SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO – DEZEMBRO

1 - O flautista Patápio Silva é contemplado com a medalha de ouro do Instituto Nacional de Música, prêmio até então nunca conferido a um negro. (1901)

1 - Nasce no Rio de Janeiro o compositor Otto Henrique Trepte - Casquinha, integrante da Velha Guarda da Portela, parceiro de Candeia, autor de vários sambas de sucesso como: "Recado", "Sinal Aberto", "Preta Aloirada" (1922)

1 - O líder da Revolta da Chibata João Cândido após julgamento é absolvido (1912)
1 - Todas as unidades do Exército dos Estados Unidos (inclusive a Força Aérea, nesta época uma parte do exército) tiveram suas portas abertas para negros qualificados (1941)
1 - Rosa Parks recusa-se a ceder o seu lugar num ônibus de Montgomery (EUA) desafiando a lei local de segregação nos transportes públicos. Este fato deu início ao "milagre de Montgomery” (1955)
1 - Festa Nacional da República Centro Africana (1960)
2 - Nasce num lar humilde de carpinteiro em Magé, Francisco de Paula Brito. Compôs as primeiras notícias deste que é hoje o mais antigo jornal do Brasil, o Jornal do Comércio (1809)
2 - Dia Nacional do Samba
2 - Nasce em Salvador (BA), o sumo sacerdote do Axé Opô Afonjá, escritor e artista plástico Deoscóredes Maximiliano dos Santos, Mestre Didi (1918)
2 - Inicia-se na cidade de Santos (SP), o I Simpósio do Samba (1966)
2 - Fundação na cidade de Salvador (BA), do Ilê Asipa, terreiro do culto aos egugun, chefiado pelo sumo sacerdote do culto, o Alapini Ipekunoye Descoredes Maximiliano dos Santos, o Mestre Didi (1980)
3 - Frederick Douglas, escritor, eloquente orador em favor da causa abolicionista, e Martin R. Delaney fundam nos Estados Unidos o North Star, jornal antiescravagista (1847)
3 - Numa tarde de chuva, em um bairro do subúrbio do Rio de Janeiro, é fundado o Coletivo de Escritores Negros do Rio de Janeiro. (1988)
4 - Dia consagrado ao Orixá Oyá (Iansã)
4 - 22 marinheiros, revoltosos contra a chibata, castigo físico dado as marinheiros, são presos pelo Governo brasileiro, acusados de conspiração (1910)
5 - Depois de resistir de 1630 até 1695, é completamente destruído o Quilombo dos Palmares (1697)
5 - Nasce em Pinhal (SP) o cantor Otávio Henrique de Oliveira - Blecaute (1919)
5 - Nasce o compositor e radialista Rubem dos Santos - Rubem Confete (1937)
5 - O cantor jamaicano Bob Marley participa do show "Smile Jamaica Concert", no National Hero's Park, dois dias depois de sofrer um atentado provavelmente de origem política (1976)
6 - Edital proibia o porte de arma aos negros, escravos ou não e impunha-se a pena de 300 açoites aos cativos que infringissem a lei. (1816)
6 - Nasce no Rio de Janeiro (RJ) o cantor Jorge de Oliveira Veiga, Jorge Veiga (1910)
6 - Nasce no Rio de Janeiro o cantor Emílio Vitalino Santiago - Emílio Santiago (1946)
7 - Nasce Sir Milton Margai, Primeiro Ministro de Serra Leoa (1895)
7 - Nasce no Rio de Janeiro, o poeta Luís Carlos Amaral Gomes - Éle Semog (1952)
7 - Clementina de Jesus, a "Mãe Quelé", aos 63 anos pisa o palco pela primeira vez como cantora profissional, no Teatro Jovem, primeiro show da série de espetáculos "Menestrel" sob a direção de Hermínio Bello de Carvalho (1964)

8 – Nasce em Saubara/BA, o poeta e ativista do Movimento Negro Jônatas Conceição (1952)
8 - Fundação na Província do Ceará, da Sociedade Cearense Libertadora (1880)
8 - Nasce no Harlem, Nova Iorque (EUA), Sammy Davis Jr., um dos artistas mais versáteis de toda a história da música e do "show buziness" americano (1925)
8 - Nasce no Rio de Janeiro a cantora Alaíde Costa Silveira - Alaíde Costa (1933)
8 - Dia consagrado ao Orixá Oxum
9 - Nasce em São Paulo (SP) o compositor e arranjador Erlon Vieira Chaves - Erlon Chaves (1933)
9 - Nasce em Monte Santo, Minas Gerais, o ator e diretor Milton Gonçalves (1933)

9 – Nasce em Salvador/BA, a atriz Zeni Pereira, famosa por interpretar a cozinheira Januária na novela Escrava Isaura (1924)
10 - O líder sul-africano Nelson Mandela recebe em Oslo, Noruega o Prêmio Nobel da Paz (1993)
10 - O Presidente da África do Sul, Nelson Mandela, assina a nova Constituição do país, instituindo legalmente a igualdade racial (1996)
10 - Dia Internacional dos Direitos Humanos, instituído pela ONU em 1948
10 - Fundação em Angola, do MPLA - Movimento Popular de Libertação de Angola (1975)
10 - Criação do Programa SOS Racismo, do IPCN (RJ), Direitos Humanos e Civis (1987)
11 - Festa Nacional de Alto Volta (1958)
11 - Surge no Rio de Janeiro, o Jornal Redenção (1950)
11 - O Presidente Geral do CNA, Cheif Albert Luthuli, recebe o Prêmio Nobel da Paz, o primeiro a ser concedido a um líder africano (1960)
12 - Nasce em Leopoldina (MG), o cantor e compositor Osvaldo Alves Pereira - Noca da Portela, autor de inúmeros sucessos como: "Portela na Avenida", "é preciso muito amor", "Vendaval da vida", "Virada", "Mil Réis" (1932)
12 - Nasce no Rio de Janeiro, o compositor Wilson Moreira Serra - Wilson Moreira, autor entre outros tantos sucessos de: "Gostoso Veneno", "Okolofé", "Candongueiro", "Coisa da Antiga" (1936)
12 - Independência do Quênia (1963)
13 - Dia consagrado a Oxum Apará, a mais jovem entre todas as Oxuns, de gênio guerreiro
13 - Nasce em Exu (PE), o cantor, compositor e acordeonista Luiz Gonzaga do Nascimento, Luiz Gonzaga (1912)

15 - Machado de Assis é proclamado o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras (1896)
14 - Rui Barbosa assina despacho ordenando a queima de registros do tráfico e da escravidão no Brasil (1890)
16 - Nasce na cidade do Rio Grande (RS), o político Elbert Madruga (1921)
16 - O Congresso Nacional Africano (CNA), já na clandestinidade, cria o seu braço armado (1961)
17 - Nasce no Rio de Janeiro (RJ)
Augusto Temístocles da Silva Costa, o humorista Tião Macalé (1926)

18 - Nasce em King William's Town, próximo a Cidade do Cabo, África do Sul, o líder africano Steve Biko (1946)
18 - A aviação sul-africana bombardeia uma aldeia angolana causando a morte dezenas de habitantes (1983)
19 - Nasce nos Estados Unidos, Carter G. Woodson, considerado o "Pai da História Negra" americana (1875)
19 - Nasce no bairro de São Cristóvão (RJ), o compositor e violonista Manuel da Conceição Chantre - Mão de Vaca (1930)
20 - Abolição da escravatura na Ilha Reunião (1848)
20 - A Lei n. 7.437, Lei Afonso Arinos inclui, entre as contravenções penais, a prática de atos resultantes de preconceito de raça, de cor, de sexo ou de estado civil, dando nova redação à Lei n 1 390, de 3 de julho de 1951 (1985)
21 - Nasce em Los Angeles (EUA), a atleta Delorez Florence Griffith, Florence Griffith Joyner - Flo-Jo, recordista mundial dos 100m (1959)
22 -
Criado o Museu da Abolição, através da Lei Federal nº 3.357, com sede na cidade do Recife, em homenagem a João Alfredo e Joaquim Nabuco (1957)

23 - Criação no Rio de Janeiro, do Grupo Vissungo (1974)
24 - João Cândido, líder da Revolta da Chibata e mais 17 revoltosos são colocados na "solitária" do quartel-general da Marinha (1910)
25 - Parte do Rio de Janeiro, o navio Satélite, levando 105 ex-marinheiros participantes da Revolta da Chibata, 44 mulheres, 298 marginais e 50 praças do Exército, enviados sem julgamento para trabalhos forçados no Amazonas. 9 marujos foram fuzilados em alto-mar e os restantes deixados nas margens do Rio Amazonas (1910)
25 - Nasce no Município de Duque de Caxias, (RJ), o jogador de futebol Jair Ventura Filho - Jairzinho - "O Furacão da Copa de 70" (1944)
26 -
Primeiro dia do Kwanza, período religioso afro-americano

27 - Nasce em Natal (RN), o jogador Richarlyson (1982)

28 - Nasce na Pensilvânia (EUA), Earl Kenneth Hines, o pianista Earl “Fatha” Hines, um dos maiores pianistas da história do jazz (1903)

29 - Nasce Édio Laurindo da Silva - Delegado, famoso mestre-sala da Estação Primeira de Mangueira (1922)
30 - Nasce
Eldrick Tont Woods, o Tiger Woods, jogador de golfe estadunidense, considerado um dos maiores golfistas de todos os tempos (1975)

31 - Nasce no Morro da Serrinha, Madureira (RJ). Darcy Monteiro, músico profissional, compositor, percussionista, ritmista, jongueiro, criador do Grupo Bassam, nome artístico do Jongo da Serrinha (1932)
31 - Dia dos Umbandistas


.

Pesquisa personalizada

sábado, 28 de dezembro de 2013

Cultura Afro-brasileira em edital do MinC

O Ministério da Cultura (Minc) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançaram, no último dia 20, o Edital de Apoio Financeiro Para a Pesquisa - Ação de Acervos de Interesse Memorial para a Cultura Afro-brasileira. O concurso, destinado a pesquisadores de todo o país, é resultado de uma articulação entre o Minc, a UFPE, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial, e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira.
 
O edital, que terá investimento total de R$ 1,7 milhão, selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio Afro-Brasileiro, visando ampliar a sua disponibilidade e acessibilidade pela sociedade civil e por pesquisadores em particular, assim como maximizar os benefícios desses acervos para a geração de conhecimento novo.
 
As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto seguindo o formulário modelo de Solicitação de Auxílio à Pesquisa, (disponível aqui), e encaminhadas à UFPE a partir do de hoje.
 
A seleção das propostas será realizada por intermédio de análises e avaliações comparativas e será feita em três etapas. A primeira avaliação, de enquadramento e pré-análise das propostas, que verifica se elas estão dentro do Regulamento do Edital, será feita pela área técnica da UFPE e da Fundaj.
 
Na segunda etapa, será feita a análise e julgamento do mérito das propostas apresentadas. Essa análise ficará a cargo de um Comitê Avaliador indicado pelo Minc, pela UFPE e pela Fundaj, que emitirá um parecer sobre as propostas dentro dos critérios estabelecidos. Esse parecer será registrado em planilha eletrônica, contendo a relação das propostas julgadas, recomendadas e não recomendadas, com as respectivas pontuações finais, em ordem decrescente, assim como outras informações e recomendações julgadas pertinentes.
 
Para as propostas recomendadas, serão indicados o valor adequado para financiamento e as justificativas para os cortes orçamentários, se houver. Para propostas não recomendadas, será emitido parecer consubstanciado contendo as justificativas para a não recomendação.
 
Haverá ainda uma terceira etapa que consistirá na análise dos pareceres emitidos e da ata de julgamento com a relação dos projetos recomendados e não recomendados. Esta última análise será feita pelas diretorias de Extensão e de Pesquisa Pró-Reitoria de Pesquisa e Graduação da UFPE, e pela Coordenação-Geral de Estudos da História Brasileira da Fundaj. As propostas vencedoras do Edital serão tratadas e disponibilizadas, posteriormente, em plataforma digital.
 
Segundo Américo Córdula, secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (Minc), o principal objetivo do edital é incentivar a construção de um acervo online. "A finalidade desse edital é formentar uma política de digitalização de acervos.", afirma o secretário. "Nós vamos lançar editais temáticos e disponibilizar o material através da cultura digital, visando principalmente o âmbito da pesquisa e do ensino", acrescenta ele
.
Com informações de Helí Espíndola, da Assessoria de Comunicação da SPC.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas - PE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas

Inscrições até 24 de fevereiro de 2014
Curso grátis, com material didático fornecido pela UFPE
Número de vagas: 140, sendo 80% para professores de escolas públicas (Estado e municípios) e 20% para professores de escolas privadas

Modalidade: à distância

Nível: aperfeiçoamento (formação continuada)

Objetivo:
Formar professores do ensino fundamental e médio, atuando no Estado de Pernambuco, com vistas a qualificar a abordagem das temáticas das culturas e história dos povos indígenas nas propostas pedagógicas e curriculares, contribuindo, deste modo, para a implementação qualificada da Lei 11.645/2008.

Carga Horária:
A carga horária do curso é de 240 horas, sendo 70% à distância e 30% de encontros presenciais.

Metodologia:
Os cursistas terão acesso aos conteúdos dos módulos via internet, através da plataforma Moodle, com apoio dos tutores e professores formadores. Os alunos também terão acesso ao material digitalizado e impresso, em forma de apostilas, com os mesmos conteúdos dos módulos e sub-módulos.     
A formação dos participantes estará assentada em um percurso individual de aprendizagem, apoiada no diálogo entre estes e os tutores e na interatividade com as demais produções, em rede. Ao final do curso, os alunos apresentarão um projeto pedagógico, por eles desenvolvido, sobre as temáticas da Cultura e História dos povos indígenas. Este será apresentado no último módulo, em um encontro presencial, em forma de seminário.

Módulos

Módulo
Qt. de Horas
Sub-Módulos
Módulo 1 - Conceitual EAD e Ferramenta Moodle.
20 hs
*16 horas – Presenciais (EAD + Introdução à Educação para a Diversidade).


4 horas – A distância (Moodle).
Módulo 2 – Conhecendo os povos indígenas no Brasil Contemporâneo.
80hs
A sociodiversidade indígena no Brasil - onde estão e quais são os povos indígenas.


A emergência dos povos indígenas do Nordeste.


Territorialidade e povos indígenas - Dados gerais sobre a demografia indígena.


Classificação dos povos indígenas pela diversidade linguística - troncos e famílias linguísticas.


Direitos dos povos indígenas.
Módulo 3 – Reconhecendo preconceitos sobre os povos indígenas.
30 hs
Análise das concepções e pré-conceitos referentes aos povos indígenas – noções errôneas do senso comum sobre a diversidade sociocultural; imaginário do índio amazônico.


Terminologias utilizadas para conhecer os povos indígenas –povos/tribos/comunidades/etnias;
primitivo/aculturado/integrado; branco/índio puro/índio misturado etc.
Módulo 4 - Marcos conceituais referentes à diversidade sociocultural.
70 hs
Conceitos de cultura - dinâmicas sociais em contexto de relações interétnicas.


Poder e desigualdade - assimetria nas relações interétnicas.


História e Histórias dos Povos Indígenas.


Movimentos Indígena e Indigenista - lutas dos povos indígenas na defesas dos seus direitos.


Práticas socioculturais dos povos indígenas – processos próprios de aprendizagem; a oralidade como recursos de transmissão, produção / reprodução cultural; organização social e práticas socioculturais.
Módulo 5 – Transformando a realidade: Projeto Pedagógico de Abordagem das Culturas e História dos Povos Indígenas.
20h
Construção de um projeto pedagógico sobre os conteúdos do curso pelos participantes.
Módulo 6 (Presencial).
20h
Seminários Locais de avaliação ao longo do curso

Total 240h

20+16

Material do curso:
Além do acesso aos conteúdos dos módulos via internet, os cursistas receberão o mesmo material em formato digital e impresso (em forma de apostilas).

Informações e inscrições:
Tel: 9892-4410

Sarau Afropoético no TCA - BA

TCA SARAU AFRO POÉTICO
 
Através da música, da improvisação, da música e da poesia de rua e do movimento hip-hop realizaremos um encontro que exponha a força e a beleza lírica presente na literatura e na oralitura do povo negro brasileiro. O sarau terá um caráter cênico performático com os atores do NATA e atores convidados recitando poesias criadas através de Orikis (poemas e orações africanos), poesias de criação do NATA e também criadas pelos alunos da oficina Crônicas Urbanas e Exú.
 
 
19/DEZ - ORÍ ORIPÁ EXÚ
Noite para tornar lírica a cidade, a confusão e o mistério. Uma noite para pensar Exu como urbanidade e ancestralidade. O último sarau do projeto trará como participantes a produção dos textos construídos durante a oficina de criação literária “Poéticas urbanas e Exu”, ministrado pelo ator e dramaturgo Daniel Arcades. O elenco do NATA se juntará aos participantes da oficina para recitarem essas produções e proporcionarem um intercâmbio maior com o grupo e o público.

Dias: 04, 11 e 19 de dezembro (quartas)
Horário: 20h
Local: Sala do Coro do TCA (04 e 11) e Jardim Suspenso do TCA (19)
Censura: 14 anos
ENTRADA GRATUITA (sujeita a lotação do espaço)

 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Exibição do filme "Raça" em Salvador - BA



SOBRE O FILME RAÇA - capta a história de três pessoas na linha de frente da batalha contemporânea pela igualdade, em um país que se orgulha de ser exemplo de democracia racial. Entre eles o esforço do Senador Paulo Paim para sancionar a lei do Estatuto da Igualdade Racial no Congresso Nacional, em Brasília. Autor do projeto original que demorou quase uma década para ser aprovado. O documentário também apresenta a luta de Miúda dos Santos neta de africanos escravizados e ativista quilombola  pela posse das terras e pelo respeito às suas tradições ancestrais da Comunidade Quilombola de Linharinho, no Espírito Santo. E Netinho de Paula e os bastidores da trajetória do cantor, apresentador e empresário durante todo o processo de criação e tentativa de consolidar do seu canal TV da Gente formado majoritariamente por profissionais negros.
 
O que: Filme Raça
Onde: Sala Walter da Silveira
Dia: 19/12/2013
Horário: 14h
 
Endereço: Rua General Labatut, 27 – Subsolo – Barris (prédio da Biblioteca Pública Estadual)

Ogum's Toques promove debates sobre violência contra negros e mulheres no CEAO - BA


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras - BA

 
 
Confira a programação do 5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras.
Dia 16 dezembro
14h - Palestra: Representações e Respostas: Manuel Querino e o Combate ao Imaginário Racialista no Brasil – Profa. Msc. Sabrina Gledhill (Pós-Afro CEAO-UFBA/IGHB)
15h - Palestra: Marcelina da Silva e Seu Mundo: Novos dados para uma Historiografia do Candomblé Ketu – Profa. Dra. Lisa Earl Castillo (UFBA).
16h - Pa...
lestra: Memória e história de Cecília do Bonocô: em busca de uma identidade – Profa. Dra. Cecília Soares (UCSAL/UNEB).
17h - Palestra: André Rebouças – Prof. Esp. Jorge Ramos (IRDEB).

Dia 17 de dezembro
14h Palestra: Vivaldo da Costa Lima: questões em torno de uma biografia – Prof. Dr. Cláudio Luiz Pereira (CEAO/UFBA)
15h - Palestra: Mãe Hilda Jitolu – Profa. Dra. Maria de Lourdes Siqueira.
16h - Palestra: Eugênia Lúcia Viana Nery e os Estudos Africanos – Prof. Dr. Edivaldo M. Boaventura (IGHB/UFBA)
17h - Palestra: - Ações Afirmativas – Profa. Dra. Ana Célia Silva
Ver mais


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

5ª Feira Cultural de Santiago do Iguape (Cachoeira/BA) - BA

 
Data: De Sexta-feira 06 Dezembro 2013 -  09:00
Até Sábado 07 Dezembro 2013 - 17:00
Local: Comunidade Quilombola de Santiago do Iguape
 
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participa do V Ano da Consciência Negra no Iguape, Feira de Cultura, promovido pelo projeto “Sou Negro e Trago Livre meus Sonhos". Criado em 2009 por Adinil Batista de Souza, na comunidade quilombola de Santiago do Iguape, o projeto tem como objetivo principal firmar o reconhecimento do povo quilombola da região, fortalecendo suas raízes e ancestralidade e contribuindo para o desenvolvimento social e cultural da região.
O projeto além de envolver todas as comunidades da região, escolas, grupos culturais e artísticos, tem como característica discutir temas de políticas publicas em comunidades quilombolas, exposições de artesanato local, apresentações culturais, e uma lavagem tradicional em homenagem a consciência negra.
Programação:
 
06/12/2013 - Sexta
 
Local: Associação Cultural e Artística de Santiago do Iguape (ACASI)
Credenciamento da Mesa redonda: 8:00h às 9:00h
ABERTURA - 9h - 12h
Grupo de música(Projovem Cras Quilombola)
Homenagem: D.Toinha (rezadeira)  TROFÉU "SOU NEGRO E TRAGO LIVRE OS MEUS SONHOS”
Mesa Redonda: Identidade quilombola: Ana Paula Cruz (UEFS), Ana Rita Dias (PET/UFRB)e SEPROMI.
Atividade com a SECRETARIA ESTADUAL DE POLITICAS PARA MULHERES
Apresentação cultural
Oficinas de práticas de vivência na comunidade
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagrada e suas rezas
Atividade cultural: Roda de Capoeira
Almoço no Restaurante A senzala do Iguape
 
07/12/2013 – Sábado 
 
Local: Praça Geraldo Simões - 9h às 17h
PALMARES NO QUILOMBO (Fundação Cultural Palmares)
Oficinas: 9h às 17h
Local: Praça Geraldo Simões (Santiago do Iguape)
Oficina de Teatro
. Ministrante: Fábio de Santana
. Público alvo: 20 pessoas
Oficina de Dança Afro
. Ministrante: Edeise Sacramento
. Público Alvo: 20 pessoas
Oficina de Audiovisual
. Ministrantes: Coletivo de Audiovisual do CULT/ UFBA
. Público Alvo: 15 pessoas
 Oficina de Leitura
. Biblioteca Itinerante da Fundação Pedro Calmon
 Exibição do DVD, seguido de bate papo:
 . Áfricas (Bando de Teatro Olodum)
 
EXPOSIÇÃO DE ARTESANATOS DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS
9h às 17h
Oficinas:
Música
Dança afro
Moda Afro
Trança afro
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagradas e suas rezas
 
 
LAVAGEM TRADICIONAL
12h - Almoço no Restaurante A senzala do Iguape  
14h - Desfile Beleza Negra do Iguape
 
Apresentações Culturais
OS BANTOS(ijexá)
Samba de roda geração do iguape                                               
 
ATENÇÃO!
SINE BAHIA MÓVEL(APOIO SETRE e Governo do Estado da Bahia)
Atividade emissão de carteira de trabalho 
Local: Praça Geraldo Simões(Santiago do Iguape), dia 07/12  das 9:00h às 17:00h