SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO – JANEIRO

1 – Dia Mundial da Paz
1 – Dia consagrado ao orixá Oxalá
1 – Independência do Haiti (1804)
1 – Lincoln assina a Proclamação de Emancipação abolindo a escravatura nos Estados Unidos (1863)
1 – Primeira libertação coletiva de escravos no Brasil, na Vila de Acarapé, hoje Redenção, Estado do Ceará (1883)
1 – Nasce em Niterói, (RJ), o músico e compositor José Paulo Silva (1892)
1 – Independência do Sudão (1957)
1 – Festa Nacional de Cuba (1959)
1 – Festa Nacional de Samoa (1960)
1 – O africano Kofi Annan assume o cargo de Secretário-Geral da ONU (1997)
2 – Fundação em São Paulo (SP), da Irmandade do Rosário dos Homens Pretos (1711)
3 – Fundação em Porto Alegre (RS), da União dos Homens de Cor (1943)
4 – Realiza-se em Brasília (DF), o I Encontro das Religiosas da Assunção Negra (1991)

4 – Nasce em Belém/PA, Cléa Simões, atriz que se tornou conhecida a partir do seu trabalho na novela O direito de nascer, de 1978 (1927)

4 – Nasce em Belém/PA, Norton Gândia Nascimento, o ator, produtor e apresentador Norton Nascimento (1962)

5 – Nasce em Trajano de Moraes/RJ, Carmelita Madriaga, a cantora Carmem Costa (1920)
5 – Nasce Enedina Alves Marques, primeira mulher negra a se formar engenheira civil no Brasil (1913)

5 – A Lei n. 7.716, denominada Lei Caó define os crimes resultantes de preconceitos de raça ou de cor (1989)
6 – Circula pela primeira vez o jornal O Clarim da Alvorada, organizado por José Correia Leite e Jayme de Aguiar (1924)
6 – Dia consagrado a São Baltazar, um dos três reis magos que levaram oferendas para Jesus
6 – Nasce Juliano Moreira, médico psiquiatra considerado pai da psiquiatria brasileira, em Salvador, BA (1873)
6 – Fundação no Rio de Janeiro do Rancho Rei de Ouro, organizado por Hilário Jovino Ferreira (1893)
6 – Nasce no Rio de Janeiro, o compositor José Gonçalves - Zé com Fome ou Zé da Zilda, autor entre outros sucessos de "Aos Pés da Cruz" e "Só pra Chatear" (1908)
6 – Fundação na Guatemala da Associação Garafiuna (ASO - GARAFIUNA) (1981)
7 – Nasce em Bom Jardim, município de Santo Amaro (BA), Teodoro Fernandes Sampaio - Teodoro Sampaio, engenheiro, escritor, geógrafo e historiador (1855)
7 – Criação, na África do Sul, por um grupo composto de advogados, jornalistas, professores e líderes negros, do CNA- Congresso Nacional Africano agremiação política que se notabilizou na luta contra o "apartheid" (1912)
7 – Nasce no Rio de Janeiro (RJ) o cantor e compositor Luiz Carlos dos Santos - Luís Melodia (1952)
8 – Fundação do Congresso Nacional Africano, movimento e partido político sul-africano (1940)

9 – O Estado de Mississippi separa-se da União norte-americana para fazer parte da Confederação dos Estados do Sul (1861)

10 – Nasce o cientista estadunidense George Washington Carver (1864)
10 – Tem início na Bahia, nos salões do Instituto Geográfico e Histórico Segundo Congresso Afro-Brasileiro. (1937)
11 – Nasce Mary Jane Blidge, cantora, compositora e produtora musical, rainha do Hip Hop soul estadunidense (1971)

12 – Nasce, em Los Angeles, Califórnia (EUA), Alice McLeod, a pianista, organista, harpista e compositora de jazz Alice Coltrane (1937)
12 – O escritor Joaquim Maria Machado de Assis, aos 16 anos, publica o seu primeiro texto; a poesia "Ela" (1855)
13 – Nasce na cidade de Cachoeira (BA), o engenheiro, professor universitário e abolicionista André Pinto Rebouças - André Rebouças (1838)
14 – Nasce em Bay Shore, Nova Iorque (EUA),
James Todd Smith III, o cantor de rap e ator estadunidense LL Cool J (1968)

15 – Nasce em Atlanta, Georgia (EUA), Martin Luther King Jr., Prêmio Nobel da Paz em 1964, por sua luta contra a discriminação racial e os direitos civis nos Estados Unidos (1929)
15 – Na Bahia, o governo suprime a exigência de registro policial para os templos de ritos afro-brasileiros. É o único Estado brasileiro a abolir essa exigência (1976)
16 – Nasce na Bahia, o desenhista, gravador e escultor, José da Paixão Silva (1938)
16 – Tem início no Rio de Janeiro, a I Conferência Estadual da Tradição dos Orixás (1988)

16 – Nasce em Ibadan, Nigéria, Helen Folasade Adu, a cantora de jazz Sade Adu (1959)
17 – O presidente do Congo Laurent Kabila é morto durante tentativa de golpe (2001)
17 – Nasce em Lousville (EUA), o campeão de box Muhammed Ali (1942)
17 – Nasce em Boa Esperança, município de Rio Bonito (RJ), o poeta Bernardino da Costa Lopes, B. Lopes (1859)
17 – Nasce em Arkebutla, Missouri (EUA), o ator James Earl Jones (1931)

18 – A Federação Latino-Americana e do Caribe de Jornalistas Desportivos elege Joaquim Cruz o melhor atleta latino-americano de 1984 (1985)
19 – Nasce o compositor, cantor e ritmista Olivério Ferreira, Xangô da Mangueira (1923)
20 – Dia consagrado ao orixá Oxóssi, no Rio de Janeiro
20 – Nasce em Salvador (BA), o compositor Domingos da Rocha Viana - Domingos Moçuranga. (1807)
20 – Nasce em Juiz de Fora (MG), Sebastião Cirino, músico, compositor, autor de "Cristo nasceu na Bahia", entre outras obras (1902)
20 – Realiza-se na antiga Rua Engenho de Dentro, atual Adolfo Bergamini, o primeiro concurso entre escolas de samba no Rio de Janeiro (1929)
20 – Nasce em Cachoeira do Paraguaçu (BA), Beatriz Moreira da Costa, a ialorixá Mãe Beata de Iemanjá, escritora, militante negra e social, autora do livro "Caroço de dendê - a sabedoria dos terreiros (1931)
20 – Criada no Rio de Janeiro a Ala de Compositores da Estação Primeira de Mangueira (1939)
20 – Nasce Mário Gusmão, ator baiano que contribuiu para a difusão da cultura negra (1928)

22 – Nasce em Quintas da Barra, Salvador, (BA), a atriz Francisca Xavier, Chica Xavier (1932)
23 – Início da luta armada em Guiné-Bissau, primeira colônia portuguesa a se tornar independente (1963)
24 – Tem início em Salvador (BA), a Revolta dos Malês, a insurreição urbana mais importante dos escravos brasileiros, com um saldo de 100 mortos e 281 presos (1835)
24 – Sai o primeiro número do jornal "O Clarim" (1924)
25 – Nasce em Maputo, Moçambique, o ex-jogador de futebol, Eusébio da Silva Ferreira, o "Pantera Negra", estrela do Benfica e da Seleção Portuguesa na década de 60 (1942)
25 – Nasce no Rio de Janeiro, a cantora Leny Andrade Lima - Leni Andrade (1943)
26 – Nasce em Birminghan, Alabama (EUA), a ativista política americana Angela Yvonne Davis – Angela Davis (1944)
26 – Realiza-se no Teatro Ginástico, Rio de Janeiro, a primeira apresentação do Teatro Folclórico Brasileiro. (1950)

26 – Nasce Winnie Mandela, enfermeira, política e ativista sul-africana, ex-exposa de Nelson Mandela (1936)
27 – Nasce em Maceió (AL), o cantor e compositor Djavan Caetano Viana - Djavan (1949)
28 – Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

29 – Nasce Oprah Winfrey, apresentadora de TV e empresária estadunidense (1954)

31 – Pressionada pela Casa Branca, a Câmara dos Deputados aprovou a XIII Emenda à Constituição, abolindo a escravidão nos Estados Unidos (1865)

31 – Nascimento de Nzinga, rainha de Angola de 1633 a 1663 (1582)

31 – Nasce Roosevelt Sykes, cantor e pianista norte-americano (1908)

.

Pesquisa personalizada

sábado, 28 de dezembro de 2013

Cultura Afro-brasileira em edital do MinC

O Ministério da Cultura (Minc) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançaram, no último dia 20, o Edital de Apoio Financeiro Para a Pesquisa - Ação de Acervos de Interesse Memorial para a Cultura Afro-brasileira. O concurso, destinado a pesquisadores de todo o país, é resultado de uma articulação entre o Minc, a UFPE, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial, e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira.
 
O edital, que terá investimento total de R$ 1,7 milhão, selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio Afro-Brasileiro, visando ampliar a sua disponibilidade e acessibilidade pela sociedade civil e por pesquisadores em particular, assim como maximizar os benefícios desses acervos para a geração de conhecimento novo.
 
As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto seguindo o formulário modelo de Solicitação de Auxílio à Pesquisa, (disponível aqui), e encaminhadas à UFPE a partir do de hoje.
 
A seleção das propostas será realizada por intermédio de análises e avaliações comparativas e será feita em três etapas. A primeira avaliação, de enquadramento e pré-análise das propostas, que verifica se elas estão dentro do Regulamento do Edital, será feita pela área técnica da UFPE e da Fundaj.
 
Na segunda etapa, será feita a análise e julgamento do mérito das propostas apresentadas. Essa análise ficará a cargo de um Comitê Avaliador indicado pelo Minc, pela UFPE e pela Fundaj, que emitirá um parecer sobre as propostas dentro dos critérios estabelecidos. Esse parecer será registrado em planilha eletrônica, contendo a relação das propostas julgadas, recomendadas e não recomendadas, com as respectivas pontuações finais, em ordem decrescente, assim como outras informações e recomendações julgadas pertinentes.
 
Para as propostas recomendadas, serão indicados o valor adequado para financiamento e as justificativas para os cortes orçamentários, se houver. Para propostas não recomendadas, será emitido parecer consubstanciado contendo as justificativas para a não recomendação.
 
Haverá ainda uma terceira etapa que consistirá na análise dos pareceres emitidos e da ata de julgamento com a relação dos projetos recomendados e não recomendados. Esta última análise será feita pelas diretorias de Extensão e de Pesquisa Pró-Reitoria de Pesquisa e Graduação da UFPE, e pela Coordenação-Geral de Estudos da História Brasileira da Fundaj. As propostas vencedoras do Edital serão tratadas e disponibilizadas, posteriormente, em plataforma digital.
 
Segundo Américo Córdula, secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (Minc), o principal objetivo do edital é incentivar a construção de um acervo online. "A finalidade desse edital é formentar uma política de digitalização de acervos.", afirma o secretário. "Nós vamos lançar editais temáticos e disponibilizar o material através da cultura digital, visando principalmente o âmbito da pesquisa e do ensino", acrescenta ele
.
Com informações de Helí Espíndola, da Assessoria de Comunicação da SPC.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas - PE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas

Inscrições até 24 de fevereiro de 2014
Curso grátis, com material didático fornecido pela UFPE
Número de vagas: 140, sendo 80% para professores de escolas públicas (Estado e municípios) e 20% para professores de escolas privadas

Modalidade: à distância

Nível: aperfeiçoamento (formação continuada)

Objetivo:
Formar professores do ensino fundamental e médio, atuando no Estado de Pernambuco, com vistas a qualificar a abordagem das temáticas das culturas e história dos povos indígenas nas propostas pedagógicas e curriculares, contribuindo, deste modo, para a implementação qualificada da Lei 11.645/2008.

Carga Horária:
A carga horária do curso é de 240 horas, sendo 70% à distância e 30% de encontros presenciais.

Metodologia:
Os cursistas terão acesso aos conteúdos dos módulos via internet, através da plataforma Moodle, com apoio dos tutores e professores formadores. Os alunos também terão acesso ao material digitalizado e impresso, em forma de apostilas, com os mesmos conteúdos dos módulos e sub-módulos.     
A formação dos participantes estará assentada em um percurso individual de aprendizagem, apoiada no diálogo entre estes e os tutores e na interatividade com as demais produções, em rede. Ao final do curso, os alunos apresentarão um projeto pedagógico, por eles desenvolvido, sobre as temáticas da Cultura e História dos povos indígenas. Este será apresentado no último módulo, em um encontro presencial, em forma de seminário.

Módulos

Módulo
Qt. de Horas
Sub-Módulos
Módulo 1 - Conceitual EAD e Ferramenta Moodle.
20 hs
*16 horas – Presenciais (EAD + Introdução à Educação para a Diversidade).


4 horas – A distância (Moodle).
Módulo 2 – Conhecendo os povos indígenas no Brasil Contemporâneo.
80hs
A sociodiversidade indígena no Brasil - onde estão e quais são os povos indígenas.


A emergência dos povos indígenas do Nordeste.


Territorialidade e povos indígenas - Dados gerais sobre a demografia indígena.


Classificação dos povos indígenas pela diversidade linguística - troncos e famílias linguísticas.


Direitos dos povos indígenas.
Módulo 3 – Reconhecendo preconceitos sobre os povos indígenas.
30 hs
Análise das concepções e pré-conceitos referentes aos povos indígenas – noções errôneas do senso comum sobre a diversidade sociocultural; imaginário do índio amazônico.


Terminologias utilizadas para conhecer os povos indígenas –povos/tribos/comunidades/etnias;
primitivo/aculturado/integrado; branco/índio puro/índio misturado etc.
Módulo 4 - Marcos conceituais referentes à diversidade sociocultural.
70 hs
Conceitos de cultura - dinâmicas sociais em contexto de relações interétnicas.


Poder e desigualdade - assimetria nas relações interétnicas.


História e Histórias dos Povos Indígenas.


Movimentos Indígena e Indigenista - lutas dos povos indígenas na defesas dos seus direitos.


Práticas socioculturais dos povos indígenas – processos próprios de aprendizagem; a oralidade como recursos de transmissão, produção / reprodução cultural; organização social e práticas socioculturais.
Módulo 5 – Transformando a realidade: Projeto Pedagógico de Abordagem das Culturas e História dos Povos Indígenas.
20h
Construção de um projeto pedagógico sobre os conteúdos do curso pelos participantes.
Módulo 6 (Presencial).
20h
Seminários Locais de avaliação ao longo do curso

Total 240h

20+16

Material do curso:
Além do acesso aos conteúdos dos módulos via internet, os cursistas receberão o mesmo material em formato digital e impresso (em forma de apostilas).

Informações e inscrições:
Tel: 9892-4410

Sarau Afropoético no TCA - BA

TCA SARAU AFRO POÉTICO
 
Através da música, da improvisação, da música e da poesia de rua e do movimento hip-hop realizaremos um encontro que exponha a força e a beleza lírica presente na literatura e na oralitura do povo negro brasileiro. O sarau terá um caráter cênico performático com os atores do NATA e atores convidados recitando poesias criadas através de Orikis (poemas e orações africanos), poesias de criação do NATA e também criadas pelos alunos da oficina Crônicas Urbanas e Exú.
 
 
19/DEZ - ORÍ ORIPÁ EXÚ
Noite para tornar lírica a cidade, a confusão e o mistério. Uma noite para pensar Exu como urbanidade e ancestralidade. O último sarau do projeto trará como participantes a produção dos textos construídos durante a oficina de criação literária “Poéticas urbanas e Exu”, ministrado pelo ator e dramaturgo Daniel Arcades. O elenco do NATA se juntará aos participantes da oficina para recitarem essas produções e proporcionarem um intercâmbio maior com o grupo e o público.

Dias: 04, 11 e 19 de dezembro (quartas)
Horário: 20h
Local: Sala do Coro do TCA (04 e 11) e Jardim Suspenso do TCA (19)
Censura: 14 anos
ENTRADA GRATUITA (sujeita a lotação do espaço)

 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Exibição do filme "Raça" em Salvador - BA



SOBRE O FILME RAÇA - capta a história de três pessoas na linha de frente da batalha contemporânea pela igualdade, em um país que se orgulha de ser exemplo de democracia racial. Entre eles o esforço do Senador Paulo Paim para sancionar a lei do Estatuto da Igualdade Racial no Congresso Nacional, em Brasília. Autor do projeto original que demorou quase uma década para ser aprovado. O documentário também apresenta a luta de Miúda dos Santos neta de africanos escravizados e ativista quilombola  pela posse das terras e pelo respeito às suas tradições ancestrais da Comunidade Quilombola de Linharinho, no Espírito Santo. E Netinho de Paula e os bastidores da trajetória do cantor, apresentador e empresário durante todo o processo de criação e tentativa de consolidar do seu canal TV da Gente formado majoritariamente por profissionais negros.
 
O que: Filme Raça
Onde: Sala Walter da Silveira
Dia: 19/12/2013
Horário: 14h
 
Endereço: Rua General Labatut, 27 – Subsolo – Barris (prédio da Biblioteca Pública Estadual)

Ogum's Toques promove debates sobre violência contra negros e mulheres no CEAO - BA


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras - BA

 
 
Confira a programação do 5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras.
Dia 16 dezembro
14h - Palestra: Representações e Respostas: Manuel Querino e o Combate ao Imaginário Racialista no Brasil – Profa. Msc. Sabrina Gledhill (Pós-Afro CEAO-UFBA/IGHB)
15h - Palestra: Marcelina da Silva e Seu Mundo: Novos dados para uma Historiografia do Candomblé Ketu – Profa. Dra. Lisa Earl Castillo (UFBA).
16h - Pa...
lestra: Memória e história de Cecília do Bonocô: em busca de uma identidade – Profa. Dra. Cecília Soares (UCSAL/UNEB).
17h - Palestra: André Rebouças – Prof. Esp. Jorge Ramos (IRDEB).

Dia 17 de dezembro
14h Palestra: Vivaldo da Costa Lima: questões em torno de uma biografia – Prof. Dr. Cláudio Luiz Pereira (CEAO/UFBA)
15h - Palestra: Mãe Hilda Jitolu – Profa. Dra. Maria de Lourdes Siqueira.
16h - Palestra: Eugênia Lúcia Viana Nery e os Estudos Africanos – Prof. Dr. Edivaldo M. Boaventura (IGHB/UFBA)
17h - Palestra: - Ações Afirmativas – Profa. Dra. Ana Célia Silva
Ver mais


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

5ª Feira Cultural de Santiago do Iguape (Cachoeira/BA) - BA

 
Data: De Sexta-feira 06 Dezembro 2013 -  09:00
Até Sábado 07 Dezembro 2013 - 17:00
Local: Comunidade Quilombola de Santiago do Iguape
 
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participa do V Ano da Consciência Negra no Iguape, Feira de Cultura, promovido pelo projeto “Sou Negro e Trago Livre meus Sonhos". Criado em 2009 por Adinil Batista de Souza, na comunidade quilombola de Santiago do Iguape, o projeto tem como objetivo principal firmar o reconhecimento do povo quilombola da região, fortalecendo suas raízes e ancestralidade e contribuindo para o desenvolvimento social e cultural da região.
O projeto além de envolver todas as comunidades da região, escolas, grupos culturais e artísticos, tem como característica discutir temas de políticas publicas em comunidades quilombolas, exposições de artesanato local, apresentações culturais, e uma lavagem tradicional em homenagem a consciência negra.
Programação:
 
06/12/2013 - Sexta
 
Local: Associação Cultural e Artística de Santiago do Iguape (ACASI)
Credenciamento da Mesa redonda: 8:00h às 9:00h
ABERTURA - 9h - 12h
Grupo de música(Projovem Cras Quilombola)
Homenagem: D.Toinha (rezadeira)  TROFÉU "SOU NEGRO E TRAGO LIVRE OS MEUS SONHOS”
Mesa Redonda: Identidade quilombola: Ana Paula Cruz (UEFS), Ana Rita Dias (PET/UFRB)e SEPROMI.
Atividade com a SECRETARIA ESTADUAL DE POLITICAS PARA MULHERES
Apresentação cultural
Oficinas de práticas de vivência na comunidade
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagrada e suas rezas
Atividade cultural: Roda de Capoeira
Almoço no Restaurante A senzala do Iguape
 
07/12/2013 – Sábado 
 
Local: Praça Geraldo Simões - 9h às 17h
PALMARES NO QUILOMBO (Fundação Cultural Palmares)
Oficinas: 9h às 17h
Local: Praça Geraldo Simões (Santiago do Iguape)
Oficina de Teatro
. Ministrante: Fábio de Santana
. Público alvo: 20 pessoas
Oficina de Dança Afro
. Ministrante: Edeise Sacramento
. Público Alvo: 20 pessoas
Oficina de Audiovisual
. Ministrantes: Coletivo de Audiovisual do CULT/ UFBA
. Público Alvo: 15 pessoas
 Oficina de Leitura
. Biblioteca Itinerante da Fundação Pedro Calmon
 Exibição do DVD, seguido de bate papo:
 . Áfricas (Bando de Teatro Olodum)
 
EXPOSIÇÃO DE ARTESANATOS DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS
9h às 17h
Oficinas:
Música
Dança afro
Moda Afro
Trança afro
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagradas e suas rezas
 
 
LAVAGEM TRADICIONAL
12h - Almoço no Restaurante A senzala do Iguape  
14h - Desfile Beleza Negra do Iguape
 
Apresentações Culturais
OS BANTOS(ijexá)
Samba de roda geração do iguape                                               
 
ATENÇÃO!
SINE BAHIA MÓVEL(APOIO SETRE e Governo do Estado da Bahia)
Atividade emissão de carteira de trabalho 
Local: Praça Geraldo Simões(Santiago do Iguape), dia 07/12  das 9:00h às 17:00h