SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO – NOVEMBRO

1 – Circula no Rio de Janeiro, o primeiro número de "O Abolicionista", órgão da "Sociedade Contra a Escravidão" (1880)

1 – Fundação em Salvador (BA), do Bloco Afro Ilê Ayê, o mais antigo do Brasil (1974)
1 – Independência de Antígua e Barbuda (1985)

1 – Nasce Luís Lázaro Sacramento Ramos ou Lázaro Ramos, ator, apresentador, cineasta, diretor, roteirista e escritor, em Salvador, Bahia (1978)
2 – O presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan sanciona um projeto que torna a terceira segunda-feira de janeiro, feriado nacional em homenagem ao nascimento do líder negro Martin Luther King Jr. (1983)
3 – Nasce no bairro de Cascadura (RJ), o cientista Sebastião José de Oliveira, curador da Coleção Etimológica da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) (1918)
4 – Nasce no Rio de Janeiro (RJ) o cantor e compositor Monsueto Campos Menezes - Monsueto de Menezes. (1924)
4 – Assembleia Nacional do MNU - Movimento Negro Unificado - realizada em Salvador (BA) declara 20 de Novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares, Dia Nacional da Consciência Negra. (1975)

4 – Nasce em Cuba, o intelectual pan-africanista Carlos Moore (1942).
5 – O Governo sul-africano anuncia a libertação de um dos líderes históricos do Congresso Nacional Africano, Goban Mueke, condenado à prisão perpétua vinte e quatro anos antes. (1987)
6 – Decreto Imperial do Gabinete Zacarias de Góes, autoriza que seja dada gratuitamente liberdade para os escravizados que estiverem em condição de servir ao Exército (1866)
7 – Através de um projeto apresentado ao Senado pelo Marquês de Barbacena, é aprovada a Lei Diogo Feijó, primeira lei proibindo o tráfico de escravos. A Lei "Declara livres todos os escravos vindos de fora do Império, impõe penas aos importadores dos mesmos escravos. (1831)
7 – Carl Stokes de Cleveland e Richard Hatcher de Gary tornam-se os primeiros prefeitos negros das principais cidades dos Estados Unidos. (1967)
8 – São enforcados e esquartejados na cidade de Salvador (BA), os alfaiates João de Deus Nascimento e Manuel Faustino dos Santos Liro e os soldados, Lucas Dantas de Amorim Torres e Luís Gonzaga das Virgens, líderes da Revolta dos Alfaiates ou Conjuração Baiana. (1799)
8 – Nasce em Indianópolis (EUA), Marshall Walter Taylor, Major Taylor, o mais rápido corredor de bicicletas do mundo durante 12 anos. (1878)
8 – Mais de 100 sociólogos, pesquisadores e entidades negras encaminham manifesto ao IBGE exigindo a inclusão do item cor no recenseamento de 1980. (1979)
9 – Nos Estados Unidos, o lutador de boxe Evander Holyfield nocauteia o campeão Mike Tyson e iguala o recorde de Muhammed Ali, ao conquistar por três vezes o título mundial dos pesos pesados (1996)
10 – Início da Revolta da Vacina, no Rio de Janeiro, com os primeiros confrontos entre o povo e a polícia. (1904)
10 – Tem início a primeira reunião da Convenção do Negro Brasileiro com a presença de vários Estados (1945)
10 – Nasce o cantor e compositor Abimael do Nascimento Álvares - Alvarese. (1917)
10 – O governo Médici proíbe em toda a imprensa notícias sobre índios, esquadrão da morte, guerrilha, movimento negro e discriminação racial / 1969
11 – Em menos de duas semanas após sua captura é executado na Virgínia (EUA) o escravizado Nat Turner, líder da Insurreição de Southampton. (1831)
11 – As forças do Governo, sob o comando de Caxias, conseguem destruir o Quilombo de Manuel Congo. (1838)
11 – Independência de Angola (1975)
11 – Independência do Zimbabwe, declarado Rodésia (1965)
12 – Nasce no Rio de Janeiro, o cantor e compositor Paulo César Batista de Faria - Paulinho da Viola, considerado um dos mais talentos compositores brasileiros. Autor de "Sinal Fechado", "Argumento", "Foi um Rio que Passou em Minha Vida", "Eu Canto um Samba", (1942)
12 – Nasce no bairro do Méier (RJ), o cantor e compositor João Baptista Nogueira Jr. - João Nogueira, autor, entre muitos sucessos de "Nó na Madeira" (João Nogueira e Eugênio Monteiro), "O Homem de um braço só", Sonho de Bamba", "Poder da Criação" ( João Nogueira e Paulo César Pinheiro). (1941)
13 – Madame Lilian Evanti, cantora de ópera, funda a Companhia Nacional de Ópera Negra nos Estados Unidos (1941)
13 – Nasce em Nova Iorque (EUA), a atriz Caryn Johnson - Whoopi Goldberg (1949)
13 – A Corte Suprema dos Estados Unidos decide que a segregação nos ônibus é inconstitucional (1956)

14 – Nasce em Salvador, Riachão, um dos maiores sambistas do país (1921)
15 – Nasce em Porto Alegre o compositor Antônio de Assis Republicano. (1897)
15 – Fundação no bairro de Neves, Niterói (RJ), por Zélio de Moraes, do primeiro Terreiro de Umbanda do Brasil (1908)
16 – A Constituição paraguaia ratifica a suspensão da escravidão (1870)
16 – Nasce nos Estados Unidos, W. C. Handy - "O Pai do Blues" (1873)

17 – Nasce em Pouso Alegre (MG) Mário Lúcio Duarte Costa, o goleiro Aranha (1980)
18 – Publicação no Diário Oficial do despacho de Rui Barbosa de 14/11/1890, ordenando a queima de livros e documentos referentes a escravidão no Brasil (1890)

18 – Nasce em Pelotas/RS, Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento, o repórter Tim Lopes, brutalmente assassinado por traficantes em 2002, na favela Vila Cruzeiro/RJ (1950)
19 – Nasce o ator Charles S. Gilpin. (1878)
19 – Nasce o jogador de futebol Domingos da Guia. (1912)
19 – O jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento, Pelé marca o milésimo gol de sua carreira, na partida Vasco da Gama X Santos, realizada no Maracanã (1969)
19 – Nascimento de Paulo Lauro - primeiro prefeito negro de São Paulo, SP (1907)
19 – Lançamento do primeiro volume de Cadernos Negros (1978)
20 – Morre Zumbi dos Palmares. (1695)
20 – Dia Nacional da Consciência Negra
20 – Fundação do Memorial Zumbi, na Serra da Barriga, (AL). (1986)
20 – Realiza-se em Brasília (DF), o primeiro Encontro Nacional das Comunidades Remanescentes de Quilombos. (1995)
20 – O Presidente da República Fernando Henrique Cardoso sanciona a Lei nº 9.315, de autoria da Senadora Benedita da Silva, incluindo Zumbi dos Palmares na galeria dos heróis nacionais. (1996)
20 – O grupo gaúcho Palmares declara o 20 como Dia do Negro / 1975
21 – Nasce em São Luís, Maranhão, a cantora Alcione Nazareth - Alcione (1947)
22 – Ocorre no Rio de Janeiro a Revolta da Chibata tendo como metas a abolição dos castigos corporais, melhoria do soldo e da alimentação para os marinheiros que eram tratados como escravos (1910)
22 – Elijah Muhammed funda em Detroit (EUA) a Nação do Islã (1930)
22 – Dia do Almirante Negro (Marinheiro João Cândido, líder da Revolta da Chibata, 1910), instituído por Lei Municipal (RJ) nº 1.234 de 12/05/88, de autoria do Vereador Jorge Ligeiro
23 – Os marinheiros participantes da Revolta da Chibata entregam um Ultimatum ao governo e às 17h 30min, o Congresso decreta a anistia aos revoltosos (1910)
23 – Nasce na cidade de Salvador (BA), o cantor e compositor Carlinhos Brown (1964)
23 – Nasce na cidade de Salvador (BA), Manoel dos Reis Machados, o capoeirista Mestre Bimba, criador da Capoeira Regional (1900)
23 – O senador americano Jesse Jackson recebe o diploma de Cidadão Benemérito do Rio de Janeiro e a Medalha Tiradentes, durante visita ao Rio de Janeiro. (1996)
24 – Nasce nos Estados Unidos Scott Jopplin, considerado o "Rei dos Compositores de Ragtime". (1868)
24 – Nasce em Desterro, hoje Florianópolis, Santa Catarina, João da Cruz e Sousa, o maior poeta simbolista brasileiro (1861)
24 – Criação, em São Paulo, da Feira Preta (2002)

25 – Dia da Baiana do Acarajé.
25 – Nasce no bairro de Laranjeiras (RJ), o maestro, músico, intérprete, trombonista, Raul Machado de Barros - Raul de Barros, compositor do samba antológico "Na Glória". (1915)
25 – Independência do Suriname. (1975)
25 – A Comunidade de Remanescentes de Quilombos de Boa Vista, município de Oriximirá, (PA), recebe a escritura coletiva da propriedade. É a primeira comunidade no Brasil a receber a titulação. (1995)
26 – Os marinheiros que se revoltaram contra a chibata, utilizada pela Marinha entregam os navios em perfeito estado aos oficiais, terminando a rebelião. (1910)
27 – É registrado no segundo livro de registro de direitos autorais da Biblioteca Nacional, folha 217, com o nº 2 295, a música Pelo Telefone, primeiro samba gravado no Brasil. (1916)
27 – Nasce às 10h e 15m, em Seattle, Washington (EUA), o músico James Marshall Hendrix, Jimi Hendrix, um dos maiores guitarristas do mundo. (1942)
28 – Independência da Mauritânia (1960)
29 – Publicação, nos Estados Unidos do jornal negro "The Chicago Defender" (1905)
29 – Nasce em Belo Horizonte (MG), a escritora Maria da Conceição Evaristo de Brito - Conceição Evaristo (1946)
30 – Criação do Partido da Revolução Popular do Benin - PRPB, pelo Presidente Mathieu Kerekou. (1975)
30 – Nasce em Ilhéus (BA), o zagueiro da Seleção Brasileira de Futebol, Aldair Nascimento dos Santos. (1965)
30 – Independência de Barbados (1966)

.

Pesquisa personalizada

domingo, 14 de dezembro de 2008

II Bahia Afro Festival Film - BA

O II Bahia Afro Festival Film acontece em Salvador a partir
desta segunda-feira, dia 15 de dezembro, com um seminário
que discutirá o uso do audiovisual no ensino da história da
África e da cultura afro-brasileira.
O Festival prossegue até o dia 21 de dezembro, exibindo
filmes gratuitos na Senzala do Barro Preto, sede do Ilê
Aiyê, no Curuzu.
A cerimônia de abertura será dia 16 de dezembro, às 20h,
com o filme "Até Oxalá vai a guerra", sobre a demolição
de um terreiro de
Candomblé pela Prefeitura de Salvador.
E o encerramento contará com um grande show de música
negra, com Aloísio Menezes, Márcia Short, Wil Carvalho,
Gerônimo e o DJ Sankofa.

PROGRAMAÇÃO
Baff – Senzala do Barro Preto – ILÊ AIYÊ

Dia 16 de dezembro (terça-feira)

20h
SOLENIDADE DE ABERTURA
Exibição:
“Jornal do Festival” 08 '
“Até Oxalá vai a Guerra”
de Carlos Pronzato e Stefano Barbi. prod.:Mestiça Filmes.
Doc cor. 40' Brasil 2008
sinopse: Em fevereiro de 2008, a prefeitura de Salvador,
demoliu o terreiro de candomblé OYÁ ONIPÓ NETO, configurado um ato
de intolerância religiosa, e violência frente as influências
culturais e africanas na Bahia.
Debate com a presença dos realizadores e convidados especiais.

Dia 17 de dezembro (quarta-feira)

Das 10 às 12h
“Jornal do festival”
“Coletânea de desenhos animados com personagens afro–descendentes”
“Orixás da Bahia”
de Lázaro Faria – Prod. Casa de Cinema da Bahia
Doc. Cor 40' Brasil 2000.
sinopse: Filme educativo cultural sobre 10 (dez) orixás de
origem yorubá. Este filme teve a supervisão de Mãe Stella de
Oxóssi, uma das mais importantes yalorixás do Candomblé.

Das 14 às 16h
Filme: “Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart House Film Boards
ensaio P/B 03' EUA 2008
sinopse: pontuado ritmicamente aos sons de flauta e piano, a
câmera passeia livremente por um grupo de Ballet Creole,
revivendo gestos e expressões de liberdade.

Filme: “Jornal do Festival”

Filme “Nappy Heads” - de Sabrina Moella - prod. Hart House Film
Boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: “Sete Dias em Burkina”, de Carlinhos Antunes e Márcio
Wernek – prod. Linha do tempo e Mundano prod.
Doc. Cor 52' Brasil 2006
sinopse: Documentário que retrata a história e a cultura de
Burkina Faso, país da África Ocidental, apontado pelo IDH
- Índice de Desenvolvimento Humano – como o penúltimo país
mais pobre do mundo. O país abriga um dos festivais de
música mais importante do continente, o NAK – Festival Noites
Atípicas de Koudougou.

Das 17 às 19h.
Filme: “Jornal do Festival”
Filme: “Mandinga em Manhatan” de Lazaro Faria – prod. Casa
de Cinema da Bahia
Doc. Cor 50' Brasil 2005
sinopse: o filme retrata a diáspora da capoeira a partir
da Bahia e sua chegada aos cinco continentes, através dos
mestres de capoeira.

Filme: “Samba riachão” de Jorge Alfredo – prod. Truq cine
vídeo
Doc. Cor 80' Brasil 2001
sinopse: Samba Riachão percorre os caminhos sinuosos de
um artista popular negro,pobre e famoso que vestido de
malandro e possuído pelo samba, se tornou uma lenda viva
ao povo brasileiro.

Das 20 às 22h.
Filme: “Jornal do Festival”
“Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart house film boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: ”NZINGA” de Octávio Bezerra – prod. Rode de la
Creta
ficção cor 120' Brasil
sinopse: o filme é sobre a teia da percussão, desde
o toque ancestral do candomblé até a música
contemporânea afro-brasileira e retrata um Brasil
mestiço que ginga protegido pela rainha NZinga.

Dia 18 de dezembro (quinta-feira)

A partir das 10h
Filme: “Jornal do festival”
“Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart house film boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: “O pescador de estrelas” de Marcela Rincon
– prod. Animação cor 12' Colômbia
sinopse: um tributo a imaginação infantil e a
tradição oral do pacífico colombiano tendo como
cenário as praias de Pianguita para contar uma
história de amor salpicada de fantasias.

Filme: “Coletânea de desenho animado” animação cor 71'
Das 14 às 16h.
Filme: “Jornal do festival”
Filme: “Orixá da Bahia “ - prod. Casa de Cinema da Bahia
Doc. Cor 40' Brasil 2000

Filme: “Em nome de Cristo” - de Roger M'Bala
prod. Abyssa filmes/amka filmes
ficção cor 82' Africa 1993
sinopse: numa pequena aldeia da costa africana,
vive um pobre criador de porcos desprezado por
todos. Um dia, teve a visão de um deus criança
que o escolhe para salvar seu povo. Ele se torna
então Magloire. primeiro primo de Cristo, funda
uma seita, e a aldeia fica dividida entre
seguidores e acusadores estabelecendo o conflito.

Das 17 às 19h
Filme: “Jornal do festival”
Filme: “A Vênus da Lapa”, de Flávio Leandro
prod. Jabi Onsky prod.
Ficção cor 12' Brasil 2007
sinopse: baseado em um conto de Lígia fagundes
Telles, narra a vida de um mecânico que se apaixona
por um travesti num cabaré do RJ.

Filme: “DRUM” de Zola Mazeko
prod. Black roots pictures
ficção cor 104' Africa do Sul 2004.
sinopse: Drum é um filme sobre a vida de um
jornalista famoso em Sofhia Town, bairro símbolo
da resistência cultural em Johannesburg - África
do Sul. O jornalista denuncia as condições que os
negros vivem na época da segregação.

Das 20 às 22h.
Filme: “Jornal do festival”
Filme: “Manuel Zapata, abridor de caminhos”, de
Maria Lopez.
Prod. Azul e Naranja prod.
Doc. Cor 28' Colômbia 2007
sinopse: a vida de Manuel Zapata, um dos afro -
colombianos mais destacados do século XX, escritor, antropólogo e cientista social. Zapata, mais que isso, um vagabundo aventureiro apaixonado por viagens e pela natureza, sempre buscando caminhos para seu povo.

Filme: “Negro Pacífico” de Andrea Arboleda e J. Muñoz
prod. Manu generacion áudio virtual
Doc. Cor 52' Colômbia 2004
sinopse: o documentário põe em cena a vida de “El
suave”, que regressa a sua terra para reencontrar
sua mãe e sua história.

Filme: “Até Oxalá vai a guerra” de Carlos Pronzato
e Stefano Barbi.
Prod.: Mestiça Áudio. Virtual
Doc. Cor 40' Brasil 2008

Dia 19 de dezembro (Sexta-feira)

Das 10 às 12h.
Filme: “Jornal do Festival”
Filme: “Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart house film boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: “Coletânea de desenhos animados dos com
personagens afro–descendentes”
de Lázaro Faria – Prod. Casa de Cinema da Bahia
animação cor 71'

Das 14 às 16 h.
Filme: “Jornal do Festival”

Filme: “Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart house filme boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: “Sete dias em Burkina”
de Carlinhos Antunes e Márcio Werneck
prod. Linha do tempo / mudano produções
Doc. Cor 52' Brasil

Filme: “Família Alcântara”
de Lilian e Daniel santiago
prod. Terra firme digital
Doc. Cor 56' Brasil 2004
Sinopse: a Família Alcântara é composta por 65
pessoas e suas origens remetem-se à bacia do
Rio Congo, no continente africano. Atualmente
vivem na cidade de João Monlevade, na região
mais conhecida como Vale do Aço. Através de um
intenso trabalho cultural seguem sua história,
mantida por séculos de tradição oral.

Das 17 às 19h

Filme: “Jornal do Festival”

Filme: “Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart house filme boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: “DRUM” de Zola Mazeko
prod. Black roots pictures
ficção cor 104' Africa do Sul 2004.

A partir das 20h

Filme: “Jornal do Festival”

Filme: “Nappy Heads”
de Sabrina Moella – prod. Hart house film boards
ensaio P/B 03' EUA 2008

Filme: “Cidade das mulheres” de Lázaro Faria
prod. Casa de cinema da Bahia
Doc. Cor 72' Brasil 2004.

Filme: “Balé de pé no chão”
de Lilian Santiago e marina Monteiro
prod. Terra firme digital
Doc. Cor 52' Brasil 2005.
Sinopse: a origem a ascensão de Mercedes batista, a
1º bailarina clássica negra brasileira, que após
enfrentar as discriminações e preconceitos, se torna
a famosa e respeitada bailarina no Brasil e no
exterior, um exemplo de talento e determinação.

Dia 20 de dezembro (Sábado)

A partir das 20h.

· CERIMÔNIA DE ENCERRAMENTO

Filme: “Jornal do Festival”

Homenageados:
· Luiz Orlando (in memorian) - Cineclubista
· Ruth de Souza - Atriz
· Antônio Carlos dos Santos - Vovô do Ilê Aiyê
· João Silva - Publicitário

l Premiação de melhor Filme com entrega do troféu
“Casa de Cinema da Bahia”

l Menções honrosas com troféus.

Filme: “exibição do filme premiado”

Show Musical de encerramento com os artistas:

· Will Carvalho
· Aloísio Menezes
· Gerônimo
· Márcia Short