SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO – OUTUBRO

1 – Independência da Nigéria (1960)
2 – Independência da Guiné-Conacri, também chamada de República da Guiné para se distinguir da vizinha Guiné-Bissau (1958)
3 – Nasce no bairro do Engenho de Dentro, Rio de Janeiro o cantor Orlando Garcia da Silva - Orlando Silva, o "Cantor das Multidões" (1915)
3 – Nasce no bairro do Cachambi, Zona Norte do Rio de Janeiro, o compositor, violonista e arranjador Cláudio Jorge de Barros, Cláudio Jorge (1949)
4 – Nasce em Rua Domingos Lopes, n. 298, Madureira (RJ), o compositor Silas de Oliveira Assumpção. Autor de "Meu Drama" (Silas e J. Ilarindo), "Aquarela Brasileira", "Cinco Bailes da História do Rio" (Silas, D. Ivone Lara e Bacalhau), "Heróis da Liberdade" (Silas e Mano Décio), entre outros (1916)
5 – Nasce Neil deGrasse Tyson, divulgador científico, dramaturgo e astrofísico estadunidense (1958)
5 – Nasce em Chicago (EUA), Bernard Jeffrey "Bernie" McCollough, o ator e comediante Bernie Mac (1957)
6 – Nasce no Rio de Janeiro, o cantor e compositor José Flores de Jesus - Zé Keti (1921)
6 – O Bloco Afro Ilê Aiyê, através da resolução n. 4003/89, torna-se uma entidade de utilidade pública (1989)
6 – Criação do Coletivo de Mulheres Negras de São Paulo (1983)
7 – Nasce nos Estados Unidos, o fundador do movimento "Black Muslims", Elijah Muhammed (1897)
8 – Nasce em Greenville, Carolina do Sul, (EUA), Jesse Louis Burns, senador, reverendo Jesse L. Jackson (1941)
8 - Toni Morrison torna-se a primeira afro-americana a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura (1993)
9 – Nasce em Nova Orleans (EUA), Ernest "Dutch" Moreal, primeiro prefeito negro de Nova Orleans (1929)
9 – Nasce em São Paulo o poeta, ensaísta e crítico Mário de Andrade (1893)
9 – Independência de Uganda (1962)
9 – Nasce em Campos (RJ), o jornalista, orador, publicista e político, José Carlos do Patrocínio - José do Patrocínio (1853)
10 – Nasce em Irará (BA), o goleiro da Seleção Brasileira de Futebol Nelson de Jesus Silva, Dida (1973)
11 – Inicia-se no Rio de Janeiro, o I Encontro dos Negros do Sul e Sudeste (1987)
11 – Dia Internacional de Solidariedade aos Presos Políticos da África do Sul
11 – Nasce em São Luiz (MA), Maria Firmina dos Reis. Escreveu "Úrsula" em 1859, considerado o primeiro romance escrito por mulher no Brasil e, igualmente, o primeiro romance abolicionista (1825)
11 – Nasce em Salvador/BA, Samuel dos Santos, ator que ficou famoso ao interpretar o Tio Barnabé, do Sítio do Pica Pau Amarelo (1922)
11 – O novo Código Penal da República transforma a capoeira em crime (1890)
11 – Nasce no Catete (RJ), Angenor de Oliveira, o Cartola. Compositor, poeta e fundador da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira. Compôs sucessos como: "Não quero mais amar ninguém", "Quem me vê sorrir", “Divina Dama", "As rosas não falam", "Camarim" (1908)
11 – Nasce em Pedreiras (MA), o compositor João Batista do Vale - João do Vale (1934)
12 – Nasce em Serro (MG), o compositor José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita. (1746)
12 – Explode na África do Sul a Guerra dos Bôeres entre ingleses e "africânderes" que teve profunda influência no destino dos negros sul-africanos (1899)
12 – Com a presença de mais de mil pessoas, é aprovado o Estatuto da Frente Negra Brasileira (1931)
12 – Nasce em Goiás, o cantor, instrumentista, professor e compositor José do Patrocínio Marques Tocantins, autor do "Cântico da Cerimônia do Lava pés" e "Salutaris Hóstia" (1851)
12 – Nasce em Caruaru (PE) o cantor, compositor e radialista Luís Rattes Vieira Filho, Luís Vieira (1928)
12 – Independência de Guiné-Equatorial (1968)
13 – Nos Estados Unidos, o escravo Jo Anderson inventa uma máquina para ceifar o trigo (1831)
13 – Fundação no Rio de Janeiro, do Teatro Experimental do Negro - TEN (1944)
13 – O Tribunal Superior do Trabalho, numa decisão inédita, desferiu um golpe no racismo nas empresas. O técnico da Eletrosul Vicente do Espírito Santo, foi recontratado depois de prover que havia sido vítima de discriminação pelo chefe que queria "branquear o departamento" (1996)
14 – Nasce no Rio de Janeiro, o cantor, instrumentista e compositor Armando Vieira Marçal - Armando Marçal (1902)
14 – Martin Luther King Jr. recebe o Prêmio Nobel da Paz (1964)
15 – O atleta João Carlos de Oliveira, João do Pulo, bate o recorde mundial do salto triplo, nos Jogos Pan-Americanos na Cidade do México com a marca de 17,89m (1975)
16 – O arcebispo Desmond Tutu recebe o Prêmio Nobel da Paz (1984)
16 – Nasce em Caratinga (MG) o cantor Agnaldo Timóteo (1936)
16 – O Presidente de Burquina Faso, Thomas Sankara é assassinado após um golpe de estado liderado por seu antigo companheiro Blaise Campocouré (1987)
16 – Libertação dos escravos em Pelotas (RS) (1884)
16 – Publicação de Lei proibindo o açoite nos castigos aos escravos (1886)
16 – Os atletas americanos Tommie Smith e John Carlos, medalhas de ouro e bronze nos 200 metros rasos nos Jogos Olímpicos do México, tornam-se mundialmente conhecidos ao subirem o pódio e acompanharem a execução do Hino Nacional Americano com os punhos erguidos calçados por luvas pretas, saudação característica do Movimento Black Power (Poder Negro) (1968)
16 – Wole Soyinka, escritor nigeriano, recebe o Prêmio Nobel de Literatura (1986)
17 – Nasce em Monte Azul Paulista (SP), o poeta e contista Abelardo Rodrigues (1952)
18 – Nasce em Uberabinha, atual Uberlândia (MG), Sebastião Bernardes de Souza Prata - Grande Otelo (1915)
18 – Nasce em Cachoeiro do Itapemirim (ES), o líder sindical ferroviário Demisthóclides Batista, Batistinha (1925)
18 – Nasce o cantor e instrumentista Chuck Berry (1926).
18 – Nasce em Pau Grande/RJ, Manuel Francisco dos Santos, o Garrincha, famoso jogador de futebol (1933)
19 – É publicado no Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, o folhetim triste Fim de Policarpo Quaresma, do escritor Lima Barreto. (1911)
19 – Nasce em Grange Hill, Westmore Land, Jamaica, Winston Hubert Mc'Intosh, Peter Tosh - "O Furacão da Jamaica" (1944)
19 – Nasce em Cubatão, (SP), o ator e compositor Deoclides José Gouveia - Deoclides Gouvea (1945)
20 – Expedido ofício de Gaspar Antônio da Costa Leal informando sobre um quilombo existente nas cabeceiras do Rio Moquim, que deságua no Itabapoana em Campos dos Goitacazes (1848)
20 – Nasce na cidade de São Pedro do Paraíso (RJ), o quarto-zagueiro Dari Batista (1940)
21 – Nasce em Cheraw, Carolina do Sul, Estados Unidos, o trompetista John Birks Dizzy Gillespie (1917)
22 – Nasce em Aldeia da Pedra, Itaocara (RJ), o flautista, compositor, Patápio Silva, autor de composições como: "Evocação", "Margarida", "Primeiro Amor", "Oriental", "Sonho", entre outras composições (1881) - Altamiro Carrilho
22 – O Projeto de Lei n.391, de autoria do deputado Fidelis Reis, proíbe a entrada de colonos da raça preta no Brasil (1923)
23 – Nasce em Três Corações (MG), o jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento - Pelé (1940)
24 – Nasce em Bragança Paulista (SP), o poeta Oswaldo de Camargo. Publicou "Um homem tenta ser anjo", "Poemas negros", "O Carro do êxito", "Antologia dos Poetas de Cacimba", "A Descoberta do Frio", entre outros. (1936)
24 – Nascimento de Esmeralda Ribeiro, poeta e uma das coordenadoras do Quilombhoje / 1958
24 – Festa Nacional da Zâmbia. (1964)
25 – Dia consagrado a Crispim.
25 – O Clube Militar, em petição à Princesa Isabel, manifestou o desejo de não mais se utilizar o Exército para capturar escravos (1887)
25 – Nos Estados Unidos, o Coronel B. O. Davis torna-se o primeiro negro a ser promovido ao posto de general de brigada (1940)
26 – Nasce nos Estados Unidos o autor Jean Toomer (1894)
26 – Nasce em New Orleans (EUA), a "Rainha do Gospell", Mahalia Jackson (1911)
26 – Nasce no Rio de Janeiro, o cantor e compositor Milton Nascimento, autor de "Travessia", "Canção da América", "Nos Bailes da Vida", "Morro Velho", "Roupa Nova", "Coração Civil", entre outras canções de sucesso (1942)
27 – Nasce no Rio de Janeiro o cantor Pery de Oliveira Martins - Pery Ribeiro (1937)
27 – Independência de São Vicente, ex-colônia inglesa do Caribe (1979)
28 – Nasce no bairro carioca de São Cristóvão (RJ), o compositor Nelson Antônio da Silva - Nelson Cavaquinho, autor de sucessos como "A Flor e o Espinho", "Rugas", "Folhas Secas", "Quando eu me chamar Saudade", entre outros (1911)
29 – Nasce em Gary (EUA) Randy Jackson, músico e dançarino do The Jacksons 5 (1961)
30 – Nasce em Porto Alegre (RS), José Maria Vianna Rodrigues, o primeiro professor negro a lecionar na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1918)
31 – Surge em Esmeralda, Equador, a primeira Comunidade Negra das Américas que não sofreu a escravidão (1553)
31 – Nasce em Ourinhos (SP) Luís Silva – Cuti, poeta, dramaturgo e co-fundador do Quilombhoje (1951)

.

Pesquisa personalizada

sábado, 28 de dezembro de 2013

Cultura Afro-brasileira em edital do MinC

O Ministério da Cultura (Minc) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançaram, no último dia 20, o Edital de Apoio Financeiro Para a Pesquisa - Ação de Acervos de Interesse Memorial para a Cultura Afro-brasileira. O concurso, destinado a pesquisadores de todo o país, é resultado de uma articulação entre o Minc, a UFPE, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial, e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira.
 
O edital, que terá investimento total de R$ 1,7 milhão, selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio Afro-Brasileiro, visando ampliar a sua disponibilidade e acessibilidade pela sociedade civil e por pesquisadores em particular, assim como maximizar os benefícios desses acervos para a geração de conhecimento novo.
 
As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto seguindo o formulário modelo de Solicitação de Auxílio à Pesquisa, (disponível aqui), e encaminhadas à UFPE a partir do de hoje.
 
A seleção das propostas será realizada por intermédio de análises e avaliações comparativas e será feita em três etapas. A primeira avaliação, de enquadramento e pré-análise das propostas, que verifica se elas estão dentro do Regulamento do Edital, será feita pela área técnica da UFPE e da Fundaj.
 
Na segunda etapa, será feita a análise e julgamento do mérito das propostas apresentadas. Essa análise ficará a cargo de um Comitê Avaliador indicado pelo Minc, pela UFPE e pela Fundaj, que emitirá um parecer sobre as propostas dentro dos critérios estabelecidos. Esse parecer será registrado em planilha eletrônica, contendo a relação das propostas julgadas, recomendadas e não recomendadas, com as respectivas pontuações finais, em ordem decrescente, assim como outras informações e recomendações julgadas pertinentes.
 
Para as propostas recomendadas, serão indicados o valor adequado para financiamento e as justificativas para os cortes orçamentários, se houver. Para propostas não recomendadas, será emitido parecer consubstanciado contendo as justificativas para a não recomendação.
 
Haverá ainda uma terceira etapa que consistirá na análise dos pareceres emitidos e da ata de julgamento com a relação dos projetos recomendados e não recomendados. Esta última análise será feita pelas diretorias de Extensão e de Pesquisa Pró-Reitoria de Pesquisa e Graduação da UFPE, e pela Coordenação-Geral de Estudos da História Brasileira da Fundaj. As propostas vencedoras do Edital serão tratadas e disponibilizadas, posteriormente, em plataforma digital.
 
Segundo Américo Córdula, secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (Minc), o principal objetivo do edital é incentivar a construção de um acervo online. "A finalidade desse edital é formentar uma política de digitalização de acervos.", afirma o secretário. "Nós vamos lançar editais temáticos e disponibilizar o material através da cultura digital, visando principalmente o âmbito da pesquisa e do ensino", acrescenta ele
.
Com informações de Helí Espíndola, da Assessoria de Comunicação da SPC.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas - PE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas

Inscrições até 24 de fevereiro de 2014
Curso grátis, com material didático fornecido pela UFPE
Número de vagas: 140, sendo 80% para professores de escolas públicas (Estado e municípios) e 20% para professores de escolas privadas

Modalidade: à distância

Nível: aperfeiçoamento (formação continuada)

Objetivo:
Formar professores do ensino fundamental e médio, atuando no Estado de Pernambuco, com vistas a qualificar a abordagem das temáticas das culturas e história dos povos indígenas nas propostas pedagógicas e curriculares, contribuindo, deste modo, para a implementação qualificada da Lei 11.645/2008.

Carga Horária:
A carga horária do curso é de 240 horas, sendo 70% à distância e 30% de encontros presenciais.

Metodologia:
Os cursistas terão acesso aos conteúdos dos módulos via internet, através da plataforma Moodle, com apoio dos tutores e professores formadores. Os alunos também terão acesso ao material digitalizado e impresso, em forma de apostilas, com os mesmos conteúdos dos módulos e sub-módulos.     
A formação dos participantes estará assentada em um percurso individual de aprendizagem, apoiada no diálogo entre estes e os tutores e na interatividade com as demais produções, em rede. Ao final do curso, os alunos apresentarão um projeto pedagógico, por eles desenvolvido, sobre as temáticas da Cultura e História dos povos indígenas. Este será apresentado no último módulo, em um encontro presencial, em forma de seminário.

Módulos

Módulo
Qt. de Horas
Sub-Módulos
Módulo 1 - Conceitual EAD e Ferramenta Moodle.
20 hs
*16 horas – Presenciais (EAD + Introdução à Educação para a Diversidade).


4 horas – A distância (Moodle).
Módulo 2 – Conhecendo os povos indígenas no Brasil Contemporâneo.
80hs
A sociodiversidade indígena no Brasil - onde estão e quais são os povos indígenas.


A emergência dos povos indígenas do Nordeste.


Territorialidade e povos indígenas - Dados gerais sobre a demografia indígena.


Classificação dos povos indígenas pela diversidade linguística - troncos e famílias linguísticas.


Direitos dos povos indígenas.
Módulo 3 – Reconhecendo preconceitos sobre os povos indígenas.
30 hs
Análise das concepções e pré-conceitos referentes aos povos indígenas – noções errôneas do senso comum sobre a diversidade sociocultural; imaginário do índio amazônico.


Terminologias utilizadas para conhecer os povos indígenas –povos/tribos/comunidades/etnias;
primitivo/aculturado/integrado; branco/índio puro/índio misturado etc.
Módulo 4 - Marcos conceituais referentes à diversidade sociocultural.
70 hs
Conceitos de cultura - dinâmicas sociais em contexto de relações interétnicas.


Poder e desigualdade - assimetria nas relações interétnicas.


História e Histórias dos Povos Indígenas.


Movimentos Indígena e Indigenista - lutas dos povos indígenas na defesas dos seus direitos.


Práticas socioculturais dos povos indígenas – processos próprios de aprendizagem; a oralidade como recursos de transmissão, produção / reprodução cultural; organização social e práticas socioculturais.
Módulo 5 – Transformando a realidade: Projeto Pedagógico de Abordagem das Culturas e História dos Povos Indígenas.
20h
Construção de um projeto pedagógico sobre os conteúdos do curso pelos participantes.
Módulo 6 (Presencial).
20h
Seminários Locais de avaliação ao longo do curso

Total 240h

20+16

Material do curso:
Além do acesso aos conteúdos dos módulos via internet, os cursistas receberão o mesmo material em formato digital e impresso (em forma de apostilas).

Informações e inscrições:
Tel: 9892-4410

Sarau Afropoético no TCA - BA

TCA SARAU AFRO POÉTICO
 
Através da música, da improvisação, da música e da poesia de rua e do movimento hip-hop realizaremos um encontro que exponha a força e a beleza lírica presente na literatura e na oralitura do povo negro brasileiro. O sarau terá um caráter cênico performático com os atores do NATA e atores convidados recitando poesias criadas através de Orikis (poemas e orações africanos), poesias de criação do NATA e também criadas pelos alunos da oficina Crônicas Urbanas e Exú.
 
 
19/DEZ - ORÍ ORIPÁ EXÚ
Noite para tornar lírica a cidade, a confusão e o mistério. Uma noite para pensar Exu como urbanidade e ancestralidade. O último sarau do projeto trará como participantes a produção dos textos construídos durante a oficina de criação literária “Poéticas urbanas e Exu”, ministrado pelo ator e dramaturgo Daniel Arcades. O elenco do NATA se juntará aos participantes da oficina para recitarem essas produções e proporcionarem um intercâmbio maior com o grupo e o público.

Dias: 04, 11 e 19 de dezembro (quartas)
Horário: 20h
Local: Sala do Coro do TCA (04 e 11) e Jardim Suspenso do TCA (19)
Censura: 14 anos
ENTRADA GRATUITA (sujeita a lotação do espaço)

 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Exibição do filme "Raça" em Salvador - BA



SOBRE O FILME RAÇA - capta a história de três pessoas na linha de frente da batalha contemporânea pela igualdade, em um país que se orgulha de ser exemplo de democracia racial. Entre eles o esforço do Senador Paulo Paim para sancionar a lei do Estatuto da Igualdade Racial no Congresso Nacional, em Brasília. Autor do projeto original que demorou quase uma década para ser aprovado. O documentário também apresenta a luta de Miúda dos Santos neta de africanos escravizados e ativista quilombola  pela posse das terras e pelo respeito às suas tradições ancestrais da Comunidade Quilombola de Linharinho, no Espírito Santo. E Netinho de Paula e os bastidores da trajetória do cantor, apresentador e empresário durante todo o processo de criação e tentativa de consolidar do seu canal TV da Gente formado majoritariamente por profissionais negros.
 
O que: Filme Raça
Onde: Sala Walter da Silveira
Dia: 19/12/2013
Horário: 14h
 
Endereço: Rua General Labatut, 27 – Subsolo – Barris (prédio da Biblioteca Pública Estadual)

Ogum's Toques promove debates sobre violência contra negros e mulheres no CEAO - BA


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras - BA

 
 
Confira a programação do 5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras.
Dia 16 dezembro
14h - Palestra: Representações e Respostas: Manuel Querino e o Combate ao Imaginário Racialista no Brasil – Profa. Msc. Sabrina Gledhill (Pós-Afro CEAO-UFBA/IGHB)
15h - Palestra: Marcelina da Silva e Seu Mundo: Novos dados para uma Historiografia do Candomblé Ketu – Profa. Dra. Lisa Earl Castillo (UFBA).
16h - Pa...
lestra: Memória e história de Cecília do Bonocô: em busca de uma identidade – Profa. Dra. Cecília Soares (UCSAL/UNEB).
17h - Palestra: André Rebouças – Prof. Esp. Jorge Ramos (IRDEB).

Dia 17 de dezembro
14h Palestra: Vivaldo da Costa Lima: questões em torno de uma biografia – Prof. Dr. Cláudio Luiz Pereira (CEAO/UFBA)
15h - Palestra: Mãe Hilda Jitolu – Profa. Dra. Maria de Lourdes Siqueira.
16h - Palestra: Eugênia Lúcia Viana Nery e os Estudos Africanos – Prof. Dr. Edivaldo M. Boaventura (IGHB/UFBA)
17h - Palestra: - Ações Afirmativas – Profa. Dra. Ana Célia Silva
Ver mais


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

5ª Feira Cultural de Santiago do Iguape (Cachoeira/BA) - BA

 
Data: De Sexta-feira 06 Dezembro 2013 -  09:00
Até Sábado 07 Dezembro 2013 - 17:00
Local: Comunidade Quilombola de Santiago do Iguape
 
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participa do V Ano da Consciência Negra no Iguape, Feira de Cultura, promovido pelo projeto “Sou Negro e Trago Livre meus Sonhos". Criado em 2009 por Adinil Batista de Souza, na comunidade quilombola de Santiago do Iguape, o projeto tem como objetivo principal firmar o reconhecimento do povo quilombola da região, fortalecendo suas raízes e ancestralidade e contribuindo para o desenvolvimento social e cultural da região.
O projeto além de envolver todas as comunidades da região, escolas, grupos culturais e artísticos, tem como característica discutir temas de políticas publicas em comunidades quilombolas, exposições de artesanato local, apresentações culturais, e uma lavagem tradicional em homenagem a consciência negra.
Programação:
 
06/12/2013 - Sexta
 
Local: Associação Cultural e Artística de Santiago do Iguape (ACASI)
Credenciamento da Mesa redonda: 8:00h às 9:00h
ABERTURA - 9h - 12h
Grupo de música(Projovem Cras Quilombola)
Homenagem: D.Toinha (rezadeira)  TROFÉU "SOU NEGRO E TRAGO LIVRE OS MEUS SONHOS”
Mesa Redonda: Identidade quilombola: Ana Paula Cruz (UEFS), Ana Rita Dias (PET/UFRB)e SEPROMI.
Atividade com a SECRETARIA ESTADUAL DE POLITICAS PARA MULHERES
Apresentação cultural
Oficinas de práticas de vivência na comunidade
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagrada e suas rezas
Atividade cultural: Roda de Capoeira
Almoço no Restaurante A senzala do Iguape
 
07/12/2013 – Sábado 
 
Local: Praça Geraldo Simões - 9h às 17h
PALMARES NO QUILOMBO (Fundação Cultural Palmares)
Oficinas: 9h às 17h
Local: Praça Geraldo Simões (Santiago do Iguape)
Oficina de Teatro
. Ministrante: Fábio de Santana
. Público alvo: 20 pessoas
Oficina de Dança Afro
. Ministrante: Edeise Sacramento
. Público Alvo: 20 pessoas
Oficina de Audiovisual
. Ministrantes: Coletivo de Audiovisual do CULT/ UFBA
. Público Alvo: 15 pessoas
 Oficina de Leitura
. Biblioteca Itinerante da Fundação Pedro Calmon
 Exibição do DVD, seguido de bate papo:
 . Áfricas (Bando de Teatro Olodum)
 
EXPOSIÇÃO DE ARTESANATOS DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS
9h às 17h
Oficinas:
Música
Dança afro
Moda Afro
Trança afro
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagradas e suas rezas
 
 
LAVAGEM TRADICIONAL
12h - Almoço no Restaurante A senzala do Iguape  
14h - Desfile Beleza Negra do Iguape
 
Apresentações Culturais
OS BANTOS(ijexá)
Samba de roda geração do iguape                                               
 
ATENÇÃO!
SINE BAHIA MÓVEL(APOIO SETRE e Governo do Estado da Bahia)
Atividade emissão de carteira de trabalho 
Local: Praça Geraldo Simões(Santiago do Iguape), dia 07/12  das 9:00h às 17:00h