SEGUIDORES DO BLOG

.

.

Calendário Negro - Abril

1 - Criação do Partido dos Panteras Negras, EUA / 1967
1 - Nasce no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro, o cantor e compositor Antônio Moreira da Silva - Kid Morengueira, famoso pelo jeito muito próprio de cantar o samba de breque. Fez sucesso com sambas antológicos como: "Acertei no Milhar", "O Rei do Gatilho" e "Na Subida do Morro". (1902)
1 - Tem início em Dacar, Senegal, o I Festival Mundial de Arte Negra. (1966)
2 - Nasce em Santa Maria da Vitória (BA), o famoso escultor de carrancas do Rio São Francisco, Francisco Biquiba dy Lafuente Guarany. (1882)
2 - Nasce em Washington (EUA), o cantor, compositor, baterista, pianista, arranjador e produtor Marvin Gaye. Faz parte de seu repertório, sucessos como: "What's Going On", "Let's Get It On", "Sexual Healing". (1939)
2 - Criação no bairro de Madureira (RJ), do Grupo Afro-Cultural Agbara Dudu, que em iorubá significa "força negra", o mais antigo bloco-afro do Rio de Janeiro. (1982)
4 - Tem início em São Paulo, o I Encontro de Padres e Bispos Negros. (1989)
4 - Nasce nos Estados Unidos, o ator e produtor Eddie Murphy. (1961)
4 - Nasce em Rolling Forks, Mississipi (EUA), o músico e cantor de blues Mckinley Morganfield - Muddy Waters, um dos maiores mestres do blues urbano. (1915)
4 - Independência do Senegal. (1960)
5 - Nasce nos Estados Unidos, o educador Booker T. Washington. (1856)
5 - Nasce em Salvador (BA), Vicente Ferreira Pastinha - Mestre Pastinha, considerado o maior guardião da capoeira angola. (1889)
5 - Nasce o compositor Joaquim Maria dos Santos, Donga, autor de Pelo Telefone, primeiro samba gravado
7 - Nasce em Baltimore (EUA), a cantora imortal, Billie Holiday, consagrada através de canções como: "Strange Fruit", "God Bless the Child", "Solitude", "My Man", "Don't Explain", entre outros. (1915)
7 - Dia da Mulher Moçambicana - Em homenagem a Josina Mutamba Machel, comandante do destacamento de mulheres da FRELIMO e chefe de Assuntos Sociais do Departamento de Assuntos Exteriores de Moçambique.
8 - A atriz Ruth de Souza recebe em Brasília a Comenda do Grau Oficial da Ordem do Rio Branco da República Federativa do Brasil, por sua contribuição ao cenário artístico brasileiro. (1988)

9 - Nasce em Princeton (EUA), o ator e cantor Paul Bustill Robeson, Paul Robeson. (1898)
9 - Nasce no Rio de Janeiro, o ator Haroldo de Oliveira. (1942)
10 - Nasce na cidade de Pirapetinga (MG) o cantor Mário Souza Marques Filho - Noite Ilustrada. (1928)
10 - Nasce no Rio de Janeiro, tendo como idealizador o Maestro Abgail Moura, a Orquestra Afro-Brasileira. (1942)
11 - Em correspondência a Nina Rodrigues, o Dr. Remédios Monteiro externava sua opinião de que "...a raça negra tende a desaparecer em Santa Catarina por efeito do clima: as crianças anemiam-se, escrofulizam-se e tuberculizam-se enquanto as que não são de tal origem criam-se bem". (1899)
11 - Nasce em Pernambuquinho (RN), a escritora, militante do Movimento Negro em Pernambuco, Inaldete Pinheiro de Andrade, autora de "Cinco cantigas pra você contar", "Pai Adão era nagô", "Palavras de mulher". (1946)
12 - Nasce nos Estados Unidos o bailarino William Henry Lane - Juba, responsável em lançar as bases do sapateado, gênero de dança que consagrou artistas como Fred Astaire e Gene Kelly. (1804)
13 - Nasce no Rio de Janeiro, a poeta, cantora e compositora Yvonne Lara da Costa, D. Ivone Lara, primeira compositora de escola de samba a ganhar projeção com suas canções. (1921)
15 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor e maestro Antônio Francisco Braga. (1868)
16 - Decretada a abolição dos escravos no Distrito de Colúmbia (EUA). (1862)
16 - Fundação no município de Nilópolis (RJ) do G.R.E.S. Unidos de Nilópolis. Cores: verde e branco. (1952)
16 - Nasce em Manhumirim (MG), o escritor e roteirista Júlio Emílio Braz, autor de "Saguairu", "Zumbi - O Despertar da Liberdade" e "Felicidade não tem cor". (1959)
18 - Independência do Zimbabue. (1980)
18 - Inicia-se em Belo Horizonte, o II Encontro Nacional do MNU.
18 - Independência de Serra Leoa. (1971)
19 - Criação no Rio de Janeiro, do Grupo Negrícia - Poesia e Arte de Crioulo. (1982)
20 - Fundação no bairro de Miguel Couto, Nova Iguaçu (RJ), pela ialorixá Mãe Beata de Iemanjá, a Comunidade Terreiro Ilé Omi Oju Arô (casa da água os olhos de Oxossi). (1985)
20 - Nasce em Nogales, Arizona (EUA), o compositor Charles Mingus. (1922)
21 - Inauguração do Estádio São Januário. (1927)
22 - Nasce o cantor e compositor Aldacyr Evangelista de Mendonça - Aldacyr Louro. (1926)
22 - Nasce no bairro de Parada de Lucas (RJ), da fusão das escolas Aprendizes de Lucas e Unidos da Capela, o G.R.E.S. Unidos de Lucas. Cores: vermelho e ouro. (1966)
23 - Dia consagrado ao orixá Ogum no Rio de Janeiro.
23 - Nasce em Salvador ( BA), a negra Hilária Batista de Almeida, Tia Ciata ou Asseata, uma das tias baianas do samba carioca. (1854)
23 - Nasce, em Alagoas, o escritor Jorge de Lima, um dos expoentes da poesia de temática afro-brasileira. (1895)
23 - Nasce no bairro da Piedade (RJ), o compositor e músico Alfredo da Rocha Viana Júnior - Pixinguinha. Ganhou a imortalidade compondo músicas como: "Ingênuo", "Lamento", "Rosa" e "Carinhoso". (1897)
23 - Nasce em Juiz de Fora (MG), o cantor e compositor Geraldo Theodoro Pereira - Geraldo Pereira, autor de: "Acertei no Milhar", "Falsa Baiana", "Sem Compromisso". (1918)
23 - A cantora Elisete Cardoso, aos 5 anos de idade estréia como cantora na Sociedade Familiar Dançante e Carnavalesca Kananga do Japão. (1926)
23 - Nelson Mandela, aos 47 anos, é condenado. Sua brilhante defesa não o livrou da prisão perpétua. Foi levado para a Ilha de Robben, prisão de segurança máxima para presos políticos. (1964)
24 - É sancionada no Estado do Rio de Janeiro, a Lei n. 1 814 estabelecendo sanções de natureza administrativa aplicáveis a qualquer tipo de discriminação em razão de etnia, raça, cor, crença religiosa ou portadores de deficiência. (1991)
24 - Fundação em Belém (PA) do Club Amazônia, com o objetivo específico de organizar e promover a abolição da escravatura no vale do Amazonas. (1884)
25 - Nasce em Newport New, Virgínia (EUA), a cantora de jazz Ella Fitzgerald, uma das musas da canção americana. (1918)
25 - Nasce em Indianola, Mississipi (EUA), o cantor e guitarrista Albert Nelson - Albert King, um dos grandes expoentes do blues. (1923)
25 - Nasce em São Paulo (SP) o cantor Agostinho dos Santos. (1932)
25 - Criado no Pelourinho, Salvador (BA), o Bloco-Afro Cultural Olodum. (1979)
26 - Festa Nacional da Tanzânia. (1964)
26 - Iniciam-se as primeiras eleições multirraciais na África do Sul / 1994
26 - Nasce Benedita da Silva, primeira mulher negra a ocupar o cargo de governadora / 1942
27 - Independência do Togo. (1960)
27 - Nasce no Hospital dos Servidores do Estado, Rio de Janeiro, a atriz e artista plástica Iléa Ferraz. (1960)
27 - Fundação no Rio de Janeiro, do G.R.E.S. Arrastão de Cascadura. Cores: verde e branco. (1973)
27 - Dia Nacional da Empregada Doméstica.
27 - Realiza-se na África do Sul, a primeira eleição nacional livre sem a utilização de critérios raciais. (1994)
Com o apoio maciço da população negra sul-africana, que pela primeira vez na história do país comparece às urnas para escolher seus representantes, o CNA - Congresso Nacional Africano conquista 62,6% dos votos e o líder Nelson Mandela é eleito presidente da África do Sul.
28 - No bairro de Guaianazes, São Paulo, o trabalhador Robson Silveira da Luz, é morto vítima das torturas policiais. Este fato, aliado a outros, levou a criação do Movimento Negro Unificado. (1978).
28 - A Ialorixá Mãe Stella de Oxóssi recebe da Câmara Municipal de Salvador (BA) a Medalha Maria Quitéria, a mais alta comenda concedida à mulheres de destaque na Bahia. (1995)
29 - Nasce em Washington, D.C. (EUA), o músico Edward Kennedy Ellington - Duke Ellington. (1899)
30 - Dia Nacional da Mulher
30 - Nasce em Salvador (BA), o compositor Dorival Caymmi, autor de "O que é que a baiana tem ", "O Mar", "Dora", "Acalanto", "Oração de Mãe Menininha". (1914)

Pesquisa

Pesquisa personalizada



quarta-feira, 26 de outubro de 2011

POLIS/UFAM promove "V Ciclo de Palestras sobre Cultura Afrobrasileira" - AM

O V Ciclo de Palestras sobre Cultura Afrobrasileira faz parte das atividades do Núcleo de Pesquisa em Política, Instituições e Práticas Sociais (POLIS) vinculado ao Departamento de História (UFAM). Ao longo destes anos, com o apoio sistemático da PROEXTI. o Ciclo se institucionalizou como evento permanente do POLIS e sua mais relevante contribuição para as atividades do Mês da Consciência Negra em Manaus.
A temática desta edição reitera a importância de reposicionar a Amazônia no mapa da diáspora como um destino relevante para as populações africanas e, até aqui, muito pouco explorado. A proposta é ampliar o debate historiográfico sem perder de vista os impactos destas discussões no cotidiano escolar, seja na formação continuada de professores seja na atuação em sala de aula para cumprimento da Lei n.º 10.639. Também continuamos empenhados em entusiasmar novos pesquisadores comprometidos com a produção do conhecimento sobre as trajetórias históricas das populações africanas e afro-descendentes no Brasil e na Amazônia.
Com sua realização, o V Ciclo de Palestras pretende contribuir para o fim do preconceito, da discriminação e da invisibilidade das populações africanas e afro-descendentes na Amazônia. Por fim, é preciso registrar que esta quinta edição possui um importante diferencial: o lançamento do livro O fim do silêncio: presença negra na Amazônia, publicação coletiva de pesquisadores vinculados ao POLIS, parceiros de trabalho da UFAM e de outras instituições de pesquisa e de ensino superior.  È o resultado concreto de nosso empenho e de nossos esforços de investigação.
  
PROGRAMAÇÃO

Dia 27 de novembro de 2011 – 18:30 h
Abertura: Noite de Autógrafos e lançamento do Livro O fim do silêncio: presença negra na Amazônia
Visita à Mostra Negros, corpos e almas
Local: Museu Amazônico – Rua Ramos Ferreira, 1036 - Centro

28 de novembro de 2011 – 16 h
Conferência Sons de tambores: o ensino de História da África e dos africanos na formação de professores e pesquisadores no Brasil
Profª Drª Mônica Lima e Souza ( UFRJ)
Local: Auditório Rio Negro – ICHL – UFAM

29 de novembro de 2011 – 16 h
Conferência O tráfico de escravos entre África e o Pará-Maranhão (1755-1846): novos dados,novo olhar.
Prof.º Dr.º Didier Lahon ( UFPA)
Local: Auditório Rio Negro – ICHL – UFAM

30 de novembro de 2011 – 18 às 20 h
Encerramento: Tacacá na Bossa
Sessão Especial de lançamento do livro O fim do silêncio: presença negra na Amazônia com a presença dos autores e convidados.
Participações Especiais:
Grupo Matumbé Capoeira
Tambor de Crioula Punga Baré
Maracatu Eco da Sampopema
Cabanos
Bateria da Vitória Régia

Local: Largo de São Sebastião, Centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário