SEGUIDORES DO BLOG

.

.



CALENDÁRIO NEGRO - FEVEREIRO

1 - Nascimento, em Minas Gerais, da antropóloga e filósofa Lélia Gonzalez, intelectual e militante / 1935
1 - Nasce em Joplin, Estado do Missouri (EUA), o escritor e poeta Langst Hughes. (1902)
2 - Dia consagrado a Orixá Yemanjá.
2 - Nasce em Tiradentes (MG) o compositor, organista, relojoeiro, pintor, escultor, calígrafo e perito em iluminuras, Manuel Dias de Oliveira. (1738)
2 - Assinada a Lei do Ventre Livre no Uruguai. (1813).
2 - Nasce em Vitória (ES), a atriz e escritora Elisa Lucinda. (1958)
2 - O plenário da Constituinte aprova a emenda de autoria do Deputado Federal Carlos Alberto de Oliveira - Caó, do PDT (RJ) - estabelecendo que racismo passa a ser crime inafiançável e imprescritível. (1988)
3 - Alvará manda marcar com um F a espádua dos escravos fugitivos em Minas Gerais. (1741)
3 - O governo de Frederick de Klerk anuncia a libertação iminente de Nelson Mandela, após 26 anos de prisão, e apresenta um pacote de medidas: legalização do Congresso Nacional Africano, o fim da pena de morte, a soltura de presos políticos não envolvidos em mortes ou atos de terrorismo. O líder negro exige mais concessões para ser libertado.
4 - Início da luta armada pela independência de Angola. (1961)
5 - Nasce no município de Campos, Estado do Rio de Janeiro, a partideira Dona Ana Bororó (1924)
6 - É destruído o Quilombo dos Palmares. (1694)
6 - Nasce no bairro da Piedade, Rio de Janeiro, Euzébia Silva de Oliveira, D. Zica da Mangueira. (1913)
6 - Nasce em Igarapava (SP) o cantor Jair Rodrigues de Oliveira - Jair Rodrigues. (1939)
6 - Nasce em Nine Mile, Sant'ana, norte da Jamaica, Robert Nesta Marley - Bob Marley, a maior estrela do reggae jamaicano. (1945)
7 - Nasce no bairro de Carambita, em Valença, a "capital do vale da escravidão", (RJ), Clementina de Jesus da Silva, a "Mãe Quelé". (1901)
7 - Independência de Granada. (1974)
9 - Nasce em Georgia, sul dos Estados Unidos, Alice Walker, incluída entre as/os melhores escritores/as americanos/as contemporâneos/as. (1944)
10 - Nasce em Salvador (BA), Maria Escolástica da Conceição Nazaré, a Mãe Menininha do Gantois. (1894)
10 - Nasce nos Estados Unidos a cantora e instrumentista Roberta Flack. (1940)
10 - A sambista Isabel Valença sagra-se vencedora na categoria luxo feminino no concurso do Teatro Municipal (RJ), desfilando com a fantasia "Rainha Rita de Vila Rica". (1964)
10 - O governo do General Médici proíbe a publicação de notícias sobre índios, esquadrão da morte, guerrilha, movimento negro e discriminação racial. (1969)
10 - Inaugurado no Terreiro do Gantois, bairro da Federação, Salvador (BA), o Memorial Mãe Menininha. (1992)
11 - Nelson Mandela é libertado pelo governo racista da África do Sul, depois de 27 anos preso. (1990)
12 - Nascimento de Arlindo Veiga dos Santos, acadêmico e primeiro Presidente da Frente Negra Brasileira (1902)
12 - Nasce em Duas Barras (RJ) o compositor e cantor Martinho José Ferreira, o Martinho da Vila, um dos grandes criadores do samba carioca e um dos maiores impulsionadores das relações culturais entre o Brasil e o continente africano. (1938)
12 - Nasce em Garanhuns (PE) o cantor, compositor e instrumentista José Domingos de Morais - Dominguinhos. (1941)

12 - Admitido o primeiro universitário negro na Universidade de Alabama - EUA (1956)
13 - Tem início com Amilcar Cabral em Cassaca, o I Congresso do PAIGC, nas zonas libertadas do sul, que operou uma mudança decisiva no avanço da luta armada. (1964)
14 - Nasce nos Estados Unidos, Frederick Douglas, escritor, defensor da causa abolicionista. (1817)
16 - Nasce na Filadélfia (EUA), a cantora de ópera Marian Anderson. (1897)
17 - Nasce no Brooklyn, Nova York (EUA), o jogador de basquete Michael Jefrrey Jordan, Michael Jordan. (1963)
18 - Fundação em Salvador (BA), do Afoxé Filhos de Gandhi. (1949)
18 - Independência de Gâmbia. (1965)
19 - O americano W. E. B. Dubois, um dos pioneiros da luta pela independência e unidade africana, organiza o I Congresso Pan-Africano, em Paris. (1919)
19 - Carter G. Woodson cria, nos EUA, a "Negro History Week", atualmente o "Black History Month" (Mês da História Negra) / 1926
20 - Publicada Carta Régia declarando que "sendo presente o demasiado luxo das escravas no Brasil, e devendo evitar-se esse excesso e o mau exemplo que dele podia seguir-se", El-rei era servido resolver que as escravas de todo o Brasil em nenhuma capitania pudesse usar vestidos de seda, de cambraia, ou halandas, com rendas ou sem elas, nem também de guarnição de ouro ou prata nos vestidos. (1696).
20 - Nasce em Miami (EUA), o ator, diretor e Embaixador das Bahamas no Japão, Sidnei Poitier (1924 ou 1927)
22 - É organizada em Nova Iorque (EUA), a Associação Nacional de Ajuda aos Libertos. (1862)
22 - É destruído um quilombo na localidade entre os arroios Sampaio e Taquari Mirim, Rio Pardo (RS) (1853)
23 - Nasce em Great Barrington, Massachusetts (EUA), Willian Edward Burghard Dubois, considerado pai dos movimentos pelos direitos civis nos Estados Unidos e precursor do pan-africanismo. (1868)
23 - O artista plástico Arthur Bispo do Rosário é levado pelas mãos do pai para o Escola de Aprendizes, no Quartel Central do Corpo de Marinheiros Nacionais Villegaignon no Rio de Janeiro, recebendo o número 15148.
23 - Nasce o ator e artista plástico Antonio Pompêo. (1953)
24 - Nasce na Cidade de Aurora (CE), o artista plástico Geraldo Simplício - Nêgo. (1943)
25 - Nasce em Glória do Goitá (PE), João Francisco dos Santos, Madame Satã, o primeiro travesti artista do Brasil e famoso malandro do Rio de Janeiro, (1900)
25 - O pugilista Cassius Clay ganha o título de Campeão Mundial de Boxe na categoria peso pesado, ao derrotar na cidade de Miami, Flórida (EUA), Sonny Liston. (1964)

26 - As potências europeias repartem o continente africano /1885
26 - Nasce no Rio de Janeiro o cantor Wilson Simonal de Castro - Wilson Simonal. (1939)
27 - Independência da República Dominicana. (1844)
28 - Criação do Quilombhoje Literatura / 1980

.

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

POLIS/UFAM promove "V Ciclo de Palestras sobre Cultura Afrobrasileira" - AM

O V Ciclo de Palestras sobre Cultura Afrobrasileira faz parte das atividades do Núcleo de Pesquisa em Política, Instituições e Práticas Sociais (POLIS) vinculado ao Departamento de História (UFAM). Ao longo destes anos, com o apoio sistemático da PROEXTI. o Ciclo se institucionalizou como evento permanente do POLIS e sua mais relevante contribuição para as atividades do Mês da Consciência Negra em Manaus.
A temática desta edição reitera a importância de reposicionar a Amazônia no mapa da diáspora como um destino relevante para as populações africanas e, até aqui, muito pouco explorado. A proposta é ampliar o debate historiográfico sem perder de vista os impactos destas discussões no cotidiano escolar, seja na formação continuada de professores seja na atuação em sala de aula para cumprimento da Lei n.º 10.639. Também continuamos empenhados em entusiasmar novos pesquisadores comprometidos com a produção do conhecimento sobre as trajetórias históricas das populações africanas e afro-descendentes no Brasil e na Amazônia.
Com sua realização, o V Ciclo de Palestras pretende contribuir para o fim do preconceito, da discriminação e da invisibilidade das populações africanas e afro-descendentes na Amazônia. Por fim, é preciso registrar que esta quinta edição possui um importante diferencial: o lançamento do livro O fim do silêncio: presença negra na Amazônia, publicação coletiva de pesquisadores vinculados ao POLIS, parceiros de trabalho da UFAM e de outras instituições de pesquisa e de ensino superior.  È o resultado concreto de nosso empenho e de nossos esforços de investigação.
  
PROGRAMAÇÃO

Dia 27 de novembro de 2011 – 18:30 h
Abertura: Noite de Autógrafos e lançamento do Livro O fim do silêncio: presença negra na Amazônia
Visita à Mostra Negros, corpos e almas
Local: Museu Amazônico – Rua Ramos Ferreira, 1036 - Centro

28 de novembro de 2011 – 16 h
Conferência Sons de tambores: o ensino de História da África e dos africanos na formação de professores e pesquisadores no Brasil
Profª Drª Mônica Lima e Souza ( UFRJ)
Local: Auditório Rio Negro – ICHL – UFAM

29 de novembro de 2011 – 16 h
Conferência O tráfico de escravos entre África e o Pará-Maranhão (1755-1846): novos dados,novo olhar.
Prof.º Dr.º Didier Lahon ( UFPA)
Local: Auditório Rio Negro – ICHL – UFAM

30 de novembro de 2011 – 18 às 20 h
Encerramento: Tacacá na Bossa
Sessão Especial de lançamento do livro O fim do silêncio: presença negra na Amazônia com a presença dos autores e convidados.
Participações Especiais:
Grupo Matumbé Capoeira
Tambor de Crioula Punga Baré
Maracatu Eco da Sampopema
Cabanos
Bateria da Vitória Régia

Local: Largo de São Sebastião, Centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário