SEGUIDORES DO BLOG




CALENDÁRIO NEGRO - MARÇO

1 – Nasce Ralph (Waldo) Ellison professor e escritor norte-americano, ganhou eminência com seu primeiro romance, “O Homem Invisível”, de 1952 (1913-1994)

2 – Ocorre o primeiro carnaval oficial de escolas de samba do Rio de Janeiro, RJ (1935)
2 – Dia da Mulher Angolana
2 – Aprovada lei proibindo o tráfico de escravos africanos nos Estados Unidos (1807)
2 – Festa Nacional de Marrocos (1956)
3 – O paulista Domingos Jorge Velho assina em Pernambuco, com o governador da capitania, o contrato mediante o qual se dispunha a destruir o Quilombo dos Palmares (1687)
3 – Publicado alvará pelo qual os negros dos quilombos, toda vez que fossem aprisionados, para ser restituídos aos donos deviam ser marcados na espádua com um "F" por meio de ferro em brasa (1741)
3 – Em discurso, o presidente da Bahia, Francisco de Souza Martins afirmou que era necessário "fazer sair do território brasileiro todos os libertos africanos perigosos à nossa tranquilidade" (1835)
3 – Inauguração na cidade do Rio de Janeiro, da Avenida dos Desfiles, popularmente chamada de Sambódromo, hoje por lei denominada Passarela do Samba (1984)
3 – Nasce no Rio de Janeiro o cantor e compositor Jards Anet da Silva - Jards Macalé (1943)

3 – Nasce Jackie Joyner-Kersee, atleta estadunidense, considerada por muitos como a maior atleta feminina da história (1962)

4 – É deferido pela Regência o pedido de deportação dos africanos libertos envolvidos na Revolta dos Africanos ou Revolta dos Malês na noite de 24 e 25 de janeiro (1835).
4 – Nasce em Township, África do Sul, a cantora Mirian Makeba (1934)
5 – Fundação, em Salvador (BA) do Olori Afoxé (1981)

5 – Nasce Chiwoniso Maraire, cantora do Zimbabwe (1976-2013)

6 – Independência de Gana, primeiro país da África Negra a tornar-se independente (1957)
6 – Abolição da escravatura no Equador (1854)
7 – Grande marcha pelos direitos civis, de Selma à Montgomery, liderada por Martin Luther King Jr. (1963)
8 – Nasce no bairro de Periperi, Salvador (BA), o Bloco-Afro Ara Ketu (1980)
8 – Aprovada, na África do Sul a nova Constituição, que aboliu oficialmente o apartheid, regime racista dominado pela minoria branca (1996)

8 – Nasce Neusa Borges, atriz (1941)
9 – Nasce, na cidade de Recife (PE) o cantor e compositor José Bezerra da Silva - Bezerra da Silva (1938)
9 – Nasce, no bairro do Andaraí, Rio de Janeiro, a bailarina Isaura de Assis (1942)
9 – Nasce, em Colina (SP), o poeta Paulo Eduardo de Oliveira, Paulo Colina. Publicou "Fogo Cruzado", "Senta que o Dragão é Manso", participou também da "Antologia Contemporânea da Poesia Negra Brasileira" e "Cadernos Negros" (1950)
9 – Realiza-se, em Petrópolis (RJ), o I Encontro de Franciscanos Negros (1988)
10 – Nasce, em Tubarão (SC), Apolinária Mathias Batista - Mãe Apolinária, fundadora da "Sociedade Caboclos Amigos" em Porto Alegre (RS) (1912)
11 – Nasce, na Praça Mauá (RJ), a atriz Léa Garcia (1933)
12 – Independência das Ilhas Maurício (1968)

13 – Nasce Iziane Castro Marques, jogadora de basquete brasileira (1982)
14 – Nasce na Fazenda Cabaceiras, município de Muritiba (BA), Antônio de Castro Alves, o "poeta dos escravos". É um dos poetas mais populares do país, autor de "Vozes d'África, "Navio Negreiro", "A Cachoeira de Paulo Afonso", "Saudação aos Palmares", "Adormecida" e outros (1847)
14 – Nasce, em Juiz de Fora (MG) o cantor e compositor Sinval Machado da Silva, Sinval Silva, o compositor predileto de Carmem Miranda (1906)
14 – Nasce, em Franca, São Paulo, o artista e político Abdias Nascimento, fundador do TEN – Teatro Experimental do Negro (1914)
14 – Nasce, em Sacramento, Minas Gerais, a escritora Carolina Maria de Jesus, autora de "Quarto de Despejo" (1914)
14 – É lançado em Salvador, Bahia, o jornal O Abolicionista (1871)
14 – Realiza-se, em São Paulo, o I Encontro dos Agentes da Pastoral Negros (1983)

15 – Nasce Cecil Taylor, músico e compositor estadunidense, foi o pianista mais importante do free-jazz (1929)

16 – Surge nos Estados Unidos o Freedom's Journal, o primeiro jornal com temática negra da América (1827)
16 – Nasce em Japaratuba (SE), o artista plástico, Arthur Bispo do Rosário (1911)
16 – Nasce em Montgomery, Alabama, (EUA), o cantor e pianista Nahaniel Adams Coles - Nat King Cole (1919)

17 – Nasce Nathaniel Adams Coles, Nat “King” Cole, um dos mais importantes pianistas de jazz, cantor e compositor do século XX (1919-1965)

18 – Nasce Queen Latifah, cantora, rapper, atriz, compositora, modelo, produtora musical, comediante e apresentadora estadunidense (1970)

18 – Nasce Vanessa Lyn Williams, cantora, atriz e compositora estadunidense, famosa por ter sido a primeira Miss America Negra, em 1983 (1963)

19 – Nasce, em Pateoba (BA), o cantor e compositor José de Assis Valente, autor de inúmeros sucessos como: "Camisa Listada", "Boas Festas" e do samba antológico "Brasil Pandeiro" (1908)
19 – Inicia-se o I Encontro Estadual de Conscientização e Cidadania Negra, no Estado do Rio de Janeiro (1988)
20 – Nasce, no Rio de Janeiro, o ator e cantor lírico, Manuel Claudiano Filho - Claudiano Zani (1926)
21 – Nasce, no Rio de Janeiro (RJ), o radialista, humorista, cronista e compositor Haroldo Barbosa (1915)
21 – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial
21 – Independência da Etiópia (1975)
21 – A polícia sul-africana atira contra um cortejo fúnebre de quinhentas pessoas no bairro negro de Langa, na periferia da cidade de Uitenhage, matando 21 manifestantes. O dia ficou conhecido como "Quinta-feira Sangrenta" (1985)
21 – Independência da Namíbia (1990)
21 – Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, em memória das vítimas do massacre de Shapeville, na África do Sul (1960)
21 – Zumbi dos Palmares é incluído na galeria dos heróis nacionais (1997)
22 – O explorador negro Alonso Pietro se incorpora à expedição de Cristóvão Colombo (1492)
22 – Nasce em Madureira (RJ), o cantor e compositor Jorge Duílio Lima Menezes - Jorge Benjor, autor de "Chove Chuva", "Cadê Teresa", "África-Brasil (Zumbi)", "País Tropical", "Que Maravilha", entre outros sucessos (1944)
23 – Abolição da escravidão em Porto Rico (1873)

24 - É oficializada a abolição da escravatura na Venezuela (1854)
25 – Proclamação nesta data da libertação final de todos os escravos existentes na Província do Ceará (1884)
25 – Nasce, em Detroit, Michigan Estados Unidos, a cantora Aretha Franklin (1942)
25 – Criação, no Rio de Janeiro do jornal A Voz do Morro (1935)
25 – Nasce Aristides Barbosa, jornalista, educador e ex-militante da Frente Negra (1920)

26 – Nasce Diana Ross, cantora e atriz estadunidense, foi a líder do grupo musical "The Supremes” (1944)

27 – Nasce, numa família de músicos e artistas de Newark, Nova Jersey (EUA), a cantora de jazz, Sarah Louis Vaughan - Sarah Vaughan (1924)

27 – Nasce Luiza Helena de Bairros, socióloga, ativista do do Movimento Negro Unificado e feminista negra (1953)
28 – Nasce, em Cabo Frio (RJ), Antônio Gonçalves Teixeira e Souza, considerado um dos precursores do romantismo e autor do primeiro romance brasileiro: "O Filho do Pescador" (1843)
28 – Fundação, em Pelotas (RS) do Clube Abolicionista (1884)

29 – Nasce Lee ("Scratch") Perry, compositor, cantor e DJ jamaicano, um dos nomes mais destacados da música reggae (1936)

30 – Os homens afro-americanos conquistam direito ao voto nos EUA (1870)

30 – Nasce Maria Bibiana do Espírito Santo, Mãe Senhora, ialorixá do Ilê Axé Opô Afonjá (1900)
31 – Fundação, em Campos, Rio de Janeiro, da Sociedade Emancipadora Campista (1870)

.

Pesquisa personalizada

domingo, 25 de maio de 2014

Projeto "Abriu de leituras" celebra os 10 anos da Cia. Teatral Abdias Nascimento - BA



O projeto "10 Anos da Cia Teatral Abdias Nascimento", fará uma celebração com o teatro negro da Bahia e do Brasil, através de um ciclo de leituras dramáticas intitulado Abriu de Leituras acerca das obras montadas pelo Teatro Experimental do Negro -TEN,  executadas por diferentes grupos e diretores de Teatro Negro locais, nacionais e internacionais, e,  no segundo momento, com  a montagem da obra  "Sortilégio" com a CAN.

O projeto será realizado em duas etapas:
  • 1ª Etapa - Abriu de Leituras: prevê a realização de seis leituras dramáticas, ao longo de uma semana, e uma mesa redonda intitulada "Teatro Negro: Uma Identidade Cultural". As Leituras serão realizadas por diferentes grupos de teatro negro (local), e por variados diretores teatrais convidados (local, nacional e internacional), gerando assim um projeto de leitura ampliado, proporcionando, com isso,   um intercâmbio com os diferentes grupos de teatro em um único projeto. Importante ressaltar que antes de cada leitura dramática será apresentado um curta metragem de 5 minutos, mostrando um panorama mundial e nacional do período em que a obra foi encenada, situando historicamente cada montagem.

  • 2ªEtapa - Montagem do espetáculo: A segunda etapa consiste na montagem de um dos textos das seis leituras. Montaremos o texto teatral SORTILÉGIO, de Abdias Nascimento. Operando com as duas etapas, uma distinção entre Texto dramático (texto escrito) e Texto performático (texto em representação). 


PROGRAMAÇÃO

*Segunda-feira (26.05.2014)
18h: Abertura/Mesa redonda “Teatro Negro: Uma Identidade Cultural”, com participação dos convidados para as Leituras do projeto
*Terça-feira (27.05.2014)
18h30- Música de Cabeceira- Direção Musical Maurício Lourenço, participação Inaicyra Falcão;
19h: Leitura dramática “O Castigo de Oxalá” com direção e atuação do Bando Teatro Olodum, grupo coordenado por Márcio Meirelles
*Quarta-feira (28.05.2014)
18h30- Música de Cabeceira- Direção Musical Maurício Lourenço, participação dos músicos: Leo Jesus, Marco Oliveira e Itto Figueiredo;
19h: Leitura dramática “O Emparedado” com direção e atuação da Companhia Gente de Teatro da Bahia, coordenada por Luís Bandeira
*Quinta-feira (29.05.2014)
18h30- Música de Cabeceira- Direção Musical Maurício Lourenço, participação: Alexandra Pessoa e Emillie Lapa
19h: Leitura dramática “Filhos de Santo”, com direção do cubano Julio Moracen e atores selecionados
*Sexta-feira (30.05.2014)
18h30- Música de Cabeceira- Direção Musical Maurício Lourenço, participação: Mauricio Lourenço, Ângelo Santiago e Paco Gomes
19h: Leitura dramática “Sortilégio II” com direção e atuação da Cia Teatral Abdias Nascimento, coordenada por Ângelo Flávio.
*Sábado (31.05.2014)
18h30- Música de Cabeceira- Direção Musical Maurício Lourenço, participação: Mariella Santiago
19h: Leitura dramática “Anjo Negro” com direção e atuação do Grupo NATA, companhia coordenada por Fernanda Júlia.
*Domingo (1º.06.2014)
18h30- Música de Cabeceira- Direção Musical Maurício Lourenço, participação: O Kontra
17h: Leitura dramática “Auto da Noiva”, com direção do gaúcho Jessé Oliveira e atores selecionados
*Segunda-feira (02.06.2014)
19h: Show de encerramento: Tiganá Santana no Concerto A Invenção da Cor


FONTE: http://ciateatralabdiasnascimento.blogspot.com.br/ 

Cachoeira promove sessão especial em homenagem ao Dia da África - BA


sexta-feira, 23 de maio de 2014

Seminário "Raça e relações raciais na pesquisa" - BA

No próximo dia 29 de maio de 2014, das 08:00 às 18:00h, será realizado no Auditório Nilza Garcia na Escola de Enfermagem da UFBA, um Seminário promovido pelo Centro de Estudos e Pesquisas sobre Mulheres, Gênero, Saúde e Enfermagem - GEM, que discutirá a inserção da questão racial nas pesquisas em saúde bem como conceitos utilizados nestas pesquisas pelos grupos de pesquisa desse centro de estudos.

O Seminário contará ainda com a participação de pesquisadoras do GEM que desenvolveram dissertações e teses envolvendo essa proposta étnico-racial, apresentando a aplicabilidade destes conceitos desenvolvidos em suas pesquisas. 

Vejam a Programação e contato:



FONTE: Emanuelle Góes

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Inscrições abertas para o Dia da Cultura Africana - BA

Encontro ocorrerá no dia 16 de maio, na Tenda da Ciência
 
Estão abertas, até o dia 15 de maio, as inscrições para o Dia da Cultura Africana,  promovido pelo Comitê Pró-Equidade de Gênero e Raça da Fiocruz, com o apoio do Sindicato dos Servidores da Fundação (Asfoc). O evento, que ocorrerá no dia 16 de maio, na Tenda da Ciência, no Campus de Manguinhos, tem por objetivo propor uma reflexão sobre a situação dos negros no Brasil, e ao mesmo tempo celebrar a cultura de matriz africana. “Pensamos que temos que aprender não só a nos importar com a condição dos negros em nosso país, mas também a celebrar a força, a luta e a criatividade da cultura de raiz africana no Brasil. Por isso montamos uma programação em que cabe tanto a reflexão, quanto a celebração”, explica a coordenadora do Comitê Pró-Equidade de Gênero e Raça da Fiocruz, Elizabeth Fleury.
 
Dia da Cultura Africana terá início às 14h, com palavras do presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, da coordenadora do Comitê e do presidente da Asfoc, Paulo Garrido. Ainda na primeira parte do encontro, duas conferencistas levarão ao público dados e análises para a reflexão sobre a situação dos negros no Brasil. A representante do escritório brasileiro da Organização Internacional do Trabalho (OIT) Camila Almeida irá apresentar os números nacionais de uma pesquisa mundial realizada pela OIT, que mostram o que acontece com a carreira de mulheres e homens negros em comparação à carreira de mulheres e homens brancos.
 
Em seguida, a professora Vanda Ferreira, que atua na Coordenadoria Municipal de Políticas para Mulheres do Rio de Janeiro, fará um resgate da história de luta do movimento negro no Brasil. Para encerrar o evento, será apresentado o espetáculo-performance Amas de leite - Mães do Brasil, concebido pelo Coletivo Amas de Leite e dirigido pelo ator e bailarino Wilian Santiago.
 
Os interessados devem preencher formulário (clique aqui para baixar) e enviar para o e-mail maisa@cpqrr.fiocruz.br.
 
Serviço
 
Dia da Cultura Africana
Data: 16 de maio
Horário: 14h
Local: Tenda da Ciência
Informações pelo e-mail maisa@cpqrr.fiocruz.br ou pelo telefone (31) 3349-7826

Mesa-redonda: "Ancestralidade e Contemporaneidade da luta negra no Brasil - uma reflexão sobre o 13 de maio" - BA



CEPAIA convida:

Mesa-redonda: "Ancestralidade e Contemporaneidade da luta negra no Brasil - uma reflexão sobre o 13 de maio"

Palestrantes: Dra. Ana Célia da Silva (UNEB)
                      Dra. Marluce Macedo ( Pró- Reitora de Ações Afirmativas/UNEB)
                      Ms. Lilian Aquino (UNEB)  - mediadora

Local: CEPAIA - Largo do Carmo, 4 Centro Histórico 14h

Informações: 3241 0787
                      8646 8747