidades. Fazemos questão de fomentar a formação de profissionais de saúde com outros olhares e essa inciativa tem papel fundamental no combate ao racismo", frisou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

A PNSIPN é transversal e precisa estar inserida em todas as políticas de saúde do governo federal, contribuindo para modificar e aperfeiçoar as práticas de cuidado, garantindo o atendimento integral aos usuários. Para o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (DEGES), Alexandre Medeiros, é preciso discutir o papel dos determinantes sociais na vida de homens e mulheres negras. “A partir disso, é possível identificar processos terapêuticos que atendam melhor as demandas dos usuários da população negra”, avalia.

Para o secretário da SGEP, André Bonifácio, o lançamento do curso é um divisor de águas dentro do SUS. "Sem uma ação concreta como esta, com base no plano operativo da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, não podemos avançar. Tenho certeza de que o passo que demos hoje rompe com processos antigos e é um marco no combate do racismo institucional no SUS”, reflete.

Segundo o gerente de projetos da Secretaria Especial de Igualdade Racial da Presidência da República (SEPIR/PR), Felipe da Silva Freitas, é necessário pautar as agendas governamentais para o enfrentamento cada vez mais vigoroso ao racismo. "Precisamos consolidar a democracia com práticas de combate ao racismo dentro do serviço público”.

“Esta é uma grande oportunidade de mudança. Nós da militância social estamos há mais de dez anos lutando pelo fortalecimento do SUS.  O curso representa o início das mudanças e será uma ferramenta a mais na luta contra o racismo e pela saúde da população negra”, fala Nina Fola, Secretária Executiva do núcleo gaúcho da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde (RENAFRO).

Também participaram do lançamento do curso o secretário Executivo da UNA-SUS, Francisco Campos; e Vinícius Muricy Rocha, diretor de Desenvolvimento de Educação em Saúde do Ministério da Educação.

Por Sócrates Bastos
Fotos: Karina Zambrana - SGEP/MS

terça-feira, 21 de outubro de 2014

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

UCSal promove palestra "Mídia e racismo" - BA



O Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares sobre Violência, Democracia, Controle Social e Cidadania/CNPq da Universidade Católica promove, no póximo dia 22 de outubro (quarta-feira), às 19h, no Espaço Cultural do Campus da Federação, a palestra "Mídia e Racismo no Brasil". A mesa será composta pela pedagoga Aline Silva, pela publictária e articuladora no Sarau da Onça, Lissandra Pedreira, e pela advogada Gabriela Ramos. A estudante do 5º semestre em Direito, Bianca Santos, será a mediadora da mesa.
As inscrições serão realizadas no local e os participantes receberão certificado de participação de 03 horas, que vale como atividade complementar

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Helena Theodoro profere Aula Inaugural do curso de formação de professores do CEAP - RJ


12ª edição do Conversando com a sua História com o tema "Nascer e viver na Bahia" - BA


Mesa Redonda "Racismo nosso de cada dia" - BA




No dia 09 de outubro (quinta-feira), às 10h, vai acontecer a mesa "Racismo nosso de cada dia: micro e macro relações raciais (em Salvador)", no Auditório da Facom. O encontro se propõe a debater como o racismo é reconhecido e enfrentado em Salvador, uma das cidades do país com maior percentual de autodeclarados negros e pardos. A mediação será do Professor André Santana e os convidados serão EvaniTavares (Atriz e Pesquisadora), Lindinalva Barbosa (Pesquisadora nas áreas de Literatura Afro-brasileira e Religiões de Matriz Africana), Vovô do Ilê (Presidente do Bloco Afro Ilê Aiyê) e Hamilton Borges (Coordenador da campanha "Reaja ou Será Morto, Reaja ou Será Morta).

A ideia de fazer essa mesa partiu de um grupo de alunos da FACOM, por entender que o assunto precisa ser discutido dentro da instituição também, coisa que não vemos muito. A universidade é um espaço de todos, sendo assim o evento é aberto ao público, todas e todos são bem vindos. 

Pré-ENPESS Salvador 2014 discute transversalização de gênero e raça - BA



A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL TRANSVERSALIZANDO A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL : O LUGAR DAS MULHERES E NEGROS
29/09, 30/09 e 1° de outubro de 2014


O Pré-ENPESS antecede o 14º Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social (ENPESS), que se realizará em Natal, no período de 30 de novembro à 4 de dezembro de 2014. Ao colocar em pauta as lutas sociais e a produção do conhecimento no atual contexto, as Entidades apontam a necessidade do debate acadêmico e político a pensar alternativas para a formação e o trabalho profissional em sintonia com direção proposta pelo projeto profissional do serviço social. O tema escolhido para o PRÉ-ENPESS-SALVADOR visa aprofundar a centralidade que as lutas sociais, os processos de resistência e enfrentamento no campo das políticas de assistência social com recorte de raça/etnia e gênero.Este evento está promovido pelo CENTRO DE COMBATE AO RACISMO E INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, GT6 da ABEPSS (Componente raça), Casa Laudelina de Campos Mello em parceria com NEPGREG- Núcleo de Estudos e Pesquisas Gênero, Raça/Etnia e Geração , Instituto Búzios, Fundação Casa Paulo Dias Adorno.

Local: Faculdade de Ciências Econômicas da UFBA –Piedade
Informações: servicosocialsepromiba@gmail.com