SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO - MARÇO

1 – Nasce Ralph (Waldo) Ellison professor e escritor norte-americano, ganhou eminência com seu primeiro romance, “O Homem Invisível”, de 1952 (1913-1994)

2 – Ocorre o primeiro carnaval oficial de escolas de samba do Rio de Janeiro, RJ (1935)
2 – Dia da Mulher Angolana
2 – Aprovada lei proibindo o tráfico de escravos africanos nos Estados Unidos (1807)
2 – Festa Nacional de Marrocos (1956)
3 – O paulista Domingos Jorge Velho assina em Pernambuco, com o governador da capitania, o contrato mediante o qual se dispunha a destruir o Quilombo dos Palmares (1687)
3 – Publicado alvará pelo qual os negros dos quilombos, toda vez que fossem aprisionados, para ser restituídos aos donos deviam ser marcados na espádua com um "F" por meio de ferro em brasa (1741)
3 – Em discurso, o presidente da Bahia, Francisco de Souza Martins afirmou que era necessário "fazer sair do território brasileiro todos os libertos africanos perigosos à nossa tranquilidade" (1835)
3 – Inauguração na cidade do Rio de Janeiro, da Avenida dos Desfiles, popularmente chamada de Sambódromo, hoje por lei denominada Passarela do Samba (1984)
3 – Nasce no Rio de Janeiro o cantor e compositor Jards Anet da Silva - Jards Macalé (1943)

3 – Nasce Jackie Joyner-Kersee, atleta estadunidense, considerada por muitos como a maior atleta feminina da história (1962)

4 – É deferido pela Regência o pedido de deportação dos africanos libertos envolvidos na Revolta dos Africanos ou Revolta dos Malês na noite de 24 e 25 de janeiro (1835).
4 – Nasce em Township, África do Sul, a cantora Mirian Makeba (1934)
5 – Fundação, em Salvador (BA) do Olori Afoxé (1981)

5 – Nasce Chiwoniso Maraire, cantora do Zimbabwe (1976-2013)

6 – Independência de Gana, primeiro país da África Negra a tornar-se independente (1957)
6 – Abolição da escravatura no Equador (1854)
7 – Grande marcha pelos direitos civis, de Selma à Montgomery, liderada por Martin Luther King Jr. (1963)
8 – Nasce no bairro de Periperi, Salvador (BA), o Bloco-Afro Ara Ketu (1980)
8 – Aprovada, na África do Sul a nova Constituição, que aboliu oficialmente o apartheid, regime racista dominado pela minoria branca (1996)

8 – Nasce Neusa Borges, atriz (1941)
9 – Nasce, na cidade de Recife (PE) o cantor e compositor José Bezerra da Silva - Bezerra da Silva (1938)
9 – Nasce, no bairro do Andaraí, Rio de Janeiro, a bailarina Isaura de Assis (1942)
9 – Nasce, em Colina (SP), o poeta Paulo Eduardo de Oliveira, Paulo Colina. Publicou "Fogo Cruzado", "Senta que o Dragão é Manso", participou também da "Antologia Contemporânea da Poesia Negra Brasileira" e "Cadernos Negros" (1950)
9 – Realiza-se, em Petrópolis (RJ), o I Encontro de Franciscanos Negros (1988)
10 – Nasce, em Tubarão (SC), Apolinária Mathias Batista - Mãe Apolinária, fundadora da "Sociedade Caboclos Amigos" em Porto Alegre (RS) (1912)
11 – Nasce, na Praça Mauá (RJ), a atriz Léa Garcia (1933)
12 – Independência das Ilhas Maurício (1968)

13 – Nasce Iziane Castro Marques, jogadora de basquete brasileira (1982)
14 – Nasce na Fazenda Cabaceiras, município de Muritiba (BA), Antônio de Castro Alves, o "poeta dos escravos". É um dos poetas mais populares do país, autor de "Vozes d'África, "Navio Negreiro", "A Cachoeira de Paulo Afonso", "Saudação aos Palmares", "Adormecida" e outros (1847)
14 – Nasce, em Juiz de Fora (MG) o cantor e compositor Sinval Machado da Silva, Sinval Silva, o compositor predileto de Carmem Miranda (1906)
14 – Nasce, em Franca, São Paulo, o artista e político Abdias Nascimento, fundador do TEN – Teatro Experimental do Negro (1914)
14 – Nasce, em Sacramento, Minas Gerais, a escritora Carolina Maria de Jesus, autora de "Quarto de Despejo" (1914)
14 – É lançado em Salvador, Bahia, o jornal O Abolicionista (1871)
14 – Realiza-se, em São Paulo, o I Encontro dos Agentes da Pastoral Negros (1983)

15 – Nasce Cecil Taylor, músico e compositor estadunidense, foi o pianista mais importante do free-jazz (1929)

16 – Surge nos Estados Unidos o Freedom's Journal, o primeiro jornal com temática negra da América (1827)
16 – Nasce em Japaratuba (SE), o artista plástico, Arthur Bispo do Rosário (1911)
16 – Nasce em Montgomery, Alabama, (EUA), o cantor e pianista Nahaniel Adams Coles - Nat King Cole (1919)

17 – Nasce Nathaniel Adams Coles, Nat “King” Cole, um dos mais importantes pianistas de jazz, cantor e compositor do século XX (1919-1965)

18 – Nasce Queen Latifah, cantora, rapper, atriz, compositora, modelo, produtora musical, comediante e apresentadora estadunidense (1970)

18 – Nasce Vanessa Lyn Williams, cantora, atriz e compositora estadunidense, famosa por ter sido a primeira Miss America Negra, em 1983 (1963)

19 – Nasce, em Pateoba (BA), o cantor e compositor José de Assis Valente, autor de inúmeros sucessos como: "Camisa Listada", "Boas Festas" e do samba antológico "Brasil Pandeiro" (1908)
19 – Inicia-se o I Encontro Estadual de Conscientização e Cidadania Negra, no Estado do Rio de Janeiro (1988)
20 – Nasce, no Rio de Janeiro, o ator e cantor lírico, Manuel Claudiano Filho - Claudiano Zani (1926)
21 – Nasce, no Rio de Janeiro (RJ), o radialista, humorista, cronista e compositor Haroldo Barbosa (1915)
21 – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial
21 – Independência da Etiópia (1975)
21 – A polícia sul-africana atira contra um cortejo fúnebre de quinhentas pessoas no bairro negro de Langa, na periferia da cidade de Uitenhage, matando 21 manifestantes. O dia ficou conhecido como "Quinta-feira Sangrenta" (1985)
21 – Independência da Namíbia (1990)
21 – Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, em memória das vítimas do massacre de Shapeville, na África do Sul (1960)
21 – Zumbi dos Palmares é incluído na galeria dos heróis nacionais (1997)
22 – O explorador negro Alonso Pietro se incorpora à expedição de Cristóvão Colombo (1492)
22 – Nasce em Madureira (RJ), o cantor e compositor Jorge Duílio Lima Menezes - Jorge Benjor, autor de "Chove Chuva", "Cadê Teresa", "África-Brasil (Zumbi)", "País Tropical", "Que Maravilha", entre outros sucessos (1944)
23 – Abolição da escravidão em Porto Rico (1873)

24 - É oficializada a abolição da escravatura na Venezuela (1854)
25 – Proclamação nesta data da libertação final de todos os escravos existentes na Província do Ceará (1884)
25 – Nasce, em Detroit, Michigan Estados Unidos, a cantora Aretha Franklin (1942)
25 – Criação, no Rio de Janeiro do jornal A Voz do Morro (1935)
25 – Nasce Aristides Barbosa, jornalista, educador e ex-militante da Frente Negra (1920)

26 – Nasce Diana Ross, cantora e atriz estadunidense, foi a líder do grupo musical "The Supremes” (1944)

27 – Nasce, numa família de músicos e artistas de Newark, Nova Jersey (EUA), a cantora de jazz, Sarah Louis Vaughan - Sarah Vaughan (1924)

27 – Nasce Luiza Helena de Bairros, socióloga, ativista do do Movimento Negro Unificado e feminista negra (1953)
28 – Nasce, em Cabo Frio (RJ), Antônio Gonçalves Teixeira e Souza, considerado um dos precursores do romantismo e autor do primeiro romance brasileiro: "O Filho do Pescador" (1843)
28 – Fundação, em Pelotas (RS) do Clube Abolicionista (1884)

29 – Nasce Lee ("Scratch") Perry, compositor, cantor e DJ jamaicano, um dos nomes mais destacados da música reggae (1936)

30 – Os homens afro-americanos conquistam direito ao voto nos EUA (1870)

30 – Nasce Maria Bibiana do Espírito Santo, Mãe Senhora, ialorixá do Ilê Axé Opô Afonjá (1900)
31 – Fundação, em Campos, Rio de Janeiro, da Sociedade Emancipadora Campista (1870)

.

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Mapa interativo de Anansi, o contador de histórias



Introdução ao mapa de Anansi

Este portal educacional é um ilustre contador de histórias. Como diz o próprio nome de origem africana Akpalô – “aquele que conta histórias”, em nagô –, ele foi construído para imergir o aluno nas mais diversas formas de história. Por meio de nosso mapa interativo, é possível visitar diferentes partes da África em vários recortes de tempo, como os reinos de Mali e do Congo – da África antiga –, a África colonizadora e a África atual.
Usamos a teia de Anansi como uma representação dos princípios que devem reger o comportamento humano – como coletividade, empatia e respeito –, a fim de motivar os indivíduos a manter a teia harmoniosa e intacta, baseando suas atitudes nesses ricos valores. O mapa de Anansi traz uma experiência única de contato com a cultura africana e toda a ancestralidade que a tradição oral preservou em suas rodas ao redor da fogueira.
Você está convidado a participar dessa história. Sente-se perto da fogueira e se acomode, pois Anansi tem muito a lhe contar sobre o berço da humanidade.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Coro Oyá Igbalé abre inscrição para seleção de novos membros - BA


quinta-feira, 2 de junho de 2016

IFPR/Campus Palmas é parceiro do XIII Encontro do Fórum Permanente da Diversidade Étnico-racial e de Gênero - TO

Será realizado em Palmas, de 9 a 11 de junho de 2016, o XIII Encontro do Fórum Permanente da Diversidade Étnico-racial e de Gênero do Paraná. O Campus Palmas do IFPR é um dos parceiros na organização.
O evento, cujo tema será “Negras, negros, quilombolas e indígenas: a educação das relações étnico-raciais na perspectiva das leis 10.639/03 e 11.645/08”, é destinado a professores municipais, estaduais e federais, estudantes das licenciaturas do Campus Palmas e integrantes de movimentos sociais.
Além da palestra de abertura intitulada “Identidades sociais de raça no livro didático”, a ser ministrada pela professora, pesquisadora e escritora da área educacional Aparecida de Jesus Ferreira, haverá um total de 32 oficinas ofertadas nos dias 10 e 11 de junho, apresentações artísticas e momentos de troca de experiências das equipes multidisciplinares.
São disponibilizadas 1.200 vagas, sendo 500 reservadas para professores da rede municipal de ensino, 200 para professores da rede estadual, 200 para integrantes de movimentos sociais e 300 para professores e acadêmicos dos cursos de licenciatura do Campus Palmas do IFPR.
Segundo a coordenadora do projeto de extensão que possibilitou a participação no referido evento, professora Marcia de Campos Biezeki, do curso de Pedagogia do IFPR/Palmas, o objetivo do Fórum é desenvolver uma proposta de formação continuada, de análises, e, principalmente, de cumprimento das legislações vigentes desde 2003 para que haja a efetiva implementação dos conteúdos que contemplem a diversidade étnico-racial.
“O desafio de sediar um evento de proporções estaduais só seria possível mediante o esforço de muitos profissionais paranaenses que, por meio de suas instituições, comunidades, associações, conselhos etc., contribuíram para que tudo fosse feito à altura e relevância do tema abordado e o IFPR, campus Palmas, é um dos parceiros na organização desse grande evento”, comenta a professora.
Folder do Evento:
Cronograma de oficinas:
Fonte:
FONTE: Blog Diversidade Étnico-racial

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Conferência discutirá Ancestralidade Bantu no Baixo Sul da Bahia: memória e convivência religiosa com mame´etu Kasanji

 
Acontece nesta quarta-feira, 18 de maio de 2016, a Conferência do Coletivo de Estudos e Pesquisas de Matriz Africana, será discutido "Ancestralidade Conferência discutirá Ancestralidade Bantu no Baixo Sul da Bahia: memória e convivência religiosa com mame´etu Kasanji, às 14h, no auditório Tempo Livre, da Escola Caxuté.

O objetivo da conferência é alimentar o acervo do memorial Mameetu Kasanji, idealizado pelo Táta Luangomina, pesquisador sobre a trajetória de Mãe Mira (Mammetu Kasanji) que estará sendo criado pela Associação Religiosa e Cultural Terreiro Caxuté Tempo Marvila Senzala do Dendê, para, como também, contribuir com a produção de registro sobre a convivência religiosa de dois sacerdotes que tiveram em suas vidas a presença sacerdotal da saudosa rainha negra do território do Baixo Sul. A conferência trará trocas de experiências do Taata Kwa Nkisi Katuvanjesi e da Mame´tu Kwa Nkisi Kafurêngá. 
 
Confira a programação abaixo, assim como uma breve apresentação da Mãe Bárbara (Mame´etu Kafurêngá) e do convidado Walmir Damasceno (Taata Katuvanjesi):
 
 
Mame´etu Kafurêngá:

Atualmente é graduanda em Pedagogia. Diretora/fundadora da Primeira Escola de Religião e Cultura de Matriz Africana do Baixo Sul da Bahia - Escola Caxuté. Presidenta da Associação Religiosa e Cultural Terreiro Caxuté Tempo Marvila Senzala do Dendê (ACULTEMA). Sacerdotisa Afro dirigente do Kunzo Nkisi Caxuté Kitembo Mvila (Terreiro Caxuté). Poetisa afro-brasileira. Coordenadora da Federação Nacional do Culto Afro-Brasileiro (FENACAB), para as 15 cidades que compõem o Território do Baixo Sul da Bahia.

Taata Katuvanjesi:

Taata Kwa Nkisi Katuvanjesi – Walmir Damasceno, Sacerdote Máximo do Nzo Tumbansi – Jornalista e Bacharel em Direito. Coordenador Nacional do Ilabantu.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Coletivo Angela Davis (PPGCS/UFRB) seleciona novos membros - BA


SOLICITAR EDITAL COMPLETO E MODELO DE CARTA DE INTENÇÃO NO E-MAIL coletivoangeladavis@gmail.com