SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO - JUNHO

1 – Inauguração no município de Volta Redonda (RJ) do Memorial Zumbi dos Palmares (1990)
2 – O pugilista Joe Louis conquista em Chicago (EUA) o título de Campeão Mundial de Boxe na categoria peso-pesado, ao nocautear James J. Bradock (1937)

3 – Nasce em Saint Louis, Missouri/EUA, Freda Josephine McDonald, a cantora e dançarina Josephine Backer (1906)

3 – Nasce em Campos dos Goytacazes (RJ), Ana Cláudia Protásio Monteiro, a Cacau Protásio, atriz e humorista (1975)
4 – Nasce no Rio de Janeiro (RJ), o compositor Anescar Pereira Filho - Anescarzinho do Salgueiro, autor do clássico samba-enredo "Chica da Silva" (1929)
5 – Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Moçambicano
6 – Nasce na cidade de Salvador (BA), o ator, diretor cinematográfico e vereador Antonio Luiz Sampaio, Antonio Pitanga (1939)
7 – Publicação da Lei n. 420, Cap. III, Art. 2, proibindo escravos de aprender ofícios
7 – Nasce em Campos do Rio Real (SE), o filósofo, poeta e jurista Tobias Barreto de Menezes. Entre suas obras destacam-se: "Ensaios e Estudos de Filosofia e Crítica", "Dias e Noites", "Um discurso em mangas de camisa", "Introdução ao Estudo do Direito" (1839)
7 – Nasce no bairro da Saúde, Rio de Janeiro (RJ) a cantora e compositora Adiléia Silva da Rocha - Dolores Duran (1930)
7 – Nasce em São Paulo (SP), lateral-direito da Seleção Brasileira de Futebol, Marcos Evangelista de Moraes, Cafu (1970)
8 – Nasce no Alabama (EUA),
William "Willie" D. Davenport, atleta estadunidense, especialista em 110 metros com barreiras (1943)

8 – Nasce em Belford Roxo (RJ), Jorge Mário da Silva, o Seu Jorge, cantor, compositor e multi-instrumentista brasileiro (1970)

8 – Nasce em Atlanta (EUA), Kanye Omari West, o Kanye West, produtor musical, estilista e rapper que mais ganhou Grammy, 21 ao todo (1977)

9 – O centro-médio da seleção uruguaia de futebol José Leandro Andrade é o primeiro negro a conquistar uma medalha olímpica, ao derrotar a Seleção Suíça na final dos Jogos de Paris (1924)
10 – Aprovada a Lei Penal do Escravo, de 1835, instituindo: -
Art. 1º Serão punidos com a pena de morte os escravos ou escravas, que matarem por qualquer maneira que seja, propinarem veneno, ferirem gravemente ou fizerem outra qualquer grave offensa physica a seu senhor, a sua mulher, a descendentes ou ascendentes, que em sua companhia morarem, a administrador, feitor e ás suas mulheres, que com elles viverem.

11 – Nelson Mandela, Walter Sisulo, Elias Motsoaledi, Govan Mbeki, Raymond Mhlaba, Achmat Kathrada, Dennis Goldberg, Elias Motsoaledi são condenados a prisão perpétua (1964)
11 – Atendendo as reivindicações feitas pelo Centro de Estudos Afro – Orientais, em 1983, e das entidades negras em 1984, o então Secretário de Educação da Bahia, Prof. Edivaldo Boaventura assina a portaria n. 6068 incluindo nos currículos de 1º e 2º Graus a disciplina Introdução aos Estudos Africanos (1985)
12 – Nasce na Rua Santa Luzia (RJ), o compositor Paulo Benjamin de Oliveira, Paulo da Portela, o primeiro sambista a desempenhar as funções de relações - públicas de escola de samba, um dos fundadores da Escola de Samba Portela. Compôs : "Roleta", "Cidade Mulher", "Desprezo" (1901)
13 – Dia consagrado ao orixá Exu, no Rio de Janeiro, e Ogum, na Bahia. - Orixá mensageiro entre os homens e os deuses, seu elemento é o fogo. É associado à fertilização e a força transformadora das coisas. Espírito justo, porém, vingativo, nada executa sem obter algo em troca e não esquece de cobrar as promessas feitas a ele; a primeira oferenda é sempre sua. Seu dia é a segunda-feira. Cores: preto e vermelho e a saudação é Laroiê!
13 – Nasce em Porto Alegre (RS) Luciana Lealdina de Araújo - Mãe Preta (1870)
13 – Tem início o Congresso Internacional "Escravidão e Abolição" (UFRJ,UFF), em Niterói e no Rio de Janeiro (1988)
14 – Nasce no Rio de Janeiro o instrumentista e compositor Wilson das Neves (1936)
14 – Nasce no bairro de Triagem, Rio de Janeiro, o cantor e percussionista Carlos Negreiros (1942)

14 – Nasce em São Paulo Sueli Carneiro, feminista negra (1950)

14 – Nasce no Rio de Janeiro (RJ), Camila Manhães Sampaio, a Camila Pitanga, atriz e ex-modelo (1977)
15 – Henry O Flipper torna-se o primeiro negro graduado pela Academia Militar de West Point (1877)
15 – Nilo Peçanha assume a Presidência da República, no Brasil (1909)
16 – Dia Internacional de Solidariedade a Luta do Povo da África do Sul
16 – Massacre de Soweto (1976)
16 – Surge em Campinas (SP) o jornal Correio de Ébano (1963)

16 – Nasce em Nova Iorque (EUA), Tupac Amaru Shakur, também conhecido como 2Pac, Makaveli ou Pac, considerado o maior rapper de todos os tempos (1971)
16 – Criação no Rio de Janeiro, do NZINGA - Coletivo de Mulheres Negras (1983)
17 – Chega ao Rio de Janeiro, o pernambucano Hilário Jovino Ferreira - Lalau de Ouro, fundador do Rancho Rei de Ouro, o mais fecundo fundador de ranchos e sujos do carnaval carioca (1872)
17 – O Brasil reconhece a independência da Guiné – Bissau, primeiro país da chamada "África portuguesa" a se tornar independente (1974)
18 – Coreta Scott e Martin Luther King Jr. casam-se no Alabama (EUA) (1953)
18 – Nasce em Atibaia, o jogador de futebol Onofre de Souza, Sabará (1931)
19 – Nasce em
Hertfordshire (Inglaterra), Olajidi Olatunji, o KSI, comentador de games, dono do segundo canal mais acessado do Reino Unido, o KSIOlajideBT (1993)

20 – O líder, sul-africano, Nelson Mandela é aclamado por cerca de 800 mil pessoas nas ruas de Manhattan, Nova Iorque (EUA) (1990)
21 – Nasce na cidade de Salvador (BA), Luiz Gonzaga Pinto da Gama - Luiz Gama, escritor, fundador da imprensa humorística em São Paulo, advogado autodidata, conseguiu libertar nos tribunais, mais de quinhentos escravos fugidos (1830)
21 – Nasce no Morro do Livramento, Rio de Janeiro, Joaquim Maria Machado de Assis, poeta, romancista, crítico, contista e cronista, primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, autor de "A Mão e a Luva", "Memórias Póstumas de Brás Cubas", "Quincas Borba", "Dom Casmurro", entre outras obras (1839)
21 – É inaugurado no Largo do Aroche (SP), um busto em homenagem a Luís Gama, em homenagem ao seu centenário de nascimento (1930)
22 – Nasce em São Pedro, Caxias do Maranhão (MA), o ator, escritor, bailarino e diretor teatral Ubirajara Fidalgo da Silva - Ubirajara Fidalgo(1949)
23 – Nasce no Rio de Janeiro, a cantora Elza da Conceição Gomes - Elza Soares (1937)
23 – Realiza-se em Quibdó, Colômbia, o V Encontro da Pastoral Afro-americana (1991)
24 – Nasce na Vila São José, Encruzilhada do Sul, distrito de Rio Pardo (RS), João Cândido Felisberto, o "Almirante Negro", líder da Revolta da Chibata". (1880)
24 – Nasce o poeta Lino Guedes (1897)
24 – Nasce na cidade do Rio de Janeiro, o Marechal João Baptista de Mattos (1900)
24 – Nasce na Fazenda da Saudade, Marquês de Valença (RJ), Maria Joanna Monteiro, Vovó Maria Joana Rezadeira (1902)
25 – O presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt assina o Decreto Executivo nº 8.802, em que reafirma a política de plena participação, no Programa de Defesa, de todas as pessoas, independentemente de raça, credo, cor ou origem nacional (1941)
25 – Fundação da FRELIMO - Frente de Libertação de Moçambique (1962)
25 – Independência de Moçambique (1975)
26 – Onze jovens moradores na Favela de Acari, subúrbio do Rio de Janeiro saem de casa e não mais retornam, nascendo então o movimento denominado Mães de Acari (1990)
26 – Independência da Somália (1960)
27 – Independência de Djibuti (1976)
27 – Nasce em Usina Barcelos, município de Campos (RJ), a atriz e cantora Maria José Motta - Zezé Motta (1944)
28 – Nasce em Santo Amaro (BA), Manuel Querino, estudioso das questões etnográficas e sociológicas relativas ao negro no Brasil (1851)
28 – Decreto sobre imigração determina que os asiáticos e africanos somente mediante autorização do Congresso Nacional poderiam ser admitidos nos portos da República (1890)
28 – Uma jovem negra é eleita pela primeira vez Miss Guanabara: Vera Lúcia Couto (1964)
29 – Independência de Sychelles (1976)
29 – Nasce em Salvador (BA) Gilberto Passos Gil Moreira, Gilberto Gil, cantor, compositor, integrante do movimento tropical Tropicália, autor de "Procissão", "Domingo no Parque", "Aquele Abraço", "Refavela", "Super Homem", entre outras músicas de sucesso(1942)
30 – Independência do Zaire (1960)
30 – Estreia no Teatro Rialto (RJ) com o espetáculo "Tudo Preto", a Companhia Negra de Revista (1926)
30 – Nasce nos Estados Unidos, o campeão mundial de boxe, Michael Gerald Tyson - Mike Tyson (1966)

.

Pesquisa personalizada

sábado, 28 de dezembro de 2013

Cultura Afro-brasileira em edital do MinC

O Ministério da Cultura (Minc) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lançaram, no último dia 20, o Edital de Apoio Financeiro Para a Pesquisa - Ação de Acervos de Interesse Memorial para a Cultura Afro-brasileira. O concurso, destinado a pesquisadores de todo o país, é resultado de uma articulação entre o Minc, a UFPE, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e a Rede Memorial, e tem como objetivo apoiar atividades que propiciem a ampliação do acesso da sociedade civil à memória da cultura afro-brasileira.
 
O edital, que terá investimento total de R$ 1,7 milhão, selecionará projetos de coleta, resgate, recuperação, conservação e disponibilização para o acesso público de acervos de interesse científico e cultural de bens do patrimônio Afro-Brasileiro, visando ampliar a sua disponibilidade e acessibilidade pela sociedade civil e por pesquisadores em particular, assim como maximizar os benefícios desses acervos para a geração de conhecimento novo.
 
As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto seguindo o formulário modelo de Solicitação de Auxílio à Pesquisa, (disponível aqui), e encaminhadas à UFPE a partir do de hoje.
 
A seleção das propostas será realizada por intermédio de análises e avaliações comparativas e será feita em três etapas. A primeira avaliação, de enquadramento e pré-análise das propostas, que verifica se elas estão dentro do Regulamento do Edital, será feita pela área técnica da UFPE e da Fundaj.
 
Na segunda etapa, será feita a análise e julgamento do mérito das propostas apresentadas. Essa análise ficará a cargo de um Comitê Avaliador indicado pelo Minc, pela UFPE e pela Fundaj, que emitirá um parecer sobre as propostas dentro dos critérios estabelecidos. Esse parecer será registrado em planilha eletrônica, contendo a relação das propostas julgadas, recomendadas e não recomendadas, com as respectivas pontuações finais, em ordem decrescente, assim como outras informações e recomendações julgadas pertinentes.
 
Para as propostas recomendadas, serão indicados o valor adequado para financiamento e as justificativas para os cortes orçamentários, se houver. Para propostas não recomendadas, será emitido parecer consubstanciado contendo as justificativas para a não recomendação.
 
Haverá ainda uma terceira etapa que consistirá na análise dos pareceres emitidos e da ata de julgamento com a relação dos projetos recomendados e não recomendados. Esta última análise será feita pelas diretorias de Extensão e de Pesquisa Pró-Reitoria de Pesquisa e Graduação da UFPE, e pela Coordenação-Geral de Estudos da História Brasileira da Fundaj. As propostas vencedoras do Edital serão tratadas e disponibilizadas, posteriormente, em plataforma digital.
 
Segundo Américo Córdula, secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (Minc), o principal objetivo do edital é incentivar a construção de um acervo online. "A finalidade desse edital é formentar uma política de digitalização de acervos.", afirma o secretário. "Nós vamos lançar editais temáticos e disponibilizar o material através da cultura digital, visando principalmente o âmbito da pesquisa e do ensino", acrescenta ele
.
Com informações de Helí Espíndola, da Assessoria de Comunicação da SPC.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas - PE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE

Curso de Formação de Professores na Temática das Culturas e História dos Povos Indígenas

Inscrições até 24 de fevereiro de 2014
Curso grátis, com material didático fornecido pela UFPE
Número de vagas: 140, sendo 80% para professores de escolas públicas (Estado e municípios) e 20% para professores de escolas privadas

Modalidade: à distância

Nível: aperfeiçoamento (formação continuada)

Objetivo:
Formar professores do ensino fundamental e médio, atuando no Estado de Pernambuco, com vistas a qualificar a abordagem das temáticas das culturas e história dos povos indígenas nas propostas pedagógicas e curriculares, contribuindo, deste modo, para a implementação qualificada da Lei 11.645/2008.

Carga Horária:
A carga horária do curso é de 240 horas, sendo 70% à distância e 30% de encontros presenciais.

Metodologia:
Os cursistas terão acesso aos conteúdos dos módulos via internet, através da plataforma Moodle, com apoio dos tutores e professores formadores. Os alunos também terão acesso ao material digitalizado e impresso, em forma de apostilas, com os mesmos conteúdos dos módulos e sub-módulos.     
A formação dos participantes estará assentada em um percurso individual de aprendizagem, apoiada no diálogo entre estes e os tutores e na interatividade com as demais produções, em rede. Ao final do curso, os alunos apresentarão um projeto pedagógico, por eles desenvolvido, sobre as temáticas da Cultura e História dos povos indígenas. Este será apresentado no último módulo, em um encontro presencial, em forma de seminário.

Módulos

Módulo
Qt. de Horas
Sub-Módulos
Módulo 1 - Conceitual EAD e Ferramenta Moodle.
20 hs
*16 horas – Presenciais (EAD + Introdução à Educação para a Diversidade).


4 horas – A distância (Moodle).
Módulo 2 – Conhecendo os povos indígenas no Brasil Contemporâneo.
80hs
A sociodiversidade indígena no Brasil - onde estão e quais são os povos indígenas.


A emergência dos povos indígenas do Nordeste.


Territorialidade e povos indígenas - Dados gerais sobre a demografia indígena.


Classificação dos povos indígenas pela diversidade linguística - troncos e famílias linguísticas.


Direitos dos povos indígenas.
Módulo 3 – Reconhecendo preconceitos sobre os povos indígenas.
30 hs
Análise das concepções e pré-conceitos referentes aos povos indígenas – noções errôneas do senso comum sobre a diversidade sociocultural; imaginário do índio amazônico.


Terminologias utilizadas para conhecer os povos indígenas –povos/tribos/comunidades/etnias;
primitivo/aculturado/integrado; branco/índio puro/índio misturado etc.
Módulo 4 - Marcos conceituais referentes à diversidade sociocultural.
70 hs
Conceitos de cultura - dinâmicas sociais em contexto de relações interétnicas.


Poder e desigualdade - assimetria nas relações interétnicas.


História e Histórias dos Povos Indígenas.


Movimentos Indígena e Indigenista - lutas dos povos indígenas na defesas dos seus direitos.


Práticas socioculturais dos povos indígenas – processos próprios de aprendizagem; a oralidade como recursos de transmissão, produção / reprodução cultural; organização social e práticas socioculturais.
Módulo 5 – Transformando a realidade: Projeto Pedagógico de Abordagem das Culturas e História dos Povos Indígenas.
20h
Construção de um projeto pedagógico sobre os conteúdos do curso pelos participantes.
Módulo 6 (Presencial).
20h
Seminários Locais de avaliação ao longo do curso

Total 240h

20+16

Material do curso:
Além do acesso aos conteúdos dos módulos via internet, os cursistas receberão o mesmo material em formato digital e impresso (em forma de apostilas).

Informações e inscrições:
Tel: 9892-4410

Sarau Afropoético no TCA - BA

TCA SARAU AFRO POÉTICO
 
Através da música, da improvisação, da música e da poesia de rua e do movimento hip-hop realizaremos um encontro que exponha a força e a beleza lírica presente na literatura e na oralitura do povo negro brasileiro. O sarau terá um caráter cênico performático com os atores do NATA e atores convidados recitando poesias criadas através de Orikis (poemas e orações africanos), poesias de criação do NATA e também criadas pelos alunos da oficina Crônicas Urbanas e Exú.
 
 
19/DEZ - ORÍ ORIPÁ EXÚ
Noite para tornar lírica a cidade, a confusão e o mistério. Uma noite para pensar Exu como urbanidade e ancestralidade. O último sarau do projeto trará como participantes a produção dos textos construídos durante a oficina de criação literária “Poéticas urbanas e Exu”, ministrado pelo ator e dramaturgo Daniel Arcades. O elenco do NATA se juntará aos participantes da oficina para recitarem essas produções e proporcionarem um intercâmbio maior com o grupo e o público.

Dias: 04, 11 e 19 de dezembro (quartas)
Horário: 20h
Local: Sala do Coro do TCA (04 e 11) e Jardim Suspenso do TCA (19)
Censura: 14 anos
ENTRADA GRATUITA (sujeita a lotação do espaço)

 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Exibição do filme "Raça" em Salvador - BA



SOBRE O FILME RAÇA - capta a história de três pessoas na linha de frente da batalha contemporânea pela igualdade, em um país que se orgulha de ser exemplo de democracia racial. Entre eles o esforço do Senador Paulo Paim para sancionar a lei do Estatuto da Igualdade Racial no Congresso Nacional, em Brasília. Autor do projeto original que demorou quase uma década para ser aprovado. O documentário também apresenta a luta de Miúda dos Santos neta de africanos escravizados e ativista quilombola  pela posse das terras e pelo respeito às suas tradições ancestrais da Comunidade Quilombola de Linharinho, no Espírito Santo. E Netinho de Paula e os bastidores da trajetória do cantor, apresentador e empresário durante todo o processo de criação e tentativa de consolidar do seu canal TV da Gente formado majoritariamente por profissionais negros.
 
O que: Filme Raça
Onde: Sala Walter da Silveira
Dia: 19/12/2013
Horário: 14h
 
Endereço: Rua General Labatut, 27 – Subsolo – Barris (prédio da Biblioteca Pública Estadual)

Ogum's Toques promove debates sobre violência contra negros e mulheres no CEAO - BA


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras - BA

 
 
Confira a programação do 5º Curso Manoel Querino - Personalidades Negras.
Dia 16 dezembro
14h - Palestra: Representações e Respostas: Manuel Querino e o Combate ao Imaginário Racialista no Brasil – Profa. Msc. Sabrina Gledhill (Pós-Afro CEAO-UFBA/IGHB)
15h - Palestra: Marcelina da Silva e Seu Mundo: Novos dados para uma Historiografia do Candomblé Ketu – Profa. Dra. Lisa Earl Castillo (UFBA).
16h - Pa...
lestra: Memória e história de Cecília do Bonocô: em busca de uma identidade – Profa. Dra. Cecília Soares (UCSAL/UNEB).
17h - Palestra: André Rebouças – Prof. Esp. Jorge Ramos (IRDEB).

Dia 17 de dezembro
14h Palestra: Vivaldo da Costa Lima: questões em torno de uma biografia – Prof. Dr. Cláudio Luiz Pereira (CEAO/UFBA)
15h - Palestra: Mãe Hilda Jitolu – Profa. Dra. Maria de Lourdes Siqueira.
16h - Palestra: Eugênia Lúcia Viana Nery e os Estudos Africanos – Prof. Dr. Edivaldo M. Boaventura (IGHB/UFBA)
17h - Palestra: - Ações Afirmativas – Profa. Dra. Ana Célia Silva
Ver mais


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

5ª Feira Cultural de Santiago do Iguape (Cachoeira/BA) - BA

 
Data: De Sexta-feira 06 Dezembro 2013 -  09:00
Até Sábado 07 Dezembro 2013 - 17:00
Local: Comunidade Quilombola de Santiago do Iguape
 
A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participa do V Ano da Consciência Negra no Iguape, Feira de Cultura, promovido pelo projeto “Sou Negro e Trago Livre meus Sonhos". Criado em 2009 por Adinil Batista de Souza, na comunidade quilombola de Santiago do Iguape, o projeto tem como objetivo principal firmar o reconhecimento do povo quilombola da região, fortalecendo suas raízes e ancestralidade e contribuindo para o desenvolvimento social e cultural da região.
O projeto além de envolver todas as comunidades da região, escolas, grupos culturais e artísticos, tem como característica discutir temas de políticas publicas em comunidades quilombolas, exposições de artesanato local, apresentações culturais, e uma lavagem tradicional em homenagem a consciência negra.
Programação:
 
06/12/2013 - Sexta
 
Local: Associação Cultural e Artística de Santiago do Iguape (ACASI)
Credenciamento da Mesa redonda: 8:00h às 9:00h
ABERTURA - 9h - 12h
Grupo de música(Projovem Cras Quilombola)
Homenagem: D.Toinha (rezadeira)  TROFÉU "SOU NEGRO E TRAGO LIVRE OS MEUS SONHOS”
Mesa Redonda: Identidade quilombola: Ana Paula Cruz (UEFS), Ana Rita Dias (PET/UFRB)e SEPROMI.
Atividade com a SECRETARIA ESTADUAL DE POLITICAS PARA MULHERES
Apresentação cultural
Oficinas de práticas de vivência na comunidade
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagrada e suas rezas
Atividade cultural: Roda de Capoeira
Almoço no Restaurante A senzala do Iguape
 
07/12/2013 – Sábado 
 
Local: Praça Geraldo Simões - 9h às 17h
PALMARES NO QUILOMBO (Fundação Cultural Palmares)
Oficinas: 9h às 17h
Local: Praça Geraldo Simões (Santiago do Iguape)
Oficina de Teatro
. Ministrante: Fábio de Santana
. Público alvo: 20 pessoas
Oficina de Dança Afro
. Ministrante: Edeise Sacramento
. Público Alvo: 20 pessoas
Oficina de Audiovisual
. Ministrantes: Coletivo de Audiovisual do CULT/ UFBA
. Público Alvo: 15 pessoas
 Oficina de Leitura
. Biblioteca Itinerante da Fundação Pedro Calmon
 Exibição do DVD, seguido de bate papo:
 . Áfricas (Bando de Teatro Olodum)
 
EXPOSIÇÃO DE ARTESANATOS DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS
9h às 17h
Oficinas:
Música
Dança afro
Moda Afro
Trança afro
Instrumento de pesca (munzuá, gereré)
Ervas sagradas e suas rezas
 
 
LAVAGEM TRADICIONAL
12h - Almoço no Restaurante A senzala do Iguape  
14h - Desfile Beleza Negra do Iguape
 
Apresentações Culturais
OS BANTOS(ijexá)
Samba de roda geração do iguape                                               
 
ATENÇÃO!
SINE BAHIA MÓVEL(APOIO SETRE e Governo do Estado da Bahia)
Atividade emissão de carteira de trabalho 
Local: Praça Geraldo Simões(Santiago do Iguape), dia 07/12  das 9:00h às 17:00h