SEGUIDORES DO BLOG

.

.

Calendário Negro - Janeiro

1 - Dia consagrado ao orixá Oxalá.
1 - Independência do Haiti. (1804)
1 - Lincoln assina a Proclamação de Emancipação abolindo a escravatura nos Estados Unidos.(1863)
1 - Primeira libertação coletiva de escravos no Brasil, na Vila de Acarapé, hoje Redenção, Estado do Ceará. (1883)
1 - Independência do Sudão. (1957)
1 - Festa Nacional de Cuba. (1959)
1 - Festa Nacional de Samoa. (1960)
1 - Morre na Costa Rica, Monica de Veyrac, a primeira diplomata negra da história do Itamaraty. (1985)
1 - O africano Kofi Annan assume o cargo de Secretário-Geral da ONU. (1997)
2 - Fundação em São Paulo (SP), da Irmandade do Rosário dos Homens Pretos. (1711)
3 - Fundação em Porto Alegre (RS), da União dos Homens de Cor. (1943)
3 - Morre em Salvador (BA), aos 72 anos, vítima de câncer, o compositor Oscar da Penha - Batatinha. (1997)
4 - Realiza-se em Brasília (DF), o I Encontro das Religiosas da Assunção Negra. (1991)
5 - Morre nos Estados Unidos, o compositor, arranjador, contrabaixista, Charles Mingus. (1979)
5 - A Lei n. 7.716, denominada Lei Caó define os crimes resultantes de preconceitos de raça ou de cor. (1989)
6 - Dia consagrado a São Baltazar, um dos três reis magos que levaram oferendas para Jesus.
6 - Nasce na cidade de Salvador (BA), o médico psiquiatra Juliano Moreira. (1873)
6 - Morre no Rio de Janeiro, o jornalista José Ferreira de Menezes abolicionista promotor público, autor de "Punhal de Marfim", "O Tropeiro", Jaques Serafim", "Poverino". (1881)
6 - Fundação no Rio de Janeiro do Rancho Rei de Ouro, organizado por Hilário Jovino Ferreira. (1893)
6 - Nasce no Rio de Janeiro, o compositor José Gonçalves - Zé com Fome ou Zé da Zilda, autor entre outros sucessos de "Aos Pés da Cruz" e "Só pra Chatear". (1908)
6 - Fundação na Guatemala da Associação Garafiuna (ASO - GARAFIUNA). (1981)
6 - Morre o trumpetista americano Dizzy Gillespie. (1993)
7 - Nasce em Bom Jardim, município de Santo Amaro (BA), Teodoro Fernandes Sampaio - Teodoro Sampaio. (1855)
7 - Criação, na África do Sul, por um grupo composto de advogados, jornalistas, professores e líderes negros, do CNA- Congresso Nacional Africano agremiação política que se notabilizou na luta contra o "apartheid". (1912)
7 - Nasce no Rio de Janeiro (RJ) o cantor e compositor Luiz Carlos dos Santos - Luís Melodia. (1952)
10 - Nasce o cientista americano George Washington Carver. (1864)
10 - Tem início na Bahia, nos salões do Instituto Geográfico e Histórico Segundo Congresso Afro-Brasileiro. (1937)
12 - Nasce, em Congonhas (MG), o bispo Dom Silvério Gomes Pimenta. Um dos precursores da igreja progressista, ocupou, na Academia Brasileira de Letras, a cadeira de Alcindo Guanabara. (1840)
12 - O escritor Joaquim Maria Machado de Assis, aos 16 anos, publica o seu primeiro texto; a poesia "Ela". (1855)
12 - Morre no Rio de Janeiro o cantor e compositor João Machado Gomes – João da Baiana. (1974)
12 - O jogador de futebol Ronaldo Nazário – Ronaldinho é eleito o melhor jogador de futebol do mundo. (1997)
12 - Morre aos 74 anos de idade, o atleta olímpico Adhemar Ferreira da Silva, cinco vezes recordista mundial de salto triplo. (2001)
13 - Nasce na cidade de Cachoeira (BA), o engenheiro, professor universitário André Pinto Rebouças - André Rebouças. (1838)
15 - Nasce em Atlanta, Georgia (EUA), Martin Luther King Jr., Prêmio Nobel da Paz em 1964, por sua luta contra a discriminação racial e os direitos civis nos Estados Unidos. (1929)
15 - Na Bahia, o governo suprime a exigência de registro policial para os templos de ritos afro-brasileiros. É o único estado brasileiro a abolir essa exigência. (1976)
16 - Tem início no Rio de Janeiro, a I Conferência Estadual da Tradição dos Orixás. (1988)
16 - Morre aos 80 anos de idade, no bairro de Jacarepaguá (RJ), o cantor e compositor Aniceto Silva Júnior, Aniceto. (1993)
17 - O presidente do Congo Laurent Kabila é morto durante tentativa de golpe. (2001)
17 - Nasce em Lousville (EUA), o campeão de box Muhammed Ali. (1942)
17 - Nasce em Arkebutla, Missouri (EUA), o ator James Earl Jones. (1931)
20 - Dia consagrado ao orixá Oxossi no Rio de Janeiro.
20 - Nasce em Juiz de Fora (MG), Sebastião Cirino, músico, compositor, autor de "Cristo nasceu na Bahia", entre outras obras. (1902)
20 - Realiza-se na antiga Rua Engenho de Dentro, atual Adolfo Bergamini, o primeiro concurso entre escolas de samba no Rio de Janeiro. (1929)
20 - Nasce em Cachoeira do Paraguaçu (BA), Beatriz Moreira da Costa, a ialorixá Mãe Beata de Iemanjá, escritora, militante negra e social, autora do livro "Caroço de dendê - a sabedoria dos terreiros. (1931)
20 - Morre assassinado pela PIDE (Polícia Portuguesa) em Conacry, Amilcar Cabral, poeta revolucionário, fundador do PAIGC (Partido Africano de Independência de Guiné-Bissau e Cabo Verde). (1973)
20 - Morre no Rio de Janeiro, o jogador de futebol Manuel Francisco dos Santos -Mané Garrincha. (1983)
22 - Nasce em Quintas da Barra, Salvador, (BA), a atriz Francisca Xavier, Chica Xavier. (1932)
22 - Morre em Salvador (BA), a ialorixá Maria Bebiana do Espírito Santo, Mãe Senhora. (1967)
23 - Início da luta armada em Guiné-Bissau, primeira colônia portuguesa a se tornar independente. (1963)
24 - Tem início em Salvador (BA), a Revolta dos Malês, a insurreição urbana mais importante dos escravos brasileiros, com um saldo de 100 mortos e 281 presos. (1835)
24 - Sai o primeiro número do jornal "O Clarim". (1924)
24 - Morre Joseph Kasavabu, Presidente do Congo. (1969)
25 - Nasce em Maputo, Moçambique, o ex-jogador de futebol, Eusébio da Silva Ferreira, o "Pantera Negra", estrela do Benfica e da Seleção Portuguesa na década de 60. (1942)
25 - Nasce no Rio de Janeiro, a cantora Leny Andrade Lima - Leni Andrade. (1943)
26 - Nasce em Birminghan, Alabama (EUA), a ativista política americana Angela Yvonne Davis – ngela Davis. (1944)
27 - Nasce em Maceió (AL), o cantor e compositor Djavan Caetano Viana - Djavan. (1949)
28 - Criação do Dia do Rancho.
28 - É assassinada com cinco tiros, no Rio de Janeiro, a historiadora e militante negra, Maria Beatriz Nascimento. (1995)
29 - Morre em meio a uma hemoptise, no Rio de Janeiro, José do Patrocínio, "O Tigre da Abolição".(1905)
31 - Promulgada a sentença condenando a morte o escravo Manuel Congo condenando a 650 açoites e gonzo de ferro ao pescoço os demais escravos participantes da Insurreição Negra de Paty do Alferes. (1839)
31 - Pressionada pela Casa Branca, a Câmara dos Deputados aprovou a XIII Emenda à Constituição, abolindo para sempre a escravidão nos Estados Unidos. (1865)

Pesquisa

Pesquisa personalizada



sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Seminário de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena - BA

O Grupo INCLUIR está organizando o Seminário de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena, dando cumprimento ao que estabelece a Lei 11.645/2008, que preconiza a inclusão de estudos da história e da cultura afro-brasileira e indígena nos currículos da Educação Básica.

O evento, com o tema geral – Negros e Indígenas na Construção da Identidade Nacional, abordará temas relacionados à participação das diversas etnias africanas e indígenas na construção da sociedade e da cultura brasileira, além de focalizar questões relativas à construção da identidade etno-cultural.

O seminário ocorrerá nos dias 24 e 25 de outubro de 2008, com a presença de Professores renomados, especializados na temática indicada, dentre eles o Prof Dr. Ricardo Franklin Ferreira, da Universidade São Marcos/SP, autor do livro: Afrodescendente: Identidade em Construção, e a Profa Dra Marina de Mello e Souza da USP/SP, autora do livro: África e Brasil Africano.

PROGRAMAÇÃO

DIA 24/10 – sexta-feira.

19:00h – Inscrição e credenciamento.

19:30h – Abertura.

20:00h – Conferência: Construção da identidade numa Sociedade Multicultural Prof.

Dr. Ricardo Franklin Ferreira (Departamento de Psicologia Social da Universidade São Marcos/SP).

21:00 às 22:00h – Debate.

DIA 25/10 – sábado (pela manhã).

08:30h às 11:00h – Painel I: Educação e identidade Etno-cultural - Coordenação: Profa.

Ms. Maria José de S. Andrade (UCSal).

- Língua, linguagem e identidade indígena Profª. Drª. América Lúcia Cesar

(UNEB).

- Compreensões de afrodescendência Profª. Drª. Marli Geralda Teixeira

(UFBA/PATÍ).

- A família e a escola na construção da identidade etno-cultural – Prof. Dr. Ricardo

Franklin Ferreira (Universidade São Marco/SP)

DIA 25/10sábado (pela tarde).

14:00h às 16:00h – Painel II: Representações do negro e do indígena nas manifestações

culturais – Coordenação: Prof. Dr. Djalma S. dos Santos (UFBA/UNEB/PATÍ).

- Representações do negro na música popular brasileira – Prof. Ms. Antônio Jorge

Godi (UEFS/BA)

- O indígena no livro didático – Prof. Ms. Francisco Alfredo Guimarães (UNEB).
- O negro no livro didático - Profª Drª Marina de Mello e Sousa (USP/SP).

16:00h às 18:00 – Discussão.

18:00h – Encerramento e confraternização.

Data: 24 e 25 de outubro/2008.

Local: Vilamar Hotel – Salão de Eventos.

Endereço: Av. Amaralina nº 111, Amaralina – Salvador/Ba.

Público Alvo: professores do ensino fundamental e do médio, das redes pública e particular da Bahia; estudantes universitários; outros profissionais interessados.

Inscrições – Local: Travessa dos Barris, nº 30 – Barris (Associação PATÍ).

Investimento: Professores e profissionais graduados: R$ 80,00.

Estudantes e professores do SINPRO: R$ 50,00

Informações:

Associação PATÍ –
Tel: (71) 3328-4955 / 3328-1589
www.grupoincluir.com.br

Serão emitidos certificados onde constarão
os nomes dos palestrantes e o número de horas.

Coordenação Geral do Programa – Profª. Drª. Alda Pepe (INCLUIR/PATÍ/UFBA).

Coordenação do curso de História e Cultura Afro-breasileira e Indígena.

Profª. Drª. Marli Geralda Teixeira (INCLUIR/PATÍ/UFBA).

Prof. Dr. Djalma Santos (INCLUIR/UNEB/UFBA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário