SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO – FEVEREIRO

1 – Nasce em Belo Horizonte/MG, Lélia de Almeida, a antropóloga, feminista negra e filósofa Lélia Gonzalez, intelectual e ativista do movimento negro (1935)

1 – Nasce em Joplin, Estado do Missouri (EUA), o escritor e poeta Langst Hughes (1902)
2 – Dia consagrado ao orixá Iemanjá.
2 – Nasce em Tiradentes (MG) o compositor, organista, relojoeiro, pintor, escultor, calígrafo e perito em iluminuras, Manuel Dias de Oliveira (1738)
2 – Assinada a Lei do Ventre Livre no Uruguai (1813)
2 – Nasce em Vitória (ES), a atriz e escritora Elisa Lucinda (1958)
2 – O plenário da Constituinte aprova a emenda de autoria do Deputado Federal Carlos Alberto de Oliveira - Caó, do PDT (RJ) - estabelecendo que racismo passa a ser crime inafiançável e imprescritível (1988)

3 – Dia dos Heróis Moçambicanos

3 – O governo de Frederick de Klerk anuncia a libertação iminente de Nelson Mandela, após 26 anos de prisão, e apresenta um pacote de medidas: legalização do Congresso Nacional Africano, o fim da pena de morte, a soltura de presos políticos não envolvidos em mortes ou atos de terrorismo. O líder negro exige mais concessões para ser libertado
4 – Início da luta armada pela independência de Angola (1961)
5 – Nasce no município de Campos, Estado do Rio de Janeiro, a partideira Dona Ana Bororó (1924)
6 – É destruído o Quilombo dos Palmares (1694)
6 – Nasce no bairro da Piedade, Rio de Janeiro, Euzébia Silva de Oliveira, D. Zica da Mangueira (1913)
6 – Nasce em Igarapava (SP) o cantor Jair Rodrigues de Oliveira - Jair Rodrigues (1939)
6 – Nasce em Nine Mile, Sant'ana, norte da Jamaica, Robert Nesta Marley - Bob Marley, a maior estrela do reggae jamaicano (1945)
7 – Nasce no bairro de Carambita, em Valença/RJ, a "capital do vale da escravidão", Clementina de Jesus da Silva, a "Mãe Quelé" (1901)
7 - Independência de Granada (1974)

8 – Nasce Alonzo Harding Mourning, Jr., na Virginia(EUA), ex-jogador profissional de basquete da NBA, mais conhecido por Zo (1970)
9 – Nasce em Georgia, sul dos Estados Unidos, Alice Malsenior Walker, a escritora Alice Walker, incluída entre as/os melhores escritores/as estadunidenses contemporâneos/as (1944)
10 – Nasce em Salvador (BA), Maria Escolástica da Conceição Nazaré, a yalorixá Mãe Menininha do Gantois (1894)
10 – Nasce nos Estados Unidos a cantora e instrumentista Roberta Flack (1940)
10 – A sambista Isabel Valença sagra-se vencedora na categoria luxo feminino no concurso do Teatro Municipal (RJ), desfilando com a fantasia "Rainha Rita de Vila Rica" (1964)
10 – O governo do General Médici proíbe a publicação de notícias sobre índios, esquadrão da morte, guerrilha, movimento negro e discriminação racial (1969)
10 – Inaugurado no Terreiro do Gantois, bairro da Federação, Salvador (BA), o Memorial Mãe Menininha (1992)

10 – Nasce Augusto Temístocles da Silva Costa, o humorista Tião Macalé, humorista célebre por suas participações no programa Os Trapalhões (1926)
11 – Nelson Mandela é libertado pelo governo racista da África do Sul, depois de 27 anos preso (1990)
12 – Nasce Arlindo Veiga dos Santos, acadêmico e primeiro Presidente da Frente Negra Brasileira (1902)
12 – Nasce em Duas Barras (RJ) o compositor e cantor Martinho José Ferreira, o Martinho da Vila, um dos grandes criadores do samba carioca e um dos maiores impulsionadores das relações culturais entre o Brasil e o continente africano (1938)
12 – Nasce em Garanhuns (PE) o cantor, compositor e instrumentista José Domingos de Morais - Dominguinhos (1941)

12 – Admitido o primeiro universitário negro na Universidade do Alabama - EUA (1956)
13 – Tem início com Amilcar Cabral em Cassaca, o I Congresso do PAIGC, nas zonas libertadas do Sul, que operou uma mudança decisiva no avanço da luta armada (1964)
14 – Nasce nos Estados Unidos, Frederick Douglas, escritor, defensor da causa abolicionista (1817)

14 – Nasce em Mesquita/RJ, Carlos Roberto de Oliveira, o cantor e compositor Dicró (1946)

15 – Publicado em Nova Jérsei (EUA) um ato que liberava todos os filhos de escravizados da escravidão (1804)
16 – Nasce na Filadélfia (EUA), a cantora de ópera Marian Anderson (1897)
17 – Nasce no Brooklyn, Nova York (EUA), o jogador de basquete Michael Jefrrey Jordan, Michael Jordan (1963)
18 – Fundação, em Salvador (BA), do Afoxé Filhos de Gandhi (1949)
18 – Independência de Gâmbia (1965)
19 – O americano W. E. B. Dubois, um dos pioneiros da luta pela independência e unidade africana, organiza o I Congresso Pan-Africano, em Paris (1919)
19 – Carter G. Woodson cria, nos EUA, a "Negro History Week", atualmente o "Black History Month" (Mês da História Negra) (1926)
20 – Publicada Carta Régia declarando que "sendo presente o demasiado luxo das escravas no Brasil, e devendo evitar-se esse excesso e o mau exemplo que dele podia seguir-se, El-rei era servido resolver que as escravas de todo o Brasil em nenhuma capitania pudesse usar vestidos de seda, de cambraia, ou halandas, com rendas ou sem elas, nem também de guarnição de ouro ou prata nos vestidos” (1696).
20 – Nasce em Miami (EUA), o ator, diretor e Embaixador das Bahamas no Japão, Sidnei Poitier (1924 ou 1927)

21 – Nasce em Tryon (EUA), Eunice Kathleen Waymon, pianista, cantora, compositora e ativista pelos direitos civis dos negros estadunidenses, mais conhecida pelo nome artístico Nina Simone (1933)
22 – É organizada em Nova Iorque (EUA), a Associação Nacional de Ajuda aos Libertos (1862)
22 – É destruído um quilombo na localidade entre os arroios Sampaio e Taquari Mirim, Rio Pardo (RS) (1853)
23 – Nasce em Great Barrington, Massachusetts (EUA), Willian Edward Burghard Dubois, considerado pai dos movimentos pelos direitos civis nos Estados Unidos e precursor do pan-africanismo (1868)
23 – O artista plástico Arthur Bispo do Rosário é levado pelas mãos do pai para o Escola de Aprendizes, no Quartel Central do Corpo de Marinheiros Nacionais Villegaignon no Rio de Janeiro, recebendo o número 15148.
23 – Nasce o ator e artista plástico Antônio Pompêo (1953)

23 – Nasce, em Recife/PE, José Bezerra da Silva, o cantor, compositor e instrumentista Bezerra da Silva (1927)
24 – Nasce na Cidade de Aurora (CE), o artista plástico Geraldo Simplício - Nêgo (1943)
25 – Nasce em Glória do Goitá (PE), João Francisco dos Santos, o Madame Satã, célebre transformista (1900)
25 – O pugilista Cassius Clay ganha o título de Campeão Mundial de Boxe na categoria peso pesado, ao derrotar na cidade de Miami, Flórida (EUA), Sonny Liston (1964)

26 – As potências europeias repartem o continente africano (1885)
26 – Nasce no Rio de Janeiro/RJ Wilson Simonal de Castro, o cantor Wilson Simonal (1939)
27 – Independência da República Dominicana (1844)
28 – Criação do Quilombhoje Literatura (1980)

.

Pesquisa personalizada

domingo, 15 de janeiro de 2017

Práticas pedagógicas de trabalho com relações étnico-raciais na escola

Este livro apresenta os resultados da pesquisa Práticas Pedagógicas de Trabalho com Relações Étnico-Raciais na Escola na Perspectiva da Lei n.º 10.639/03, desenvolvida no âmbito do Programa de Ensino, Pesquisa e Extensão Ações Afirmativas na UFMG e do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Étnico-Raciais e Ações Afirmativas (NERA/CNPq), no período de fevereiro a dezembro de 2009, em parceria com pesquisadores(as) dos seguintes núcleos e centros de pesquisa: Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação (NEPRE)/UFMT, Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UFRPE, Centro de Estudos Afro-Orientais – UFBA, Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros/UFPR e Núcleo de Estudo e Pesquisa sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais – Núcleo-GERA-UFPA.
Apoiada e financiada pelo Ministério da Educação/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) e pela representação da UNESCO no Brasil, a pesquisa tem por objetivo identificar, mapear e analisar as iniciativas desenvolvidas pelas redes públicas de ensino e as práticas pedagógicas realizadas por escolas pertencentes a essas redes na perspectiva da Lei n.º 10.639/03, que torna obrigatório o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira nas escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio do país.
A Lei n.º 10.639/03, o Parecer do CNE/CP 03/2004, que aprovou as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, e a Resolução CNE/CP 01/2004, que detalha os direitos e as obrigações dos entes federados com a implementação da Lei, compõem um conjunto de dispositivos legais considerados como indutores de uma política educacional voltada para a afirmação da diversidade cultural e da concretização de uma educação das relações étnico-raciais nas escolas, desencadeada a partir dos anos de 2000.
FONTE: O Incrível Zé

Projeto Ludicidade Africana e Afro-brasileira lança e-book “Brincadeiras africanas para a educação cultural”

“Um momento de agradecimento a todos os bolsistas, parceiros e colaboradores”. Foi como a professora Débora Alfaia da Cunha definiu o lançamento do e-book de sua autoria, “Brincadeiras africanas para a educação cultural”. “Afinal, é fruto de um trabalho coletivo”, concluiu.
A elaboração de um e-book era uma das metas a serem alcançadas no desenvolvimento do Projeto LAAB – Ludicidade Africana e Afro-brasileira, que teve seu início em 2011, com a finalidade de promover formação continuada a professores e graduandos para a educação nas relações étnico-raciais, através de oficinas e vivências lúdicas com crianças das comunidades quilombolas, escolas e igrejas.
Com o avanço das pesquisas e sucesso das oficinas e, como mais um dos objetivos do projeto, foram elaborados materiais apostilados, que logo se difundiram pela internet, suscitando o interesse de educadores de outros estados, que sugeriram a coordenadora uma versão mais aprimorada e completa. “O e-book nasceu a partir de uma demanda. Pessoas interessadas começaram a baixar e utilizar o material. Isso pediu uma publicação mais elaborada, exatamente para poder citar, fazer as referências, respeitando a autoria”, explicou a autora 
O lançamento de um material voltado para a valorização da cultura étnico-racial traz aos movimentos negros, associações e comunidade quilombola grandes conquistas. “É uma satisfação, enquanto participante do movimento negro, entender que a universidade está trazendo essas produções, além de vivenciá-las nas escolas e comunidades quilombolas, favorecendo a troca de saberes. Agradecemos e que venham mais produções”, ressaltou Denilson Batista representante da Associação de Convivência Negra no Quilombo (Asconq).


O e-book – É um material com mais de 50 jogos que exaltam a cultura africana, além de possibilitar o trabalho pedagógico de conteúdos curriculares como destaca a bolsista do projeto, Tatiane Barros. “Além de abordar a ludicidade, o e-book oferece um leque de possibilidades para os professores trabalharem conteúdos das várias disciplinas, como Matemática, História e Geografia”. O material traz muitas ilustrações feitas com exclusividade pela artista plástica Odileuza dos Santos Alfaia da Cunha, além da capa criada pela artista visual Suzana Alfaia. O recurso pedagógico será apresentado em duas versões: PDF e para dispositivo móvel. Estará disponível para download no site do projeto LAAB, no endereço: http://www.laabufpa.com/
Texto e fotos: ASCOM – UFPA/Castanhal
OBS: É preciso preencher o formulário disponível na página para que o download seja liberado.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

UnB promove Especialização em Políticas Públicas e Socioeducação - DF

O Centro de Estudos Avançados de Governo e Administração Pública (CEAG/UnB), centro vinculado à Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de Brasília (FACE/UnB), torna pública a abertura do processo seletivo de alunos para o curso de Especialização em Políticas Públicas e Socioeducação, com oferta nacional, na modalidade a distância no âmbito do projeto “BASE DE APOIO À IMPLANTAÇÃO DA ESCOLA NACIONAL DE SOCIOEDUCAÇÃO (ENS) – 2014/2016 em parceria com a Secretaria Nacional da Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente – SNPDCA.

As inscrições poderão ser feitas de 01 de dezembro de 2016 às 23:55hs do dia 08 de janeiro de 2017, observado o horário oficial de Brasília/DF.

INFORMAÇÕES COMPLETAS – Clique aqui para acessar o Edital.

Para se inscrever, os candidatos deverão seguir os seguintes passos:
1. Acessar o endereço eletrônico da Comunidade ENS (http://sinase.ceag.unb.br/ensapp/);
2. Caso ainda não tenha usuário na Comunidade ENS, deverá se cadastrar na página da Comunidade ENS para que possa acessar ao site. Caso já tenha usuário e senha, deverá fazer o login;
3. Após o login, estará disponível link para a inscrição na home do site;
4. Após clicar no link, caso os pré-requisitos abaixo especificados sejam atendidos, será apresentado termo de aceite das condições do curso. Caso contrário, não será possível prosseguir com a inscrição, devendo o candidato atualizar seu cadastro, se for o caso;
5. Após aceitar os termos da inscrição, será apresentado questionário de inscrição, que deverá ter todas as perguntas respondidas;
6. Concluída a inscrição, o candidato receberá um e-mail de confirmação e ficará disponível na home do site link para que o mesmo faça download da ficha de inscrição (anexo I) e da declaração de serviço (anexo II), já parcialmente preenchidos pelo sistema, os quais deverão ser complementados, datados, assinados e enviados pelo correio, junto com cópia dos seguintes documentos:


  • Diploma de curso superior;
  • Histórico escolar de graduação;
  • Curriculum Vitae;
  • Carteira de Identidade;
  • CPF;
  • Titulo de Eleitor com comprovante da ultima votação;
  • Certificado de Reservista para aluno do sexo masculino; e
  • Uma foto 3X4.
Os documentos e formulários deverão ser postados até o dia 08 de janeiro de 2017, preferencialmente em envelope 229×324.
Caso sejam enviados após o dia 31/12/2016, a postagem deverá ocorrer via SEDEX. O envio deve ser feito para o seguinte destinatário:

Inscrição para o curso de Especialização em Políticas Públicas e Socioeducação CEAG – Centro de Estudos Avançados de Governo e Administração Pública/UnB CLN 110 bloco “A” sala 201 – Brasília/DF CEP: 70.753-510

FONTE: O Incrível Zé